Clamídia


Clamídia é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pela bactéria Chlamydia trachomatis, que afeta os órgãos genitais masculinos e femininos e caracteriza-se pela presença ou não de um corrimento uretral translúcido, normalmente pela manhã.

Muitas vezes, um ardor na uretra ou na vagina é o único sintoma apresentado pela pessoa infectada pela clamídia. A secreção, quando há, dificilmente é purulenta e abundante. Mesmo sem manifestar sintomas, o indivíduo contaminado pode transmitir a doença.

O período de incubação da clamídia é de 10 a 14 dias e cerca de 30% dos casos são curados espontaneamente após duas a três semanas.

Sintomas da Clamídia

Apenas 25% das mulheres infectadas por clamídia apresentam sintomas. Alguns deles:

  • Corrimento vaginal purulento;
  • Sensação de ardor ao urinar;
  • Dor abdominal;
  • Dores nas costas;
  • Náuseas;
  • Febre;
  • Dor durante a relação sexual;
  • Sangramento após o ato sexual ou entre as menstruações.

A infecção pode se espalhar a partir do colo do útero para o sistema reprodutivo superior, podendo causar infertilidade. A clamídia ainda pode provocar nas mulheres cervicites, uretrites, endometrites, inflamações pélvicas, salpingites e gravidez ectópica.

Os homens podem manifestar os seguintes sintomas:

  • Descarga do pênis;
  • Ardor ao urinar;
  • Queimação e coceira em torno da abertura do pênis;
  • Testículos doloridos e inchados.

Uretrite e epididimite são complicação comuns nos homens, que podem surgir de forma assintomática ou se manifestar através de secreção purulenta.

Tratamento e Prevenção da Clamídia

O tratamento da clamídia é feito com antibióticos específicos por via oral e aplicados no local.

A prevenção da infecção por Chlamydia trachomatis deve ser feita mediante o uso de preservativo e higiene pós-coito.

Conheça outras Doenças Causadas por Bactérias.