Descrição: o que é, características, tipos e como fazer

Márcia Fernandes

1. O que é descrição?

Descrição é o texto que contém informações detalhadas sobre as características de algo ou alguém. Assim, ela possibilita a pessoa que a lê ou a ouve imaginar com facilidade o que está sendo descrito - objetos, lugares, acontecimentos ou pessoas, por exemplo.

A descrição pode contemplar aquilo que vemos - que são as características físicas - e o que apenas se sente ou se percebe - que são as características psicológicas.

Tanto melhor será a descrição quanto mais facilmente conseguirmos criar a imagem do objeto descrito na nossa cabeça.

2. A descrição tem 5 características essenciais

A descrição caracteriza-se pela utilização dos seguintes elementos de destaque:

  • linguagem simples;
  • verbos de ligação (ser, estar, parecer);
  • verbos no pretérito perfeito e no presente do indicativo;
  • adjetivos;
  • metáforas e comparações.

3. Existem dois tipos de descrição: objetiva e subjetiva

Há duas formas de fazer descrição e, em termos gerais, o que distingue ambas é a afetividade.

A descrição objetiva é aquela em que não se acrescenta as sensações de quem escreve, enquanto a descrição subjetiva contempla as sensações do seu autor, sendo transformada por seus sentimentos e emoções.

Dependendo do objetivo do autor, o mesmo optará por uma descrição objetiva ou subjetiva, lembrando que há descrições que apresentam características dos dois tipos, mas mesmo nesse caso haverá uma que seja predominante.

4. Na descrição subjetiva o importante é a forma

A descrição subjetiva também é chamada de descrição poética ou conotativa, porque nela o mais importante é a forma como a descrição é feita, tendo como objetivo influenciar os leitores ou ouvintes.

A descrição subjetiva caracteriza-se por conter comentários e opiniões do seu autor, o que é feito mediante a utilização constante de adjetivos.

Veja o exemplo da descrição de uma pessoa feita de forma subjetiva:

No capítulo II da obra Iracema, o autor José de Alencar faz uma descrição subjetiva da protagonista. Repare que o texto é marcado pela utilização da linguagem poética:

Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna, e mais longos que seu talhe de palmeira.

O favo da jati não era doce como seu sorriso; nem a baunilha recendia no bosque como seu hálito perfumado.

Mais rápida que a corça selvagem, a morena virgem corria o sertão e as matas do Ipu, onde campeava sua guerreira tribo, da grande nação tabajara. O pé grácil e nu, mal roçando, alisava apenas a verde pelúcia que vestia a terra com as primeiras águas."

5. A descrição objetiva transmite informação

A descrição objetiva também é chamada de descrição referencial ou denotativa, porque ela tem como objetivo transmitir uma informação.

Assim, caracteriza-se por ser imparcial, ou seja, isenta de comentários e de opiniões. O autor delega ao leitor a sua interpretação, para que este atribua o juízo de valor que entender melhor.

Veja uma descrição objetiva de uma pessoa:

Aqui, o texto baseado na obra original de José de Alencar se reduz a transmitir quem é Iracema, de forma imparcial, ou seja, em linguagem referencial:

Iracema é uma índia e, como tal, tem cabelos longos e pretos. Virgem, é jovem, e possui a agilidade inerente ao seu povo, que anda com pés descalços pelas matas do Ipu."

6. Para fazer uma boa redação descritiva, siga um roteiro

Para fazer uma descrição siga um roteiro de perguntas, as quais devem ser adaptadas para aquilo que você pretende descrever, por exemplo, um objeto ou um acontecimento.

Na descrição de um objeto, pergunte-se: nome, como ele é? (forma, dimensão, peso, cor), para que é utilizado? como funciona?

Para descrever um lugar, pergunte-se: nome, como ele é? (aspectos físicos - ambiente fechado: cor, tipo de mobília / ambiente aberto: tipo de vegetação, clima), onde está localizado? o que as pessoas fazem nesse lugar?

Se vai descrever uma pessoa, indique, por exemplo: nome, sexo, idade, características físicas - cor dos olhos, cabelo e pele, estatura, como se veste? características psicológicas - temperamento e modo de falar.

Para a descrição de um acontecimento, questione: o que? quando? onde? quem estava presente?

Se for descrever uma cena, indique: local, pessoas e/ou objetos presentes, como as pessoas e/ou objetos são, comportamento das pessoas.

Ao concluir a tarefa acima, você destacou as características do objeto da sua descrição, de modo que já tem material para fazer a sua redação descritiva. Basta organizá-lo da seguinte forma:

  • Na introdução, informe o que será descrito: uma máquina, um evento?
  • No desenvolvimento, descreva os seus detalhes.
  • Na conclusão, faça um apanhado geral do que descreveu, salientando a característica mais marcante.

Para entender ainda melhor este gênero textual, leia Texto descritivo.

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.