Escarlatina

A escarlatina é uma doença infecto-contagiosa causada por bactéria. O agente etiológico é a bactéria Streptococcus pyogenes, conhecida pelo nome “estreptococo beta hemolítico do grupo A”.

EscarlatinaBactéria Streptococcus pyogenes

Essas bactérias possuem forma esférica e a doença recebe esse nome por conta das erupções vermelho-escarlate que surgem na pele.

Essas manchas costumam aparecer primeiramente na região do pescoço e com o tempo vão se espalhando pelo corpo.

EscarlatinaFoto de criança com escarlatina

Geralmente, ela surge em pessoas que já apresentem faringite. Ainda que seja mais comum em crianças em idade escolar, ela também pode atingir os adultos.

Isso porque o sistema imunológico dos adultos já combate as toxinas liberadas por essa bactéria. O diagnóstico da doença é feito pelo exame de sangue que identifica a bactéria.

Saiba mais sobre as Bactérias.

Você Sabia?

Essa bactéria que causa a escarlatina, também é responsável por outras doenças como amidalite, erisipela, impetigo, artrite, pneumonia, etc.

Transmissão

A escarlatina é transmitida por meio de secreções (respiratórias e salivares) expelidas pelo doente. Ou seja, saliva, espirros e tosses transmitem a bactéria. Além disso, ela é transmitida pelo compartilhamento de objetos.

Note que a escarlatina é uma doença muito contagiosa e, portanto, os parentes e amigos do infectado devem tomar todos os cuidados necessários.

Sintomas

EscarlatinaFoto de pessoa com escarlatina (rash cutâneo)

Os sintomas da doença podem surgir cerca de 12 horas depois de infectado pela bactéria, sendo que os principais são:

  • Mal-estar
  • Prostração
  • Febre alta (acima dos 38 graus)
  • Calafrios
  • Dores musculares
  • Dor de cabeça e barriga
  • Inflamação na garganta
  • Aumento dos gânglios do pescoço
  • Língua avermelhada
  • Náuseas e vômitos
  • Erupções avermelhadas no corpo todo (rash cutâneo)
  • Coceira no corpo
  • Descamação da pele

Febre Escarlate

A chamada febre escarlate é a febre causada pela escarlatina. O doente apresenta uma febre muito alta, a partir de 38,5º C.

Tratamento

O tratamento da doença é realizado por meio de antibióticos (Penicilina, Azitromicina ou Amoxicilina) e uma alimentação rica em nutrientes e ingestão de água.

Como a garganta fica inflamada, alimentos como sopa, sucos, vitaminas, papas e mingaus são os mais indicados.

Geralmente, o período de incubação da bactéria da escarlatina é de aproximadamente 2 a 5 dias. O tratamento leva cerca de 10 dias.

Observe que uma vez contraída a doença, o seu corpo torna-se imune. Ou seja, é somente uma vez na vida que a escarlatina se manifesta, apesar de existirem 3 formas diferentes da bactéria que causa esta doença.

Se não for tratada, a escarlatina pode causar hemorragia, problemas cardiovasculares, pneumonia, meningite, artrite, febre reumática, convulsões e inflamação nos órgãos.

Prevenção

Para se prevenir contra a escarlatina a pessoa deve evitar o contato mais próximo com os portadores da doença. Desse modo, os infectados devem permanecer em repouso e realizar o tratamento.

Para tanto, evitar locais fechados e sem ventilação pode ser uma boa alternativa para se prevenir contra a bactéria.

Além disso, a pessoa infectada deve ter uma boa higienização das mãos para não transmitir a doença. Também é importante que objetos pessoais, lençóis e toalhas não sejam compartilhados.

Se quiser saber mais sobre doenças, leia também os artigos: