Estivação


A “Estivação” (termo que surge do latim "aestas", que significa "verão") é um substantivo feminino que designa o ato ou efeito de estivar e está etimologicamente ligado à estivagem ou estiva dos períodos de seca.

Nestes períodos de adversidades ambientais, alguns seres vivos conseguem reduzir seu metabolismo para atingir um estado de dormência similar à hibernação e superar os períodos de calor e desidratação.

Para saber mais: Metabolismo

Principais Características

A Estivação é um fenômeno típico de estações muito quentes (meses de verão, sobretudo) e excessivamente secas, quando impera a escassez de alimentos e a falta de água. Além disso, esse fenômeno é mais comum em animais pequenos, devido ao seu metabolismo acelerado e dispendioso.

Assim, certos animais (e plantas) podem induzir um estado de letargia para se protegerem da desidratação comum em regiões áridas. Deste modo, o estado de inatividade permite-lhes que gastem pouca energia. Ou seja, é uma resposta interna a uma condição externa.

Neste estado de latência, a temperatura corporal, a respiração e os batimentos cardíacos são reduzidos, de modo que todo metabolismo desacelera para conservar a energia do corpo e reter a água, mantendo-o equilibrado ao fixar o nitrogênio por mais tempo no organismo (hipometabolismo). Alguns animais podem acordar desta dormência por curtos períodos, seja para evacuar ou ingerir alimentos.

A estivação ocorre em anelídeos, moluscos, crustáceos, insetos, peixes, anfíbios, répteis, mamíferos e aves, mas podemos podemos destacar: Helix, Cernuella, Theba, Helicella, Achatina e Otala (moluscos), os mosquitos (artrópodes), alguns caranguejos de terra (crustáceos), vertebrados como tartarugas e crocodilos (répteis), os peixes pulmonados como a piramboia. Por fim, vale citar que algumas plantas também passam por um processo parecido, denominado “Perfloração”.

Diferenças entre a Estivação e a Hibernação

Enquanto na hibernação os animais entram num estado de sonolência e inatividade completa, da qual dificilmente são despertados e, mesmo quando são, demoram horas para se restabelecer; na estivação, trata-se apenas de um estado de dormência leve, na qual o estado psicológico pode ser restaurado rapidamente ao normal em até dez minutos.

Para saber mais: Hibernação