George W. Bush

Juliana Bezerra

George W. Bush é um político e empresário americano, e foi o 43º presidente dos Estados Unidos, governando este país de 2001 a 2009.

Seu governo foi marcado pelo atentado de 11 de setembro, Guerra ao Terror, recessão econômica e o furacão Katrina.

Biografia de George W. Bush

George W. Bush foi o mais velho dos seis filhos de George H.W. Bush e Barbara Bush. O avô paterno foi senador pelo partido republicano, o pai seria presidente e a família fez sua riqueza com o negócio do petróleo.

Formado em História por Yale, cursou um MBA em Havard, foi empresário e sócio de um time de basebol, o Texas Rangers.

Em seguida, se alistou como piloto na Air National Guard, embora se afirme que contou com a ajuda do pai para não ter que ir servir na Guerra do Vietnã.

George W. Bush presidente
George W. Bush, presidente dos Estados Unidos de 2001 a 2009

Tinha um temperamento afável, mas seus problemas com álcool fizeram que ele fosse detido pela polícia em setembro de 1976.

Conheceu a professora Laura Bush, se casou com ela apenas dois meses depois e tiveram duas filhas, as gêmeas Barbara e Jenna. Após o casamento, passou a frequentar a igreja metodista e conseguiu se livrar do álcool.

Trabalhou em companhias de petróleo e depois de vender suas ações, se candidatou para a Câmara dos Deputados do Texas, mas perdeu.

Participou da campanha presidencial do pai, em 1989, mas voltou para o Texas quando Bush pai perdeu a reeleição. Assim, decide se apresentar para concorrer como governador no Texas, 1994.

Foi o primeiro governador do Texas a ser reeleito e ficou à frente do estado até 1999 quando concorreu para as eleições presidenciais.

Eleição Presidencial de George W. Bush

Sua eleição para presidente em 2000 foi marcada por fraudes e houve reconto de votos, especialmente no estado da Flórida.

Como as eleições para os Estados Unidos são indiretas – os eleitores votam num Colégio Eleitoral que escolherá o presidente – Bush foi o quinto presidente americano que perdeu no voto popular, mas ganhou no Colégio Eleitoral.

Governo de George W. Bush

11 de setembro
O atentado ocorrido em 11 de setembro de 2001 marcou a administração de George W. Bush

Guerra ao Terror

Em 11 de setembro de 2001, os Estados Unidos foram atacados por terroristas da organização Al-Qaeda. Quatro aeronaves foram lançadas em alvos militares e civis, matando milhares de pessoas.

Capturar o mandante intelectual dos ataques, Osama bin Laden tornou-se uma obsessão. Isso provocou uma série de reações bélicas da parte dos americanos como a Guerra do Afeganistão.

Leia mais sobre esses temas:

Guerra do Iraque

Tal como havia feito seu pai durante o governo, Bush empreendeu uma guerra no Golfo Pérsico.

O presidente americano acusou o Iraque de Saddam Hussein, possuir armas de destruição massiva. Estas nunca foram encontradas, porém Bush resolveu ir à guerra da mesma maneira.

Doutrina Bush

Em 2002, o presidente lançou a Doutrina Bush que condensava seu pensamento sobre o combate ao terrorismo.

Iraque, Irã e Coreia do Norte foram classificados como "Eixo do Mal". Isso significava que estes três países eram uma ameaça potencial aos Estados Unidos e poderiam ser invadidos em nome da segurança americana.

A Doutrina Bush foi usada para justificar a guerra ao terror, a invasão do Iraque e a captura de Osama bin Laden, dentre outros abusos cometidos pelos Estados Unidos.

Economia no governo Bush

A política econômica de Bush foi marcada pela diminuição de impostos. No entanto, longe de estimular a economia, isso provocou um desequilíbrio nas contas públicas.

Igualmente, houve aumento nos gastos das Forças Armadas, por conta das sucessivas guerras. Vários recursos foram destinados a sustentar a política contra o terror.

Nos três primeiros anos de governo o desemprego passou de 4% para 6%. Por sua parte, a Bolsa registrou uma queda de 30% e o déficit do orçamento, em 2004, ficou em 500 bilhões de solares, o maior da história americana.

Ainda assim, Bush garantiu sua reeleição devido a seu discurso combativo e sua retórica de proteção aos chamados valores americanos.

Fim do Governo George W. Bush

Após oito anos na Casa Branca, George W. Bush passou o comando para o presidente democrata Barack Obama.

Atualmente, Bush dedica-se ao Instituto George W. Bush, à pintura e aos serviços comunitários. Escreveu um livro sobre o seu governo, mas tem se mantido em silêncio quanto a atual administração de Donald Trump.

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.