Introdução de trabalho e de redação: como fazer?

Márcia Fernandes

A introdução é a porta de entrada de um texto, sendo assim, precisamos garantir que ela cumpre muito bem a sua função para que a leitura do seu trabalho ou da sua redação não seja abandonada pelo caminho.

Considerando a importância que a introdução tem no seu texto, o Toda Matéria vai ensinar você como fazer uma introdução. Vamos lá?

O que é uma introdução?

Introdução é um texto curto que indica os pontos abordados ao longo do texto. Através dela você contextualiza o leitor para que ele comece a entender o assunto que será abordado no seu trabalho ou na sua redação. Ela deve responder a pergunta: que problema será tratado no texto?

Além de informar o leitor acerca do conteúdo que ele encontrará ao longo do texto — e daí a necessidade de a introdução ser clara e objetiva —, convém que a introdução também tenha um atrativo que motive a sua leitura.

Então, você já sabe, uma boa introdução tem que ser:

  • clara;
  • objetiva;
  • informativa (informar os pontos tratados no texto);
  • atrativa.

Ou seja, não basta escrever um texto muito bonito sem cumprir o seu objetivo, que é informar o que o leitor vai encontrar pela frente.

Quanto ao tamanho, ela deve ocupar cerca de 10% do texto todo.

Introdução passo a passo

1. Como começar?

Apesar de iniciar o texto, a introdução não tem necessariamente de ser escrita primeiro. Depende de quem escreve.

Há pessoas que se sentem mais à vontade se começarem literalmente do início, e não conseguem desenvolver o texto com a sensação de que falta alguma coisa.

Outras, por sua vez, só conseguem avançar depois de terem desenvolvido o seu texto e terem noção dos rumos que ele tomou, ou seja, sabem exatamente o que foi abordado nele.

Quem gosta de começar pela introdução, precisa fazer a sua atualização ao longo do desenvolvimento do texto. Isso garante que nenhum ponto importante seja deixado de lado.

Você tem que dar aquilo que promete, por isso, uma boa dica é sempre que terminar de redigir uma parte, voltar à introdução para escrever o ponto tratado nela.

Não podemos mencionar algo que por algum motivo acabou não sendo desenvolvido no texto ou, ainda, esquecer de mencionar algo tratado no texto. Desse modo, corremos o risco de o leitor perde o interesse em ler o restante conteúdo pelo fato de que não ter encontrado justamente aquilo que achava que iria encontrar.

2. Como desenvolver?

Num trabalho acadêmico, é importante fazer com que as pessoas entendam o objetivo do trabalho. Se nele você se debruçou sobre o estudo de algo que já existe usando metodologias diferentes — pesquisas de campo, entrevistas ou pesquisa documental, por exemplo —, as pessoas devem perceber isso logo na introdução.

Mas lembre-se: a introdução não deve ter explicações. Se ela tem que ser curta, não há espaço para explicações. Explicar faz parte do desenvolvimento do trabalho. Apenas garanta o que deve constar na introdução, ou seja, todos os tópicos tratados no texto.

3. Como finalizar?

Você não precisa indicar os pontos abordados pela ordem que eles aparecem ao longo do texto. O importante é que tudo esteja lá.

Mas apesar de não serem apresentados na mesma ordem, é importante que os pontos mencionados façam sentido, que fluam, ou seja, é muito importante estar atento aos aspectos de coesão e de coerência já na introdução.

Não basta indicar os pontos por indicar, como se fosse apenas uma lista com o que será encontrado no texto. Você precisa conversar com o leitor sobre eles, afinal é preciso motivar as pessoas a lê-lo e isso só se consegue escrevendo bem.

O leitor tem que partir para o desenvolvimento com isso muito bem claro na sua cabeça: o que vou encontrar ao longo deste trabalho.

Exemplo de introdução de redação pronta

Com o tema da redação do Enem 2018 “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”, confira a redação de um participante que tirou nota 1000:

exemplo de introdução

A introdução da redação acima compreende o primeiro parágrafo e cumpre a sua função.

Repare que o texto é curto e indica os pontos abordados. No seguimento da leitura da redação, verificamos que os assuntos indicados foram os mesmos explicados no desenvolvimento e retomados na conclusão: 1) negligência do governo e 2) mentalidade individualista dos empresários.

O ponto 1 foi explicado no segundo parágrafo, enquanto o ponto 2, no terceiro. Por fim, nos últimos parágrafos, que correspondem à conclusão, o participante faz uma reflexão críticas sobre ambos.

Exemplo de introdução de trabalho pronta

Selecionamos alguns trechos da introdução do trabalho de conclusão de curso, apresentado ao curso de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba, de Tamires Oliveira Santos.

Com o tema Redes Sociais e o Vazio Existencial no Mundo Pós-Moderno, o texto apresentado cumpre com os requisitos que uma introdução deve cumprir:

1) Indica os temas abordados no trabalho de forma objetiva

introdução de tcc_1

2) Esclarece o objetivo do trabalho e as metodologias utilizadas para a sua realização

introdução de tcc_3

3) Motiva o leitor a continuar a leitura do trabalho, mencionando o que será explicado no seu desenvolvimento

introdução de tcc_4

Quer ficar craque neste assunto? Não deixe de ler outros textos relacionados com este tema:

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.