Planetas Terrestres


Os Planetas Terrestres, Rochosos, Sólidos ou Telúricos, são os corpos celestes de grande densidade e solidez localizados no Sistema Solar Interior, algumas luas do Sistema Solar Exterior grandes o suficiente para manter um equilíbrio hidrostático e outros planetas Extra-solares ainda desconhecidos.

Para saber mais: Planetas e Sistema Solar

Principais Características

A principal característica dos planetas rochosos é sua superfície sólida e densidade maior do que a apresentada pelos planetas gasosos. Não obstante, eles são constituídos por metais, especialmente ferro e outros metais pesados, rochas (silicatos), como os planetas de silício, ou por carbonáceos, tal qual os planetas de carbono. Além disso, os planetas telúricos possuem cânions, crateras, montanhas, vulcões e sua atividade sísmica pode ser mensurada. Curiosamente, eles não possuem anéis.

Para saber mais: Tipos de Planetas

Planetas Rochosos Do Sistema Solar

Os planetas rochosos do Sistema solar são: Mercúrio, Vênus, Terra e Marte.

Mercúrio

É o menor planeta do Sistema Solar e o mais próximo do Sol. Por conta disso, seu brilho é ofuscado pelo Astro Rei e só é observado a olho nu durante crepúsculo. Seu núcleo é formado por metal denso, destacadamente ferro; sua gravidade é de 3,6 m/s² e seu aspecto é similar ao da superfície lunar, com crateras e planícies.

Sua atmosfera é composta por hélio, sódio e oxigênio e a temperatura máxima é de 427ºC e mínima de -173ºC. Possuí rotação 58 dias e translação 87 dias.

Sem espanto, entre 1974 e 1975, o planeta Mercúrio foi mapeado pela sonda Mariner 10 e, no ano de 2008, pela sonda MESSENGER.

Vênus

Também conhecido como “Estrela d'Alva”, Vênus é o segundo planeta do Sistema Solar e o planeta irmão da Terra, pois possuem dimensão, massa e composição similares, diferindo apenas em sua atmosfera, donde a pressão atmosférica desta chega a ser 92 vezes superior a da Terra, com uma gravidade de 8,7 m/s², eu uma composição de dióxido de carbono e ácido sulfúrico dispersos pelo ambiente, o mais denso do Sistema Solar. Sua temperatura máxima pode chegar á 460ºC e seu movimento de rotação têm 243 dias terrestres, quase igual ao de translação, de 224 dias.

Terra

Terceiro planeta de nosso sistema e também o que habitamos, a Terra é também denominada “Planeta Azul”, em função da camada de ozônio que a protege. Possui um satélite natural (a Lua), placas tectônicas, esta repleta de seres vivos e detêm uma grande concentração de água (71% de sua superfície), o que possibilita uma atmosfera equilibrada. Ademais, é o planeta telúrico com maior gravidade (9,8 m/s²), com uma rotação de aproximadamente 24h e uma translação de aproximadamente 366,26 dias.

Marte

Quarto e último dos quatro planetas rochosos, Marte possui uma coloração avermelhada devido a sua superfície, composta por basalto vulcânico, óxido de ferro, oxigênio e silício. Este planeta possui uma gravidade baixa (3,7 m/s²), seu movimento de rotação se completa em 24 horas e 36 minutos e o de translação em 687 dias terrestres. Em sua atmosfera, formada por gás carbônico, nitrogênio, argônio e oxigênio, a temperatura média é de - 59ºC.

Para saber mais: Planetas do Sistema Solar