Tipos de Rios


Segunda a classificação, os tipos de rios existentes são influenciados por fatores como o relevo, o sistema de drenagem, o escoamento e a coloração das águas.

Lembre-se que os rios são cursos de água doce, salobra ou salina, que nascem num ponto mais elevado, o qual é chamado de nascente, e desembocam num local mais baixo, denominado de foz ou desembocadura, seja em outro rio, lago ou o mar.

Classificação dos Rios

Escoamento de água: segundo a quantidade de água que os rios se formam, eles são classificados em:

  • Rios Perenes: os rios perenes recebem esse nome uma vez que permanecem durante todas as estações do ano, sendo possível encontrar sempre água em seu curso. A maioria dos rios do planeta estão nessa categoria.
  • Rios Efêmeros: os rios efêmeros ou as torrentes são aqueles em que somente existem em épocas de alta pluviosidade, sendo formados pelas águas que escoam do solo. De tal modo, na época das secas, toda água é evaporada, fazendo com que desapareça o curso de água.
  • Rios Intermitentes: os rios intermitentes ou temporários são aqueles que em algum momento sofrem com a seca das estações. Assim, eles existem em épocas chuvosas e quase desaparecem (seca ou congelamento de seus leitos) decorrente da baixa pluviosidade. De tal modo, o lençol freático não consegue alimentá-lo devido ao seu baixo nível.

Relevo: segundo o relevo em que estão inseridos, os rios são classificados em:

  • Rios de Planalto: os rios de planalto são aqueles que apresentam elevado potencial hidrelétrico posto que nascem em regiões altas, e, portanto, apresentam grandes quedas de água, como as cachoeiras. Em alguns trechos, esses desníveis no curso da água impedem ou prejudicam a navegação.
  • Rios de Planície: os rios de planície são muito utilizados para a navegação posto que não apresentam desníveis em seu curso de água, nascendo e desembocando em locais planos e relativamente baixos.

Saiba mais sobre as Planície e Planalto.

Coloração: dependendo da coloração das águas, os rios são classificados em:

  • Rios de Águas Claras: esses tipos de rios apresentam menor quantidade de sedimentos. No entanto, por suas águas serem mais claras, não significa que são mais limpos que os de água escura. Se tiverem um tom mais esbranquiçado podem conter mais sedimentos, minerais e calcário.
  • Rios de Águas Escuras: contem maior quantidade de sedimentos e matéria orgânica e por isso, suas águas são escuras. Há também aqueles em que o solo favorece sua coloração.

Drenagem: segundo o potencial de drenagem dos rios, eles são classificados em:

  • Rios Efluentes: São os rios que não sofrem com os períodos de seca, visto que sempre recebem a água do subsolo.
  • Rios Influentes: Por sua vez, os rios influentes são aqueles que estão localizados sobretudo nas regiões áridas. Eles sofrem com a diminuição da vazão de água sendo que elas são infiltradas pelo subsolo ou evaporadas.

Veja também os artigos relacionados ao tema: