Watergate

Pedro Menezes
Escrito por Pedro Menezes
Professor de Filosofia, Mestre em Ciências da Educação

O caso watergate, também chamado de escândalo watergate (watergate scandal) foi um episódio de espionagem política, que culminou na renúncia de Richard Nixon, presidente dos Estados Unidos, em 1974.

O caso ocorreu durante a campanha presidencial dos Estados Unidos em 1972, mas só veio à tona dois anos depois, em 1974.

A campanha presidencial e a invasão do prédio Watergate

Richard Nixon foi vice-presidente dos Estados Unidos durante os dois mandatos do republicano Dwight Eisenhower. Em 1968, candidata-se à presidência da república e sai vitorioso das eleições, assumindo o principal cargo da Casa Branca (sede do governo).

Presidente Richard Nixon
Presidente Richard Nixon

Durante a campanha para a reeleição em 1972, um suposto assalto à sede do Partido Democrata no complexo de edifícios Watergate. O complexo Watergate era um centro de luxo que possuía salas comerciais, apartamentos, lojas e um hotel.

Em uma sala no seto andar do edifício oeste, ficava a sede do Partido Democrata, onde a quadrilha composta por cinco homens foi encontrada instalando escutas e tirando fotos de documentos.

Dentre os envolvidos presos pela polícia, James McCord, havia recebido um pagamento no valor de 25 mil dólares, vindos do comitê de reeleição de Nixon.

Apesar das características estranhas do suposto assalto, o caso não recebeu muita atenção da opinião pública e Nixon disputou e venceu a eleição contra o democrata George McGovern.

O processo de impeachment e a renúncia de Richard Nixon

Dois jornalistas do Washington Post, Bob Woodward e Carl Bernstein, se dedicam a investigar e recebem informações anônimas de um integrante do FBI (o equivalente à polícia federal nos Estados Unidos). O informante anônimo recebeu o apelido de "Garganta Profunda".

Os jornalistas chegaram à conclusão de que o gabinete de campanha de Nixon havia realizado um esquema de sabotagem e espionagem que deu uma grande vantagem na corrida presidencial.

A partir daí, o caso recebeu muita atenção da mídia e pressão da opinião pública. Em 7 de fevereiro de 1973, foi criado um comitê do senado, de maioria democrata, para apurar os casos denunciados pela imprensa.

A investigação por parte do senado durou de março de 1973 a junho de 1974. Dentre outros abusos, foi constatado que os responsáveis pela campanha de reeleição, com a participação do próprio Nixon, foram responsáveis por:

  • Formar uma equipe de espiões políticos a serviço da Casa Branca.
  • Realizar uma série de escutas clandestinas aos adversários.
  • Desfalques e desvios de dinheiro.
  • Roubar documentos sigilosos.
  • Receber financiamentos de campanha em troca de favores para empresas.
  • Obstruir as investigações.

Com os avanços dos depoimentos prestados ao comitê do senado, o processo de impeachment de Nixon parecia ser irreversível. As investigações deixaram claro que Nixon e sua equipe atentaram contra a democracia dos Estados Unidos.

Então, no dia 9 de agosto de 1974, o então presidente Richard Nixon renuncia à presidência dos Estados Unidos.

Carta de Renúncia de Nixon
Carta de renúcia de Nixon: "Caro Sr. Secretário: Eu, por meio deste, renuncio ao Cargo de Presidente dos Estados Unidos. Sinceramente, Richard Nixon (assinatura)"

O legado de Watergate

O vice-presidente Gerald Ford tomou posse após a renúncia de Richard Nixon e anistiou o ex-presidente dos crimes que cometeu.

Apesar disso, desde então, a imprensa e a justiça, em todo mundo, têm se mostrado atentas aos casos de utilização da máquina do Estado para a defesa de interesses particulares de representantes do governo.

Com isso, até hoje, o termo gate se tornou um sufixo utilizado pela mídia em casos de vazamento de informação sigilosa e comprometedora como, por exemplo, no "Fifa Gate" (corrupções e compras de votos para sedes da Copa do Mundo).

O Caso Watergate no cinema

A história marcante com sua teia de intrigas e corrupções inspirou diversas obras do cinema. Para quem quer saber ainda mais sobre o tema ou apenas compreender algumas referências, segue uma lista de filmes sobre o famoso escândalo americano:

  • Watergate (2018)
  • Todos os homens do presidente (1976)
  • Frost/Nixon (2008)
  • Mark Felt: O homem que derrubou a Casa Branca (2017)
  • Nixon (1995)

Interessou? Veja também:

Atualizado em
Pedro Menezes
Escrito por Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestre em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).