Benjamin Franklin

Juliana Bezerra

Benjamin Franklin nasceu em 17 de janeiro de 1706, em Boston, e faleceu em 17 de abril de 1790, na Filadélfia.

Destacou-se como político, inventor, empreendedor, jornalista, escritor e diplomata dos Estados Unidos.

Apesar de não ter chegado à presidência, Benjamin Franklin é considerado um dos pais fundadores deste país. Da mesma forma, é lembrado como o criador do para-raios.

Biografia

Benjamin Franklin nasceu numa grande família sendo o 17º de vinte irmãos. O pai havia se casado duas vezes e trabalhava como fabricante de velas.

Teve que deixar a escola aos dez anos e tornou-se aprendiz do irmão numa tipografia. Mais tarde, abandonaria este posto, sem completar sua formação, e partiria para Londres, em busca de trabalho.

Benjamin Franklin
Benjamin Franklin retratado por Joseph Duplessis, por volta de 1779

Ao voltar para os Estados Unidos, em 1726, exerceu como tipógrafo e cinco anos depois, comprou um jornal. Ali, escreveu o "Almanaque do Pobre Ricardo" onde expunha suas ideias sobre economia a través de uma linguagem simples e direta.

Conciliou sua vida de escritor com a de inventor e bem-feitor. Defendia a união entre as diversas colônias americanas frente à Inglaterra e assim foi representante de várias delas no parlamento britânico. Lutou para que se derogasse a lei do selo, impopular taxa que levaria à inúmeras revoltas dos colonos na América.

Após a independência dos Estados Unidos atuou como embaixador dos EUA na França e seu trabalho foi essencial para garantir o apoio deste país na revolução americana.

Foi um dos elaboradores da Constituição americana de 1787 e assassinou o documento junto a George Washington, James Madison, Alexander Hamilton e muitos outros.

Benjamin Franklin foi casado e teve dois filhos. Faleceu em 1790, na Filadélfia, Pensilvânia, aos 84 anos.

Vida política

Após conquistar segurança financeira, Franklin começa a exercer vários cargos públicos no estado da Pensilvânia.

Uma dessas funções o levaria a representar a Pensilvânia e outros estados americanos em Londres. Ali, toma consciência que as Treze Colônias deveriam se unir para serem mais fortes diante da coroa britânica.

Ao retornar aos Estados Unidos, em 1772, Franklin estava convencido que a Inglaterra não concederia mais poderes aos colonos. Dessa maneira, apoiou a solução militar para se separar da Inglaterra e ainda voltou à Europa para ser embaixador na França.

Uma vez conquistada a independência, representou a Pensilvânia no congresso que determina a criação de uma constituição e participou da elaboração da Carta Magna. Defendeu os princípios iluministas que afirmam que a soberania política vem do povo e é cedida ao governante.

Por sua atuação na Revolução Americana é considerado um dos Pais Fundadores dos Estados Unidos juntamente com George Washington, Alexander Hamilton, John Adams, Samuel Adams, Thomas Jefferson, James Madison e John Jay.

Invenções de Benjamin Franklin

A carreira de Benjamin Franklin como inventor é tão importante como a de político. Vejamos algumas invenções de sua autoria:

Para-raios

Através de suas observações sobre eletricidade, ele descreveu os fenômenos de cargas elétricas, considerando-as como positivas e negativas. Assim, num dia de tempestade, acompanhado pelo filho, empinou uma pipa e conseguiu provar que os raios podem ser atraídos, conduzidos através de um meio físico e neutralizados, sem causar destruição.

Lentes bifocais

Estas permitem enxergar tanto de perto quanto de longe. Conta-se que Benjamin Franklin teve esta ideia quando estava lendo no campo e queria ver tanto de perto quanto de longe sem precisar levar dois óculos na bolsa.

Aquecedor

Ao observar a lareira de sua casa, Benjamin Franklin notou que o calor se espalhava de maneira não uniforme pela sala. Desta maneira, percebeu que se conseguisse criar uma caixa que conservasse em o calor em apenas um lugar, ele poderia ser utilizado para assar alimentos e também aquecer o ambiente.

Harmônica de Vidro

Consiste em um instrumento musical composto por taças de vidro de diferentes tamanhos, presas a um bastão e parcialmente imersas na água. Através do toque dos dedos umedecidos, o músico pode tirar várias notas da escala e produzir melodias.

Obras sociais e homenagens

A trajetória de Franklin inclui várias obras sociais que melhoraram a cidade da Filadélfia e o estado da Pensilvânia.

Por sua iniciativa, em 1736, foi estabelecido o primeiro corpo de bombeiros; e em 1751, o Hospital da Pensilvânia. Também contribuiu para a criação da Academia da Pensilvânia, que daria origem à Universidade do mesmo nome, uma das mais prestigiosas dos Estados Unidos.

Por sua trajetória profissional e suas contribuições sociais, seu rosto foi escolhido para figurar na nota de cem dólares americanos.

Cem dólares

Igualmente, há cinquenta cidades americanas com seu nome e academias como o Instituto de Tecnologia da Benjamin Franklin, em Massachusetts e a Universidade Franklin, localizada no estado de Ohio.

Temos mais textos sobre este assunto para você:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.