George Washington

Juliana Bezerra

George Washington foi o primeiro presidente dos Estados Unidos, de 1789 a 1797.

Atuou na guerra contra os índios e depois lutou contra os britânicos pela independência das 13 Colônias. Foi eleito congressista, ajudou a redigir a Constituição americana e escolhido por unanimidade presidente dos Estados Unidos por duas vezes.

George Washington

George Washington durante a presidência.

Formação e Carreira Militar

George Washington nasceu em 22 de fevereiro de 1732, no estado da Virgínia. Provinha de uma família abastada, da pequenaaristocracia rural que possuía uma fazenda com plantações de cânhamo onde trabalhavam escravos.

Educado em casa, posteriormente trabalhou como topógrafo e mapeou o território americano, conhecimento que lhe seria útil durante sua carreira no Exército. Com 20 anos, após a morte do pai e do irmão mais velho, herda a propriedade da família em Mount Vernon.

Entretanto, os tempos não eram de paz e George Washington se alista na milícia local para lutar ao lado dos britânicos contra os indígenas e franceses. Com 23 anos já era coronel e responsável pelo exército da Virgínia.

Ao término do conflito, em 1758, casa-se com a rica viúva Martha Dandridge, que tinha quatro filhos do casamento anterior. Eles não teriam descendência, mas Washington criou os filhos da esposa como se fossem seus.

Neste mesmo ano é eleito para Câmara dos Burgueses, uma assembleia de proprietários locais, criada pela Companhia da Virgínia. O objetivo era melhorar o comércio entre a colônia e a metrópole, e ajudar aos comerciantes a expandir seus negócios.

Contexto Histórico

A vida de George Washington coincide com as grandes mudanças de pensamento do século XVIII.

É o período da ascensão da burguesia que reivindica seu espaço nas decisões políticas. Da mesma forma, se espalha o pensamento iluminista que defende a liberdade de expressão, o racionalismo e o cientificismo como pilares de uma nova sociedade.

Igualmente, as relações entre a colônia americana e a metrópole começam a se transformar a partir da guerra contra os indígenas. Esses conflitos haviam pesado no orçamento britânico e após a Guerra Indígena, os colonos são taxados com pesados impostos e ainda deviam sustentar os soldados britânicos que permaneceriam em território colonial.

Desta forma, começa um movimento contra as autoridades britânicas que são expressas na Festa de Chá de Boston. Também os colonos exigem ter assento no Parlamento britânico com o lema “no taxation without representation” (nenhuma taxação sem representação).

Saiba mais sobre a Independência dos Estados Unidos.

Guerra contra Inglaterra

Quando a guerra da independência começa em 1775, George Washington é nomeado General e Comandante em Chefe do Exército Continental, também conhecido como "Patriotas". Apoiados por espanhóis e franceses, o exército americano consegue vitórias sobre um exército maior e mais bem armado.

Entretanto, também sofre perdas significativas em Long Island e Fort Washington. Aposta suas fichas na Batalha de Trenton (1776) onde arma uma emboscada e captura 1000 soldados germânicos renovando a esperança dos “Patriotas”. Porém, a luta final seria na Batalha de Yorktown, quando Washington é auxiliado pelo general francês Lafayette e assim derrotam os ingleses em 1781.

Em 1787, representantes dos estados americanos se reúnem para elaborar a Constituição Americana, numa assembleia presidida por George Washington.

George Washington Batalha de Trenton

Washington durante a Batalha de Trenton.

Presidente dos Estados Unidos

Em 30 de abril de 1789, Washington é eleito, por unanimidade, o primeiro presidente americano e reeleito quatro anos mais tarde. Como primeiro presidente coube a ele organizar o Judiciário e a economia do país. Igualmente, não se envolveu nas guerras que aconteciam no continente europeu marcando o isolacionismo americano.

Internamente, sufocou uma rebelião interna e determinou que os americanos poderiam controlar os territórios indígenas.

Apesar de receber apoios para que concorrer a um terceiro mandato, o presidente se recolheu à sua fazenda em Mount Vernon. Com esta atitude, quis dar o exemplo para os futuros presidentes americanos não se perpetuassem no poder.

George Washington morreu em 14 de dezembro de 1799 e está enterrado na sua casa na Virgínia.

Curiosidades

É considerado um dos “Pais Fundadores dos Estados Unidos" juntamente com Benjamin Franklin, Thomas Jefferson, entre outros.

No seu testamento concedeu a liberdade aos escravos de sua fazenda.

A cidade de Washington, capital dos EUA, foi nomeada em sua honra.

O rosto de George Washington estampa as notas de um dólar até hoje.

Leia mais sobre a Constituição Americana.

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.