Bandeira da Argentina


A bandeira da Argentina foi criada na época da independência do país.

Consiste em duas faixas horizontais azuis separadas por uma faixa horizontal branca. Ao centro está a figura do sol.

Bandeira da Argentina

Bandeira oficial da Argentina

Origem

A autoria da atual bandeira Argentina é de Manuel Belgrano, um dos líderes da independência.

Belgrano comandava tropas na província de Rosário e percebendo que os soldados usavam identificações diferentes, propõe que todos usassem um distintivo azul e branco.

O uso deste símbolo foi aprovado pelo governo do Primeiro Triunvirato das Províncias Unidas do Rio da Prata, em fevereiro de 1812.

Juramento à bandeira Belgrano

Manuel Belgrano toma o juramento à bandeira dos soldados. Autor: Juan Peláez, 1910

Alguns dias mais tarde, o próprio Manuel Belgrano idealizou o primeiro pavilhão argentino com estas cores. Belgrano, que se hospedava na casa dos irmãos Vicente e María Catalina Echevarría, solicita a esta que confeccione uma bandeira.

Em seguida, diante deste estandarte, fez as tropas jurarem lealdade à pátria e combaterem os espanhóis.

Após as guerras de independência, a bandeira azul e branca foi declarada oficial pelo Congresso de Tucumán, em 1816, apenas 11 dias depois da Argentina derrotar de vez as tropas espanholas.

Significado

As origens para a escolha das cores são controversas.

Algumas interpretações dizem que Manuel Belgrano teria se inspirado no azul do céu argentino. Igualmente, nas cores da imagem de Nossa Senhora das Mercês, de quem era devoto.

Outras fontes apontam que Belgrano teria se inspirado nas cores da Família Real espanhola, os Borbons.

Afinal, ele era um defensor da ideia de que a rainha Carlota Joaquina pudesse constituir um governo monárquico no país, porém independente da Espanha.

Sol de Maio

Além das cores, ao centro da flâmula está um sol com o rosto humano, de cor amarela com 32 raios alternados em:

  • 16 apontando ou girando em sentido horário;
  • 16 retos.

Este símbolo foi incluído pelo então Diretor Supremo das Províncias Unidas do Rio da Prata, Juan Martín de Pueyrredón, em 1818, fazendo referência ao 25 de maio.

A independência argentina foi proclamada em 25 de maio de 1810 e este dia foi bastante chuvoso em Buenos Aires.

No entanto, o sol apareceu e isto foi interpretado como um bom presságio para os dirigentes do novo país. Por isso, o sol também é conhecido como o “Sol de Maio” (Sol de Mayo, em espanhol).

O desenho foi idealizado pelo ourives peruano Juan de Dios Rivera, que tinha como apelido “O Inca”. Foi ele quem adaptou o símbolo de Inti, o deus sol Inca, como o emblema do pavilhão argentino.

Leia mais:

Curiosidades

  • A bandeira argentina também é conhecida como a “celeste-branca”.
  • Na cidade de Rosário, na província de mesmo nome, está o monumento dedicado à bandeira argentina, inaugurado em 1957.
  • O dia da bandeira é celebrado no dia 20 de junho, data da morte de Manuel Belgrano e é feriado nacional.
  • Para saudar a bandeira, se usa a ária "Alta en el cielo" ou "Canción/Oración a la Bandera", que faz parte da ópera “Aurora”, de Héctor Panizza.

Saiba também sobre outras bandeiras: