Por que o céu é azul?

O céu parece, mas não é azul

Nós enxergamos o céu azul devido à combinação da luz do Sol com os elementos que compõem a atmosfera. Isso faz com que a cor azul se espalhe e chegue aos nossos olhos com a impressão de que essa seja a cor do céu.

O motivo pelo qual olhamos para cima e vemos tudo azul é semelhante ao efeito de um prisma óptico. Vamos entender melhor como isso acontece?

3 fatos que explicam o azul do céu

1. A cor da luz do Sol

Bem, temos a impressão de que a luz do Sol seja branca, mas na verdade é uma mistura de várias cores. Isso porque o branco reflete todas as cores.

2. A mistura das cores na atmosfera

As cores têm origem em ondas eletromagnéticas. Através de um espectro eletromagnético visível podemos ver que as cores são ondas que têm comprimentos diferentes.

Elas viajam pelo vácuo do espaço, onde se misturam com os gases, vapor d’água e poeira que compõem o ar atmosférico.

espectro eletromagnético
Espectro eletromagnético visível

3. O comprimento das ondas azuis

Na atmosfera, a luz emitida pelo Sol que mais se destaca é o azul, porque as suas ondas são mais curtas, o que faz com que elas sejam mais nítidas.

Conclusão: o céu é azul graças ao Sol e à atmosfera

Se não fosse a mistura de cores emitida da luz do Sol em conjunto com os gases e tudo o que compõe o ar da atmosfera, o céu seria negro durante o dia.

Espalhamento ou Dispersão de Rayleigh é o nome do fenômeno físico que nos dá a impressão de que o céu é azul. Ele é assim chamado em virtude do físico inglês John William Strutt (Lord Rayleigh), que se dedicou a estudar o espalhamento da luz.

Você também pode querer saber sobre: