Divisão Celular


A divisão celular é o processo pelo qual uma célula-mãe origina células-filhas.

Através deste processo as células unicelulares se reproduzem e as multicelulares se multiplicam.

A frequência de divisões celulares varia com o tipo e estado fisiológico de cada célula.

No organismo humano, por exemplo, algumas células estão em constante multiplicação. Um exemplo são as células da epiderme e da medula óssea, que se multiplicam para repor as células que morrem.

Entretanto, alguns tipos de células mais especializadas como os neurônios, hemácias e células musculares, nunca se dividem.

Ciclo Celular

É o período que se inicia com a origem da célula, a partir de uma divisão celular e termina quando esta se divide em duas células-filhas.

O ciclo celular é dividido em duas etapas: a interfase e a divisão celular.

Nos eucariontes existem dois tipos de divisão celular: a mitose e a meiose.

Ciclo Celular: interfase e mitose
Ciclo Celular: interfase e mitose

Interfase

É a fase em que a célula não está se dividindo.

É o período mais longo do ciclo celular, aproximadamente 95% do tempo.

Neste momento ocorrem diversos fatos que possibilitam a divisão celular, como: a replicação do DNA, a divisão dos centríolos e a produção de proteínas.

A interfase é subdividida em três fases: G1, S e G2.

Na fase G1, que antecede a duplicação do DNA, as células aumentam de tamanho, produzem RNA e sintetizam proteínas.

Na fase S ocorre a síntese de DNA. A quantidade de DNA no núcleo da célula é replicado. Lembre-se que replicação significa o processo de duplicação da molécula de DNA.

Antes de qualquer divisão celular há duplicação do DNA durante a interfase.

A fase G2, corresponde ao intervalo entre a síntese de DNA e a mitose. A célula continua crescendo e produzindo proteínas.

Tipos de Divisão Celular

Mitose

É o tipo de divisão celular que a célula-mãe, haploide (n) ou diploide (2n), origina 2 células-filhas com o mesmo número de cromossomos da célula-mãe.

É uma divisão equacional.

A mitose é realizada quando há reprodução assexuada.

Funções da mitose

  • Crescimento e regeneração de tecidos;
  • Cicatrização;
  • Formação de gametas em vegetais;
  • Divisões do zigoto durante o desenvolvimento embrionário.

Aprenda mais sobre a mitose e suas fases.

Meiose

É o tipo de divisão celular em que a célula mãe, sempre diploide (2n), com cromossomos duplos, origina através de duas divisões sucessivas, quatro células filhas com metade do número de cromossomos da célula mãe.

É uma divisão do tipo reducional.

Funções da Meiose

  • Formação dos gametas em animais;
  • Formação dos esporos nos vegetais.

Aprenda mais sobre a meiose e suas fases.

Exercícios resolvidos

1) (UFLA) - Nos seres multicelulares, a mitose é um processo que tem como principal função:

a) o movimento celular
b) a produção de gametas
c) a produção de energia
d) a expressão gênica
e) o crescimento.

e) o crescimento.

2) (UECE) - Mitose e Meiose são tipos de divisões celulares, que apresentam as seguintes características diferenciais:

a) a mitose ocorre exclusivamente nas células somáticas, nunca no plasma germinativo.
b) a meiose possibilita a recombinação genética, ingrediente constituinte da variabilidade genética.
c) mitose e meiose se alternam no processo de reprodução assexuada dos seres unicelulares.
d) mitose e meiose sempre ocorrem num mesmo organismo vivo.

b) a meiose possibilita a recombinação genética, ingrediente constituinte da variabilidade genética.

3) (Fuvest) - No processo de divisão celular por mitose, chamamos de célula-mãe aquela que entra em divisão e de células-filhas, as que se formam como resultado do processo. Ao final da mitose de uma célula, têm-se:

a) duas células, cada uma portadora de metade do material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora e a outra metade, recém-sintetizada.
b) duas células, uma delas com o material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora e a outra célula com o material genético recém-sintetizado.
c) três células, ou seja, a célula-mãe e duas células-filhas, essas últimas com metade do material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora e a outra metade, recém-sintetizada.
d) três células, ou seja, a célula-mãe e duas células-filhas, essas últimas contendo material genético recém-sintetizado.
e) quatro células, duas com material genético recém sintetizado e duas com o material genético que a célula- mãe recebeu de sua genitora.

a) duas células, cada uma portadora de metade do material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora e a outra metade, recém-sintetizada.

Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.