Jorge Amado

Daniela Diana

Jorge Amado foi jornalista e um dos maiores representantes da literatura brasileira modernista, com uma obra marcada pelo regionalismo e pela denúncia social.

Foi o quinto ocupante da cadeira 23, na Academia Brasileira de Letras, em 1961 e, além disso, recebeu vários prêmios com destaque para o “Prêmio Camões” (1994) e o “Prêmio Jabuti”, o qual fora agraciado duas vezes (1959 e 1995).

Biografia

Jorge Amado

Jorge Leal Amado de Faria nasceu no dia 10 de agosto de 1912, no distrito de Ferradas, município de Itabuna, no sul do Estado da Bahia.

Viveu sua infância em Ilhéus (BA) e depois mudou-se para Salvador, onde estudou no Internato Colégio Antônio Vieira, de padres jesuítas, e no Ginásio Ipiranga.

Desde jovem se envolve com a vida literária e começa a escrever para o jornal: “Diário da Bahia”.

Fundou a “Academia dos Rebeldes”, grupo de jovens artistas, sobretudo literatos, empenhados em renovar a literatura baiana.

Já no Rio de Janeiro, publica seu primeiro romance, com 19 anos, intitulado “O País do Carnaval” (1931).

Dois anos depois casa-se com Matilde Garcia Rosa com quem teve uma filha. Em 1935, torna-se Bacharel em Direito pela Faculdade Nacional de Direito do Rio de Janeiro.

Foi preso duas vezes por apresentar ideais socialistas e comunistas sendo assim, exilado do país, donde permaneceu durante algum tempo nos países: Argentina, Uruguai, França e República Tcheca.

Ao voltar para o Brasil, separa-se de Matilde, sua primeira mulher, e em 1945, torna-se Deputado Federal do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Na política, Jorge Amado lutou pela liberdade religiosa, sendo o autor da lei, ainda hoje em vigor, que assegura o direito à liberdade de culto religioso; ademais, foi autor da emenda que garantia os direitos autorais.

Casa-se pela segunda vez com a escritora Zelia Gattai, e com ela tem dois filhos. Em 1955, afasta-se da militância política e dedica-se totalmente à literatura, sendo ocupante da cadeira 23, na Academia Brasileira de Letras, a partir de 1961.

Falece na capital baiana, Salvador, no dia 6 de agosto de 2001, com 89 anos.

Obras

Possui uma vasta obra literária, com aproximadamente 45 livros publicados dentre romances, poesias, contos, crônicas, peças de teatro, literatura infantil.

Ademais, sua obra foi traduzida para 50 idiomas, sendo portanto, um escritor reconhecido mundialmente.

Romances

  • O País do Carnaval (1930)
  • Cacau (1933)
  • Suor (1934)
  • Jubiabá (1935)
  • Mar morto (1936)
  • Capitães da areia (1937)
  • Terras do Sem-Fim (1943)
  • São Jorge dos Ilhéus (1944)
  • Seara vermelha (1946)
  • Os subterrâneos da liberdade (1954)
  • Gabriela, cravo e canela (1958)
  • A morte e a morte de Quincas Berro d'Água (1961)
  • O Compadre de Ogum (1964)
  • Dona Flor e Seus Dois Maridos (1966)
  • Tenda dos milagres (1969)
  • Teresa Batista cansada de guerra (1972)
  • Tieta do Agreste (1977)
  • Farda, fardão, camisola de dormir (1979)
  • Tocaia grande (1984)
  • O sumiço da santa, romance (1988)
  • A descoberta da América pelos turcos (1994)

Literatura Infantil

  • O gato Malhado e a andorinha Sinhá (1976)
  • A bola e o goleiro (1984)

Biografias e Memórias

  • ABC de Castro Alves (1941)
  • O cavaleiro da esperança (1942)
  • O menino grapiúna (1982)
  • Navegação de cabotagem (1992)

Outros

  • A estrada do mar, poesia (1938)
  • Bahia de Todos os Santos, guia (1945)
  • O amor do soldado, teatro (1947)
  • O mundo da paz, viagens (1951)
  • Do recente milagre dos pássaros, contos (1979)
  • O milagre dos pássaros, fábula (1997)
  • Hora da Guerra, crônicas (2008)

Curiosidades

  • Jorge Amado, é o autor mais adaptado da televisão brasileira, uma vez que suas obras basearam novelas e minisséries, principalmente da TV Globo, com destaque para “Dona Flor e seus dois Maridos”, “Tieta do Agreste”, “Gabriela, cravo e canela”. Além disso, suas obras inspiram o teatro e o cinema.
  • Depois de Paulo Coelho, a obra de Jorge Amado é a mais vendida no exterior.
Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.