Laringe


A laringe é um órgão do sistema respiratório, também responsável pela fala (fonação). Permite a passagem do ar entre a faringe e a traqueia, mas impede que alimentos entrem nas vias aéreas.

LaringeDiferença entre a laringe saudável e inflamada

É composta por cartilagens, membranas, músculos e ligamentos que atuam em conjunto na fonação. O consumo excessivo de substâncias irritantes (fumo e álcool) e o uso inadequado da voz pode levar à inflamação da laringe, cujo principal sintoma é a rouquidão.

Anatomia da Laringe

A laringe é um tubo cartilaginoso irregular que une a faringe à traqueia. Sua estrutura permite o fluxo constante de ar, que está relacionado com suas funções de respiração e fonação.

Possui diversos músculos que juntamente com as cartilagens são capazes de produzir diferentes sons. A forma da laringe muda nos homens e nas mulheres e por isso possuem diferentes tons de voz.

LaringeAnatomia da laringe e cordas vocais

As cartilagens que constituem a laringe são:

  • Cartilagem Tireóidea: é a maior das cartilagens que constitui a laringe. Nela há uma proeminência popularmente chamada de pomo-de-adão. Protege as cordas vocais.
  • Cartilagem Cricoidea: é um anel formado de cartilagem hialina que fica na parte inferior da laringe, ligando-a à traqueia.
  • Cartilagens Aritenoideas: são pequenas cartilagens onde se fixam as cordas vocais.
  • Epiglote: é uma fina estrutura cartilaginosa, que fecha a comunicação da laringe com a traqueia durante a deglutição, impedindo que o alimento entre nas vias aéreas.

As cartilagens estão ligadas por tecido conjuntivo fibroso entre si por ligamentos e articulações, desse modo as cartilagens podem deslizar, uma sobre a outra, realizando movimentos comandados pelos músculos da laringe.

Os músculos do laringe são de três tipos:

  • Adutores - são os crico-aritenoideos e aritenoideo transverso e oblíquo, eles aproximam as cordas vocais, ou seja, fazem com que ela feche. São também chamados de constritores da glote (esse é o nome da abertura entre as pregas) e atuam principalmente na fonação.
  • Abdutores - são os crico-aritenoideos posteriores, que afastam as cordas vocais, abrindo-a. Também são conhecidos como dilatadores da glote e participam da respiração.
  • Tensores - são os tireo-aritenoideos e os crico-tireóideos, que fazem a distensão das cordas vocais, sendo atuantes na fonação.

Funções da Laringe

LaringeA epiglote bloqueia a laringe para impedir a entrada de alimentos

A laringe participa do sistema respiratório e além disso é o principal órgão responsável pela fonação. Na respiração, a laringe recebe o ar vindo da faringe (também participa do sistema digestório, portanto transporta ar e alimentos) e evita que alimentos passem para a traqueia, por meio da epiglote, que se fecha durante a deglutição.

Fonação

LaringeAs pregas vocais abrem e fecham para a respiração e fonação, respectivamente

A emissão de sons é uma característica de diversos animais que possuem respiração pulmonar. No ser humano, a fala é produzida através da modulação do fluxo de ar vindo dos pulmões. Esse ar encontra as pregas vocais, fazendo-as vibrar e assim produzindo pulsos sonoros.

O som é amplificado pelos espaços que existem na faringe e nas cavidades nasal e oral, pois sem isso, esse som não seria percebido. Além disso, os diferentes movimentos realizados pelos músculos permitem que diferentes sons sejam produzidos.

Laringite

A laringite é uma inflamação da laringe, que pode ser causada por vírus, bactérias, fungos ou por agentes químicos e físicos. Pode se apresentar na forma aguda, de curta duração, ou crônica, geralmente caracterizada por um período mais longo de rouquidão, além dos outros sintomas.

A laringite aguda pode ser provocada por vírus, bactérias ou fungos. A causa mais comum da laringite crônica é o consumo excessivo de cigarro e bebidas alcoólicas ou exposição a substâncias irritantes (poluição, substâncias alergênicas).

Os sintomas são: rouquidão, dificuldade para engolir ou respirar, tosse seca, falta de ar, dor e/ou coceira na garganta e febre. O tratamento inclui repouso, hidratação e ingestão de medicamentos para controlar os sintomas.

Leia também: