Vogal, Semivogal e Consoante

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora licenciada em Letras

Vogal, Semivogal e Consoante são fonemas, os quais são unidades de som que distinguem as palavras.

Enquanto as vogais saem livremente pela boca, o mesmo não acontece com as consoantes, que encontram obstáculos. Conheça os fonemas e aprenda a diferenciar as vogais das semivogais!

Vogal

A vogal é o mais importante dos fonemas, pois não existem sílabas sem vogais. Ela se caracteriza pelo fato de o som ser emitido sem obstáculos.

Na língua portuguesa existem 5 letras vogais (a, e, i, o, u). Os fonemas vogais, por sua vez, são em maior número. Isto ocorre porque as vogais podem ser pronunciadas de forma oral e de forma nasal e, ainda, mediante à:

  • Articulação - respeita ao posicionamento da língua no momento da emissão da vogal. Podem ser: anteriores, centrais e posteriores;
  • Timbre - respeita à abertura dos órgãos da fala. Podem ser: abertas e fechadas;
  • Intensidade e Acento: respeita à vibração das cordas vocais. Podem ser: tônicas e átonas.

Por hora, é importante, nos debruçarmos sobre as seguintes classificações e lembrar que:

  • Os fonemas vogais orais, ou seja, que são emitidos pela boca são: a, e, i, o, u.
  • Os fonemas vogais nasais, por sua vez, são emitidos pela boca e pelas fossas nasais e são: ã, , ĩ, õ, ũ.
  • As vogais tônicas são pronunciadas com mais intensidade (vovó, sapo), do que as vogais átonas (vovó, sapo).

Semivogal

Os fonemas i e u e, em alguns casos, também os fonemas e e o são classificados como semivogais quando se juntam a uma vogal e são pronunciados com menos força.

Em cárie e lousa, o i da palavra cárie e o u da palavra lousa são semivogais.
Em nódoa e cães, o o da palavra nódoa e o e da palavra cães são semivogais.

Afinal, Qual é a Diferença entre Vogal e Semivogal?

Enquanto a vogal é o núcleo da sílaba, a semivogal nunca desempenha esse papel. Tal como acontece com as consoantes (veremos a seguir), as vogais são o apoio das semivogais.

As vogais são o núcleo da sílaba. Desta forma, a separação silábica das palavras cárie, lousa, nódoa e cães é a seguinte: cá-rie, lou-sa, nó-doa, cães.

Consoante

A consoante se caracteriza pelo fato de o som ser emitido com obstáculos, uma vez que não consegue sair livremente pela boca. Elas somente formam sílabas apoiadas no som de uma vogal, daí decorre o nome con-soante, ou seja, com som (de uma vogal, no caso).

O nosso alfabeto é composto por 21 consoantes: b, c, d, f, g, h, j, k, l, m, n, p, q, r, s, t, v, x, y, w, z.

Tal como as vogais, as consoantes podem ser orais ou nasais e, ainda, surdas ou sonoras. As consoantes são classificadas também mediante ao:

  • Modo de Articulação - respeita ao tipo de obstáculo que o som encontra durante a sua emissão. Podem ser: oclusivas e constritivas. As constritivas, por sua vez, podem ser fricativas, laterais e vibrantes.
  • Ponto de Articulação - respeita ao local da cavidade bucal em que o obstáculo está localizado. Podem ser: bilabiais, labiodentais, linguodentais, alveolares, palatais e velares.

Continue sua pesquisa! Leia:

Exercício

Nas palavras abaixo há apenas uma em que não há semivogal. Qual é? A seguir, identifique as semivogais nas palavras restantes.

a) fiéis
b) quatro
c) mausoléu
d) fui
e) meu
f) pão
g) baú
h) leite
i) glória
j) enxaguar

A palavra é baú, cuja separação silábica é ba-ú. Trata-se de um hiato, pois é o encontro de duas vogais.

a) fiéis
b) quatro
c) mausoléu
d) fui
e) meu
f) pão
h) leite
i) glória
j) enxaguar

Atualizado em
Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.