Fonema e Letra

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora licenciada em Letras

Fonema e Letra representam respetivamente sons (fala) e sinais gráficos (escrita).

Os fonemas são as unidades sonoras que compõem o discurso ou a fala e são representados entre barras oblíquas (//).

As letras, por sua vez, são os sinais gráficos que tornam possível a escrita. Juntas de forma ordenada, as letras constituem o alfabeto.

Exemplos:

coçar = 5 letras
/k/ /o/ /s/ /a/ /r/ = 5 fonemas

máximo = 6 letras
/m/ /á/ /s/ /i/ /m/ /o/ = 6 fonemas

Embora o número de fonemas e letras coincidam em muitas palavras, nem sempre essa equivalência existe.

Exemplos:

acesso = 6 letras
/a/ /c/ /e/ /s/ /o/ = 5 fonemas

chute = 5 letras
/x/ /u/ /t/ /e/ = 4 fonemas

Classificação dos Fonemas

Os fonemas classificam-se em vogais, consoantes e semivogais.

Vogais

São sons emitidos sem obstáculos, somente pela boca (a, e, i , o, u), ou pela boca e pelas fossas nasais (ã, ẽ, ĩ, õ, ũ).

Exemplos: pia, ando, cesto, quero, lente, li, lindo, sonho, avó, som, susto, untar.

Consoantes

As consoantes encontram obstáculos na sua passagem pela boca, por isso, precisam sempre do acompanhamento das vogais.

Exemplos: base, deduzir, falar, pedaço, redigir, sintetizar.

Semivogais

As semivogais são os fonemas /i/ e /u/ que aparecem juntos com uma vogal formando uma sílaba. É importante dizer que, enquanto as vogais são essenciais na formação de sílabas, as semivogais não.

Exemplos: cárie, mau, pais, rei, seita, venceu.

Letras G e J

As letras G e J podem representar o mesmo fonema quando se juntam às vogais E e I: ge = je e gi = ji.

Exemplos:

singelo = 7 letras
/s/ /ĩ/ /j/ /e/ /l/ /o/ = 6 fonemas

refúgio = 7 letras
/r/ /e/ /f/ /ú/ /j/ /i/ /o/ = 7 fonemas

Letra H

No início de palavras, a letra H não é fonema.

Exemplos:

harpa = 5 letras
/a/ /r/ /p/ /a/ = 4 fonemas

hoje = 4 letras
/o/ /j/ /e/ = 3 fonemas

Letras M e N

Quando têm função de nasalização, as letras M e N não são fonemas.

Exemplos:

campo = 5 letras
/k/ /ã/ /p/ /o/ = 4 fonemas

atento = 6 letras
/a/ /t/ /ẽ/ /t/ /o/ = 5 fonemas

Quando não têm função de nasalização, as letras M e N são fonemas.

Exemplos:

navio = 5 letras
/n/ /a/ /v/ /i/ /o/ = 5 fonemas

soma = 4 letras
/s/ /o/ /m/ /a/ = 4 fonemas

Letra X

A letra X pode representar os fonemas /s/, /z/ e /ks/.

Exemplos:

sexto = 5 letras
/s/ /e/ s/ /t/ /o/ = 5 fonemas

exalar = 6 letras
/e/ /z/ /a/ /l/ /a/ /r/ = 6 fonemas

fixo = 4 letras
/f/ /i/ /k/ /s/ /o/ = 5 fonemas

Dígrafos

Além das letras acima, há ainda os dígrafos, o encontro de duas letras que representam um único fonema.

Exemplos:

  • ch: chuva /x/ /u/ /v/ /a/
  • nh: arranhar /a/ /rr/ /a/ /nh/ /a/ /r/
  • qu: quindim /k/ /ĩ/ /d/ /ĩ/
  • rr: aborrecer /a/ /b/ /o/ /rr/ /e/ /c/ /e/ /r/
  • sc: nascer /n/ /a/ /c/ /e/ /r/

Leia também: O que são fonemas?

Exercícios de Fonema e Letra

1. Em qual das palavras abaixo há mais letras do que fonemas?

a) achado
b) táxi
c) cadeira
d) surpresa
e) redigir

Alternativa a:

achado = 6 letras
/a/ /x/ /a/ /d/ /o/ = 5 fonemas

Quanto às alternativas restantes:

Alternativa b:

táxi = 4 letras
/t/ /á/ /k/ /s/ /i/ = 5 fonemas

Alternativa c:

cadeira = 7 letras
/c/ /a/ /d/ /e/ /i/ /r/ /a/ = 7 fonemas

Alternativa d:

surpresa = 8 letras
/s/ /u/ /r/ /p/ /r/ /e/ /z/ /a/ = 8 fonemas

Alternativa e:

redigir = 7 letras
/r/ /e/ /d/ /i/ /j/ /i/ /r/ = 7 fonemas

2. Indique as letras e os fonemas das palavras abaixo:

a) habilidoso

habilidoso = 10 letras

/a/ /b/ /i/ /l/ /i/ /d/ /o/ /z/ /o/ = 9 fonemas

b) andar

andar = 5 letras

/ã/ /d/ /a/ /r/ = 4 fonemas

c) nascimento

nascimento = 10 letras

/n/ /a/ /c/ /i/ /m/ /ẽ/ /t/ /o/ = 8 fonemas

d) gabar

gabar = 5 letras

/g/ /a/ /b/ /a/ /r/ = 5 fonemas

e) exílio

exílio = 6 letras

/e/ /z/ /í/ /l/ /i/ /o/ = 6 fonemas

f) hipótese

hipótese = 8 letras

/i/ /p/ /ó/ /t/ /e/ /z/ /e/ = 7 fonemas

g) mundo

mundo = 5 letras

/m/ /ũ/ /d/ /o/ = 4 fonemas

h) osso

osso = 4 letras

/o/ /s/ /o/ = 3 fonemas

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos (habilitação para Ensino Fundamental II e Ensino Médio) e formada no Curso de Magistério (habilitação para Educação Infantil e Ensino Fundamental I).