Coleta Seletiva

Daniela Diana

A Coleta Seletiva é um mecanismo de recolha dos resíduos, os quais são classificados de acordo com sua origem e depositados em contentores indicados por cores.

Ou seja, eles podem ser resíduos orgânicos ou materiais recicláveis como papel, plástico, vidro, dentre outros. Além deles, materiais hospitalares e radioativos têm um destino diferente.

Cores dos Coletores de Lixo

Coleta SeletivaColetores de Coleta Seletiva

Segundo a Resolução do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) N.º 275/2001, foi estabelecido um código de cores para diferentes tipos de resíduos na coleta seletiva. Assim, no padrão das cores dos contentores os materiais que cada um deles recebe são:

  • Azul: papéis e papelões;
  • Verde: vidros;
  • Vermelho: plásticos;
  • Amarelo: metais;
  • Marrom: resíduos orgânicos;
  • Preto: madeiras;
  • Cinza: materiais não reciclados;
  • Branco: lixos hospitalares;
  • Laranja: resíduos perigosos;
  • Roxo: resíduos radioativos.

Além dos contentores específicos para tais materiais, existem outros, por exemplo: para óleo usado, pilhas, baterias, rolhas, etc. Muitas vezes, as próprias empresas que trabalham com esses produtos os recebem de volta depois de usados.

Um exemplo são as empresas de telecomunicações que recebem aparelhos usados com o intuito de reciclar. Essas ações demostram que a empresa tem práticas de desenvolvimento sustentável, as quais auxiliam na manutenção ambiental.

Importância da Coleta Seletiva

A coleta seletiva representa a maneira ecológica mais adequada para o descarte de lixo. Associado ao tema de educação ambiental e do desenvolvimento sustentável, a coleta seletiva evita a poluição do solo e das águas. A intenção é separar todos os resíduos, utilizando-os na reciclagem.

Todos os cidadãos podem colaborar com a separação dos materiais seguindo a teoria dos 3 r’s, ou seja:

  • Reduzir: mudança de hábitos de consumo, reduzindo assim a proliferação de lixo.
  • Reutilizar: reutilização de materiais, como sacolas de supermercado, potes de vidro e plástico, dentre outros.
  • Reciclar: através de processos artesanais ou industriais, transformam-se materiais usados em novos produtos.

Veja abaixo os principais benefícios da coleta seletiva:

  • Promove a consciência ambiental dos cidadãos
  • Evita a contaminação do solo e da água
  • Evita o desperdício dos recursos naturais não-renováveis
  • Promove a reciclagem (reaproveitamento de materiais)
  • Melhora a economia (diminuir custos de produção, geração de empregos, etc.)
  • Alivia e prolonga a vida útil dos aterros sanitários

Coleta Seletiva e Reciclagem

Coleta SeletivaSímbolo Internacional da Reciclagem

A reciclagem consiste no reaproveitamento de materiais para a fabricação de matéria-prima. Ou seja, os materiais como vidro, plástico e papel são reutilizados para gerarem outros.

Em resumo, a coleta seletiva é a separação dos materiais e a reciclagem é a transformação das matérias primas que podem ser reaproveitadas.

Saiba mais sobre o tema com a leitura dos artigos:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.