Tempo de decomposição do lixo

Decomposição é a transformação de um material em partes menores, ou seja, uma substância é transformada em outras substâncias, quimicamente falando.

O tempo de decomposição do lixo depende da sua composição e tamanho e, desta forma, varia de um material para o outro. Além disso, está relacionado com fatores da natureza, como temperatura, umidade, tipo de solo, etc.

Veja alguns exemplos a seguir.

tempo de decomposição do lixo

Tabela com 20 materiais descartados no lixo e o tempo de decomposição no ambiente

Lixo Tempo
Borracha Tempo indeterminado
Casca de fruta (lixo orgânico) 2 a 12 meses
Chicletes 5 anos
Couro 50 anos
Embalagens de papel (papelão) 3 a 6 meses
Fralda descartável 450 anos
Filtro de cigarro 5 anos
Garrafa PET 100 anos
Jornal 2 a 6 semanas
Lata de alumínio 200 anos
Madeira (pintada) 13 anos
Metal 100 anos
Náilon 30 anos
Papel 3 meses
Pilhas 100 a 500 anos
Plástico 400 anos
Pneu tempo indeterminado
Tampas de garrafas 100 a 500 anos
Tecido de algodão (pano) 1 ano
Vidro tempo indeterminado

Dos exemplos apresentados, restos de alimentos, tecido e papel são considerados produtos biodegradáveis, pelo baixo tempo necessário para serem decompostos. Os produtos comumente produzidos no ambiente pela decomposição de alimentos são: gás carbônico (CO2), água (H2O), metano (CH4) e amônia (NH3).

Os materiais não biodegradáveis, que levam muito tempo para se decomporem, existem em grandes quantidades. A melhor solução para eles é a reciclagem, como no caso do vidro, que o tempo de decomposição é indeterminado.

O tempo, geralmente muito longo, para um material jogado no lixo se degradar é só um dos problemas que o acúmulo de lixo pode causar ao meio ambiente. Problemas ambientais, sociais e de saúde podem ser provocados pelo lixo produzido e descartado incorretamente.

Contaminação do solo e lençóis freáticos, aparecimento de animais vetores de doenças e até mesmo um desequilíbrio no ecossistema, como ocorre nos oceanos pelo excesso de plástico descartado, são comuns pela quantidade de lixo que se produz.

Saiba mais sobre os tipos de lixo.

Princípio dos 3R’s: o que você pode fazer pelo meio ambiente?

Reduzir, reutilizar e reciclar são ações que podemos executar para ajudar o meio ambiente e diminuir a quantidade de lixo produzida.

Para reduzir, por exemplo, você pode optar por ter sua própria sacola de compras ao invés de pegar várias sacolas plásticas no mercado a cada ida ao local. Uma boa prática também é ter seu próprio copo consigo, no trabalho por exemplo, e evitar o uso de copos descartáveis.

Para aplicar a reutilização você pode incentivar o consumo de roupas de segunda mão. Muitas vezes temos uma peça em bom estado, que não cabe mais em nós ou simplesmente não gostamos mais dela. Não a deixe no armário por muito tempo, procure alguém que gostaria de tê-la.

A reciclagem permite que novos materiais não partam no zero no processo de fabricação e, com isso, geram uma economia de energia, água e outros insumos.

O alumínio, comum nas latas de refrigerante, tem um processo de produção com elevado custo. Quando latinhas de alumínio são recicladas, gera-se uma economia de até 90% se o metal fosse proveniente da mineração.

Complemente seus estudos lendo também sobre: