Partes da Planta

Juliana Diana

As partes da planta são as raízes, as folhas, o caule, as flores e frutos.

Cada parte desempenha uma função importante para o vegetal, assim como os órgãos do corpo humano.

Em resumo, as folhas fazem a respiração e a fotossíntese; as raízes absorvem substâncias do solo; o caule sustenta o vegetal; e as flores e frutos estão relacionados com a reprodução.

Partes das plantas e suas funções

Partes da Planta
Divisão das partes de uma planta

Cada parte da planta possui um papel para que a planta se alimente, respire, cresça e se reproduza.

No entanto, vale ressaltar que essas partes não estão presentes em todas as plantas.

Por exemplo, os musgos e as samambaias não tem flores, nem frutos e se reproduzem através de esporos. Já as folhas dos cactos, se modificaram durante o seu processo evolutivo dando lugar aos espinhos.

Apesar dessas diferenças entre os integrantes do Reino Vegetal, é importante conhecer cada parte da planta e as suas funções.

Na sequência. apresentamos as principais características e alguns exemplos da partes da planta.

Folhas

Folhas partes da Planta
As folhas apresentam uma grande diversidade de formatos

A folha é a parte da planta responsável por realizar a fotossíntese, o processo através do qual a planta produz o seu próprio alimento.

Nas células das folhas há muitas estruturas chamadas cloroplastos que contém a clorofila, o pigmento que dá a cor verde à planta. A clorofila também absorve a luz do sol para que a fotossíntese aconteça.

Nas folhas também acontece respiração e transpiração. Esses dois processos são possíveis porque na superfície da folha existem estruturas chamadas de estômatos, que se abrem e fecham, permitindo a entrada e saída de gases e água da planta.

As folhas podem ser classificadas de acordo com a disposição do limbo, que é a parte mais conhecida da folha. Assim, ela pode ser simples ou composta, como os trevos e as folhas de palmeiras.

Leia também sobre os elementos que compõem a folha:

Raízes

Raízes Partes da Planta
As raízes apresentam formatos relacionados com a sua função

As raízes ajudam a fixar a planta ao solo e são responsáveis pela absorção de substâncias essenciais, como água e sais minerais. Além disso, elas conduzem as substâncias e atuam também como reserva.

Existem diferentes tipos de raízes, mas de modo geral, há uma raiz primária principal e várias ramificações que são as raízes laterais.

Como exemplos de raízes, podemos citar:

  • o milho, o feijão e o café, que apresentam raízes subterrâneas;
  • a mandioca, a cenoura e a beterraba, que possuem raízes tuberosas;
  • o cipó com uma raiz sugadora;
  • a figueira, que possui uma raiz do tipo escora.

Além dessas, ainda existem as raízes aquáticas, como a vitória-régia.

Caules

Caule partes da planta
Os caules transportam os nutrientes produzidos na fotossíntese

O caule sustenta a planta e faz o transporte de substâncias através da planta.

A água e os sais minerais são levados através de vasos existentes dentro do caule, das raízes até as folhas, e os açúcares (produzidos na fotossíntese) são transportados das folhas até as raízes. É no caule que são produzidos os hormônios vegetais, auxiliando no crescimento e desenvolvimento da planta.

Geralmente, os caules são aéreos e verticais, como no caso do tomateiro ou dos troncos das árvores. Existem ainda, os vegetais que possuem caules que crescem junto ao solo, e outros que são subterrâneos, como é o caso das bananeiras e do gengibre.

Flores

Flores partes da Planta
As flores são coloridas e atrativas

As flores são responsáveis pela reprodução da planta. Elas estão presentes apenas no grupo de plantas mais evoluído chamado de angiospermas.

As flores podem ser hermafroditas ou monoicas quando possuem ao mesmo tempo as estruturas femininas (carpelos) e masculinas (estames). Um exemplo desse tipo de flor são as tulipas, que também podem ter suas estruturas separadas em flores diferentes, chamadas de dioicas, como ocorre com o mamoeiro.

Frutos

frutos partes da planta
Os frutos são encontradas as sementes

Os frutos são, geralmente, resultado do desenvolvimento do ovário após a fecundação.

No interior dos frutos são encontradas as sementes, que são os óvulos desenvolvidos. As sementes, se encontrarem condições apropriadas, germinam no solo originando novas plantas.

Leia também:

Está buscando um texto desse tema para a educação infantil? Veja também: Partes da Planta - Kids.

Juliana Diana
Juliana Diana
Licenciada em Ciências Biológicas pelas Faculdades Integradas de Ourinhos (FIO) em 2007. Pós-graduada em Informática na Educação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 2010. Doutora em Gestão do Conhecimento pela UFSC em 2019.