Micorrizas


Micorrizas são associações mutualistas que acontecem entre fungos e as raízes da maioria das plantas vasculares, que são aquelas que possuem vasos condutores de seivas.

Os fungos aumentam a capacidade de absorção de nutrientes das plantas ao mesmo tempo que elas oferecem açúcares e aminoácidos imprescindíveis para a existência dos fungos.

Ou seja, ambos (fungos e plantas) são mutuamente beneficiados. Isso porque os fungos nutrem as plantas e elas, por sua vez, durante a fotossíntese produzem carboidratos que são assimilados pelos fungos.

Qual a sua Importância?

As micorrizas absorvem nutrientes do solo e os transmitem às plantas. Desta forma, as plantas absorvem mais facilmente a água e os sais minerais e, por isso, são capazes de se desenvolver melhor e de resistir às doenças, bem como às alterações climáticas.

Na medida em que solos pobres podem ser enriquecidos com os fungos, a micorriza tem sido utilizada na agricultura com o objetivo de garantir a sua sustentabilidade.

Além da sua importância no aumento da produção, a utilização da micorriza pode reduzir a utilização de fertilizantes e venenos.

Elas podem ser mais resistentes à seca e são capazes de restaurar ecossistemas degradados. Por esse motivo, a micorriza tem uma forte expressão ecológica.

Conheça também:

Tipos de Micorrizas

Endomicorrizas

Conhecidas também como micorrizas arbusculares, esses fungos atingem as células das raízes. A maior parte das micorrizas são desse tipo.

Ectomicorrizas

Os fungos não atingem as células das raízes, apenas as rodeiam através de uma espécie de invólucro formado pelas hifas (filamentos) do fungo.

Quer saber mais sobre fungos? Leia Reino Fungi.