Números Cardinais

Na língua Portuguesa, os números cardinais são palavras que indicam a quantidade e/ou contagem precisa e absoluta de algo, sendo, portanto, a forma mais básica de expressar os numerais.

Numeral: Classificação e Características

Os números cardinais são os tipos de numerais mais utilizados (um, dois, três, quatro, cinco...), os quais fazem parte das classes de palavras variáveis denominada Numeral.

Dizemos que essa classe de palavras é variável, na medida que os termos se flexionam em gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural).

No caso dos cardinais, diversos números variam em gênero, por exemplo: um, uma; dois, duas; duzentos, duzentas; trezentos, trezentas; dentre outros.

Em relação ao número (singular e plural) os cardinais podem variar em grandes quantidades, por exemplo: milhão, milhões; bilhão, bilhões, trilhão, trilhões, dentre outros.

Ademais, dependendo de sua função na frase, os numerais podem ter valor de adjetivo, por exemplo: Ele é o primeiro em tudo; Ele é número um em todas as matérias.

Diferente dos cardinais, os chamados números ordinais indicam a posição, ordem ou sequência num dado conjunto de números, por exemplo: primeiro, segundo, terceiro, quarto, quinto, etc.

Além dos cardinais e ordinais, os numerais incluem os números fracionários (metade, um terço, um quarto, três quartos, um décimo, etc.), coletivos (dúzia, dezena, centena, bimestre, semestre, etc.) e multiplicativos (dobro, triplo, quádruplo, quíntuplo, sêxtuplo, etc.).

Observe que na matemática os números cardinais correspondem aos números naturais, ou seja, os números inteiros e positivos.

Tabela dos Números Cardinais

Quanto a nomenclatura dos números cardinais, devemos lembrar que a conjunção ‘e’ é utilizada entre algumas unidades, dezenas e centenas, por exemplo: trinta e dois (32); dois mil e quinze (2015), cento e trinta e três mil, quinhentos e quarenta e nove (133.549), dente outros. Feito essa observação, veja abaixo uma lista dos números cardinais e a forma escrita por extenso:

Número Nomenclatura

1


Um/Uma

2

Dois/Duas

3

Três

4

Quatro

5

Cinco

6

Seis

7

Sete

8

Oito

9

Nove

10


Dez

11

Onze

12

Doze

13

Treze

14

Catorze ou Quatorze

15

Quinze

16

Dezesseis

17

Dezessete

18

Dezoito

19

Dezenove

20

Vinte

21


Vinte e um

30

Trinta

40

Quarenta

50

Cinquenta

60

Sessenta

70

Setenta

80

Oitenta

90

Noventa

100

Cem

101

Cento e um

200

Duzentos

300

Trezentos

400

Quatrocentos

500

Quinhentos

600

Seiscentos

700

Setecentos

800

Oitocentos

900

Novecentos

1000

Mil

2000

Dois mil

3000

Três mil

4000

Quatro Mil

5000


Cinco Mil

6000

Seis Mil

7000

Sete Mil

8000

Oito Mil

9000

Nove Mil

10.000

Dez Mil

1.000.000

Um Milhão

1.000.000.000

Um Bilhão ou Bilião

1.000.000.000.000

Um Trilhão ou Trilião

1.000.000.000.000.000

Um Quatrilhão ou Quatrilião

1.000.000.000.000.000.000

Um Quintilhão ou Quintilião

1.000.000.000.000.000.000.000

Um Sextilhão ou Sextilião

1.000.000.000.000.000.000.000.000

Um Septilhão ou Septilião

1.000.000.000.000.000.000.000.000.000

Um Octilhão ou Octilião

1.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000

Um Nonilhão ou Nonilião

1.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000

Um Decilhão ou Decilião

Leia também: Números por extenso

Curiosidades: Você Sabia?

  • A indicação dos números que utilizamos hoje é baseada na numeração árabe.
  • O zero é considerado um número essencial na área da matemática. No entanto, não costuma ser incluído nas gramáticas, uma vez que no português indica um número cardinal de conjunto vazio (nulo).
  • Em Portugal, alguns números cardinais se escrevem de maneira diferente, por exemplo: dezasseis, dezassete e dezanove.

Para complementar sua pesquisa, veja também os artigos: