Advérbio

Daniela Diana

Os advérbios são palavras que modificam um verbo, um adjetivo ou outro advérbio. São flexionados em grau (comparativo e superlativo) e divididos em: advérbios de modo, intensidade, lugar, tempo, negação, afirmação, dúvida.

Classificação dos Advérbios

De acordo com a circunstância que os advérbios exprimem nas frases, eles podem ser:

Advérbio de Modo

Bem, mal, assim, adrede, melhor, pior, depressa, devagar, acinte, debalde e grande parte das palavras que terminam em "-mente": cuidadosamente, calmamente, tristemente, dentre outros.

Exemplos:

  • Fui bem na prova.
  • Estava andando depressa por causa da chuva.

Advérbio de Intensidade

Muito, demais, pouco, tão, quão, demasiado, bastante, imenso, demais, mais, menos, quanto, quase, tanto, assaz, tudo, nada, todo.

Exemplos:

  • Comeu demasiado naquele almoço.
  • Ela gosta bastante dele.

Advérbio de Lugar

Aí, aqui, acolá, cá, lá, ali, adiante, abaixo, embaixo, acima, adentro, dentro, afora, fora, defronte, atrás, detrás , atrás, além, aquém, antes, algures, nenhures, alhures, aonde, longe, perto.

Exemplos:

  • Minha casa é ali.
  • O livro está embaixo da mesa.

Advérbio de Tempo

Hoje, já, afinal, logo, agora, amanhã, amiúde, antes, ontem, tarde, breve, cedo, depois, enfim, entrementes, ainda, jamais, nunca, sempre, doravante, outrora, primeiramente, imediatamente, antigamente, provisoriamente, sucessivamente, constantemente.

Exemplos:

  • Ontem estivemos numa reunião de trabalho.
  • Sempre estamos juntos.

Advérbio de Negação

Não, nem, tampouco, nunca, jamais.

Exemplos:

  • Jamais reatarei meu namoro com ele.
  • Não saiu de casa naquela tarde.

Advérbio de Afirmação

Sim, deveras, indubitavelmente, decididamente, certamente, realmente, decerto, certo, efetivamente.

Exemplos:

  • Certamente passearemos nesse domingo.
  • Ele gostou deveras do presente de aniversário.

Advérbio de Dúvida

Possivelmente, provavelmente, acaso, porventura, quiçá, será, talvez, casualmente.

Exemplos:

  • Provavelmente irei ao banco.
  • Quiçá chova hoje.

Flexão dos Advérbios

Os advérbios são consideradas palavras invariáveis pois não sofrem flexão de número (singular e plural) e gênero (masculino, feminino); porém, são flexionadas nos graus comparativo e superlativo.

Grau Comparativo

No Grau Comparativo, o advérbio pode caracterizar relações de igualdade, inferioridade ou superioridade.

  1. Igualdade: formado por "tão + advérbio + quanto" (como), por exemplo: Joaquim é tão baixo quanto Pedro.
  2. Inferioridade: formado por "menos + advérbio + que" (do que), por exemplo: Joana é menos alta que Sílvia.
  3. Superioridade:
  • analítico: formado por "mais + advérbio + que" (do que), por exemplo: Ana é mais alta que Carolina.
  • sintético: formado por "melhor ou pior que" (do que), por exemplo: Paula tirou nota melhor que Júlia na prova.

Grau Superlativo

No Grau Superlativo, o advérbio pode ser:

  1. Analítico: quando acompanhado de outro advérbio, por exemplo: Isabel fala muito baixo.
  2. Sintético: quando é formado por sufixos, por exemplo: Isabel fala baixíssimo.

Você também pode se interessar por:

Curiosidades

  • Há também os advérbios que exprimem exclusão (só, somente, salvo, exclusivamente, apenas), inclusão (também, inclusivamente, ainda, mesmo, até) e ordem (ultimamente, depois, primeiramente).
  • Os Advérbios Interrogativos são utilizados nas interrogações diretas e indiretas relacionados com as circunstâncias de modo, tempo, lugar e causa. São eles: quando, como, onde, aonde, donde e por que.
  • As locuções adverbiais são duas ou mais palavras que exercem a função de advérbio, por exemplo, às pressas, passo a passo, de longe, hoje em dia, de vez em quando, dentre outras.
Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.