Primeira Capital do Brasil - Salvador

Juliana Bezerra

O Brasil já teve 3 capitais: Salvador, Rio de Janeiro e Curitiba.

A primeira capital brasileira foi Salvador, entre 1549 e 1763, e depois o Rio de Janeiro, de 1763 a 1960. Fato pouco conhecido é que a a cidade de Curitiba foi nomeada capital do Brasil por três dias, de 24 e 27 de março de 1969.

Atualmente, Brasília é a capital do Brasil desde 21 de abril de 1960.

Organização do Brasil Colonial

O sistema de capitais hereditárias foi a primeira forma de organização político-administrativa do Brasil implementada pela Coroa Portuguesa. De 1534 a 1549, o Brasil foi dividido em faixas de terra chamadas de capitanias, as quais eram chefiadas por nobres da confiança do rei D. João III.

Esse sistema não prosperou, em decorrência da falta de recursos e dos ataques indígenas, resultando no abandono de algumas capitanias.

Assim, houve a necessidade de reorganizar o território, de modo que foi instituído o Governo Geral, cujo objetivo era fazer a colônia crescer.

A primeira Capital do País

Dia 29 de março de 1549 é, oficialmente, a data da fundação da primeira capital do Governo-Geral do Brasil.

A escolha de Salvador, inicialmente nomeada de São Salvador da Bahia de Todos os Santos, deveu-se ao fato de a Região Nordeste ter a maior extração de pau-brasil, bem como ser a principal produtora de açúcar. Além disso, sua localização facilitava a exportação desses produtos.

O primeiro governador-geral do Brasil foi o militar e político português Tomé de Sousa que exerceu o cargo de 1549 a 1553.

Durante 214 anos, Salvador foi a capital do Brasil. A situação mudou com a descoberta de ouro e o declínio da produção da cana de açúcar.

Quando o ouro foi encontrado em Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso, Salvador perdeu o posto de porto mais importante. Desta maneira, a sede do governo é transferida para o Rio de Janeiro em 1763, com o intuito de fiscalizar as regiões de mineração durante o ciclo do ouro.

Temos mais textos sobre o assunto para você:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.