Exercícios sobre Brasil Colonial

Juliana Bezerra

Teste seus conhecimentos com 20 questões sobre o Brasil Colônia, divididas em níveis fácil, médio e difícil.

Bons estudos!

Questões nível fácil

Questão 1

Em 1500, os portugueses chegaram nas terras que hoje correspondem ao Brasil. Sobre esse período, coloque verdadeiro (V) ou falso (F) nas afirmações abaixo:

I. Os portugueses chegaram no Brasil em 18 de abril de 1500.
II. O período chamado de colonial compreende os anos de 1500 a 1822.
III. Os portugueses vieram ao Brasil junto aos espanhóis para conquistar as terras.
IV. Os principais grupos étnicos no Brasil colônia eram: brancos, negros e índios.

Respostas:

I. F
II. F
III. F
IV. V

Correção:

I. A data correta da chegada dos portugueses ao Brasil é 22 de abril de 1500.
II. O período chamado de colonial compreende os anos de 1500 a 1815.
III. Os portugueses vieram sozinhos para conquistar as terras. Aliás, espanhóis e portugueses eram rivais durante o período das Grandes Navegações.
IV. Os principais grupos étnicos no Brasil colônia eram: brancos, negros e índios.

Questão 2

O período colonial no Brasil teve início em:

a) 1530
b) 1500
c) 1600
d) 1589
e) 1630

Alternativa correta: b) 1530

No dia 22 de abril de 1500, a esquadra de Cabral aportava no Brasil e se iniciaria um período de comércio entre os indígenas e os portugueses.

No entanto, diante do interesse de franceses e holandeses por estas terras, a coroa portuguesa decide começar a ocupá-la para não perdê-la. A partir daí, os portugueses tomaram posse das riquezas naturais do Brasil e iniciaram a ocupação do território.

Veja também: Dia do Descobrimento do Brasil

Questão 3

No período pré-colonial a atividade econômica que teve maior destaque foi:

a) pau-brasil
b) mineração
c) cana-de-açúcar
d) café
e) algodão

Alternativa correta: a) pau-brasil

A extração e comercialização do pau-brasil foi a primeira atividade econômica realizada pelos portugueses no Brasil. Mais tarde, se implantaria a cana-de-açúcar.

Veja também: Ciclo do pau-brasil

Questão 4

A primeira capital do Brasil foi:

a) São Paulo
b) Rio de Janeiro
c) Salvador
d) São Luís
e) Brasília

Alternativa correta: c) Salvador

Salvador foi escolhida a primeira capital por sua localização geográfica, pois estava a meio caminho do nordeste e do Rio de Janeiro. Além disso, consolidou-se como um importante porto de recepção de pessoas escravizadas.

Questão 5

O Tratado de Tordesilhas foi um acordo entre:

a) Brasil e Portugal
b) França e Portugal
c) Portugal e Inglaterra
d) Inglaterra e França
e) Portugal e Espanha

Alternativa correta: e) Portugal e Espanha

Portugal e Espanha estavam em plena expansão territorial e assinaram alguns acordos para não entrarem em desentendimento. O primeiro foi em 1479 e, mais tarde, quando Colombo chega a América em 1492, é preciso negociar entre os dois reinos as cláusulas a respeito das terras por descobrir.

Por isso, em 1494, ambos os reinos firmam o Tratado de Tordesilhas, que estipula que as terras encontradas a 370 léguas a oeste do arquipélago de Cabo Verde na África, pertenciam a Espanha e as do oeste, a Portugal.

Veja também: Tratado de Tordesilhas

Questão 6

Oficialmente, a abolição da escravidão no Brasil ocorre através da:

a) Lei do Ventre Livre
b) Lei Eusébio de Queirós
c) Lei Áurea
d) Lei dos Sexagenários
e) Lei Bill Aberdeen

Alternativa correta: c) Lei Áurea

A Lei Áurea, assinada em 13 maio de 1888, pôs fim à escravidão no Brasil. Foi aprovada no Senado e levada para a sanção da princesa Isabel, regente à época, no mesmo dia.

Questão 7

Sobre o período chamado Brasil Colônia, assinale a alternativa INCORRETA:

a) A esquadra de Pedro Álvares Cabral saiu da Espanha.
b) O monte que os portugueses avistaram foi chamado de Monte Pascoal.
c) Quando chegaram nas terras brasileiras os portugueses rezaram uma missa.
d) O escrivão da esquadra de Cabral era Pero Vaz de Caminha.
e) A motivação dos portugueses era conquistar novos territórios.

Alternativa incorreta: a) A esquadra de Pedro Álvares Cabral saiu da Espanha.

A esquadra de Cabral saiu de Lisboa, Portugal, em 9 de março de 1500.

Questão 8

Em 1534, a Coroa portuguesa dividiu o território em 15 partes que ficaram conhecidos como:

a) governos gerais
b) Tratado de Tordesilhas
c) capitanias hereditárias
d) Tratado de donatários
e) Sesmarias

Alternativa correta: c) capitanias hereditárias

As capitanias hereditárias foram a primeira tentativa de organizar o território da colônia e se inspirava no modelo aplicado pelos portugueses na ilha da Madeira.

As capitanias hereditárias consistiam em terras concedidas pela Coroa portuguesa a nobres que deveriam explorá-las economicamente.

Veja também: Capitanias Hereditárias

Questão 9

O período chamado de Brasil colônia terminou com o:

a) Tratado de Madrid
b) Elevação do Brasil a Reino Unido
c) Fim do tráfico negreiro
d) Leis abolicionistas
e) Ciclo do ouro

Alternativa correta: b) Elevação do Brasil a Reino Unido

Em 16 de dezembro de 1815, o Brasil deixava de ser colônia e passou a integrar o Reino de Portugal e Algarves, com os mesmos direitos jurídicos. Uma das consequências foi a possibilidade de eleger e mandar deputados às cortes portuguesas.

Questão 10

No período do Brasil colonial, outros países que invadiram as terras foram:

a) Espanha e Inglaterra
b) Holanda e Espanha
c) França e Espanha
d) França e Holanda
e) Inglaterra e França

Alternativa correta: d) França e Holanda

Os franceses tentaram estabelecer colônias no Rio de Janeiro de 1555 a 1570. Já os holandeses estiveram no nordeste na segunda metade do século XVII.

Questões de nível médio

Questão 11

(Fuvest) No Brasil colonial, a escravidão caracterizou-se essencialmente:

a) por sua vinculação exclusiva ao sistema agrário exportador;
b) pelo incentivo da Igreja e da Coroa à escravidão de índios e negros;
c) por estar amplamente distribuída entre a população livre, constituindo a base econômica da sociedade;
d) por destinar os trabalhos mais penosos aos negros e mais leves aos índios;
e) por impedir a emigração em massa de trabalhadores livres para o Brasil.

Alternativa correta: c) por estar amplamente distribuída entre a população livre, constituindo a base econômica da sociedade.

Os negros e indígenas escravizados foram a base do crescimento econômico do Brasil. Todas as tarefas eram realizadas por esses dois povos e até mesmo indivíduos de pouca condição financeira tinham pessoas escravizadas a seu serviço.

Veja também: Escravidão no Brasil

Questão 12

(UEL) No Brasil colônia, a pecuária teve um papel decisivo na:

a) ocupação das áreas litorâneas
b) expulsão do assalariado do campo
c) formação e exploração dos minifúndios
d) fixação do escravo na agricultura
e) expansão para o interior

Alternativa correta: e) expansão para o interior

A criação do gado demanda grandes extensões de terra. Por isso, os portugueses tiveram que se afastar do litoral a fim de criar os animais e, deste modo, acabaram expandindo os limites do Tratado de Tordesilhas.

Questão 13

(Fuvest-SP) Podemos afirmar sobre o período da mineração no Brasil que

a) atraídos pelo ouro, vieram para o Brasil aventureiros de toda espécie, que inviabilizaram a mineração.
b) a exploração das minas de ouro só trouxe benefícios para Portugal.
c) a mineração deu origem a uma classe média urbana que teve papel decisivo na independência do Brasil.
d) o ouro beneficiou apenas a Inglaterra, que financiou sua exploração.
e) a mineração contribuiu para interligar as várias regiões do Brasil e foi fator de diferenciação da sociedade.

Alternativa correta: e) a mineração contribuiu para interligar as várias regiões do Brasil e foi fator de diferenciação da sociedade.

A mineração contribuiu para mudar o eixo da ocupação territorial do Brasil, do litoral nordestino para o sudeste. Igualmente, reforçou os aspectos da sociedade colonial onde os escravos trabalhavam nas minas e os senhores eram os proprietários destas mesmas minas.

Questão 14

(UNIP) Após a restauração Portuguesa, ocorrida em 1640:

a) as relações entre Portugal e o Brasil tornaram-se mais liberais;
b) a autonomia administrativa do Brasil foi ampliada;
c) o Pacto Colonial luso enrijeceu-se;
d) os capitães-donatários forma substituídos pelos vice-reis;
e) a justiça colonial passou a ser exercida pelos “homens novos”.

Alternativa correta: c) o Pacto Colonial luso enrijeceu-se;

Com o fim da União Ibérica, Portugal resolveu recuperar o tempo perdido e endureceu as medidas de comércio em relação à colônia. Por isso, houve aumento de taxas, proibição de criação de manufaturas e de circulação de certos livros no Brasil.

Questão 15

(Unioeste) Sobre a colonização do Brasil, assinale alternativa INCORRETA.

a) Entre 1500 e 1535, a principal atividade econômica na colônia foi a extração do pau-brasil, madeira então abundante em nosso litoral e obtida mediante troca com os índios.
b) O Brasil foi dividido em quinze quinhões por uma série de linhas paralelas ao Equador que se estendiam do litoral ao Meridiano de Tordesilhas, sendo essas porções de terras entregues a um grupo diversificado de representantes da pequena nobreza, burocratas e comerciantes.
c) Com a morte do rei português D. Sebastião e do seu sucessor D. Henrique, Felipe II, rei da Espanha, assumiu o trono em 1580, originando a União Ibérica, que durou até 1640.
d) Com o fracasso das capitanias, Portugal resolveu substituí-las e criou o Governo Geral com o objetivo de centralizar o poder na colônia, fixando a sede na Província de Sant’Ana e a capital na cidade do Rio de Janeiro.
e) A atividade de mineração demandou vasta força de trabalho escrava desde a descoberta de minas de ouro, em fins do século XVII, em Minas Gerais, estimulando o aumento de população e o surgimento de incontáveis arraiais e vilas.

Alternativa correta: e) A atividade de mineração demandou vasta força de trabalho escrava desde a descoberta de minas de ouro, em fins do século XVII, em Minas Gerais, estimulando o aumento de população e o surgimento de incontáveis arraiais e vilas.

A atividade de mineração atraiu homens livres e pobres para aquela região. Ainda que os negros escravizados estivessem presentes, as pessoas livres também participaram, em grande número, da mineração.

Questões nível difícil

Questão 16

(Enem-2016) O que ocorreu na Bahia de 1798, ao contrário das outras situações de contestação política na América Portuguesa, é que o projeto que lhe era subjacente não tocou somente na condição, ou no instrumento, da integração subordinada das colônias no império luso. Dessa feita, ao contrário do que se deu nas Minas Gerais (1789), a sedição avançou sobre a sua decorrência.

JANCSÓ, I.; PIMENTA, J. P. Peças de um mosaico. In: MOTA, C. G. (Org.). Viagem Incompleta: a experiência brasileira (1500-2000). São Paulo: Senac, 2000.

A diferença entre as sedições abordadas no texto encontrava-se na pretensão de

a) eliminar a hierarquia militar.
b) abolir a escravidão africana.
c) anular o domínio metropolitano.
d) suprimir a propriedade fundiária.
e) extinguir o absolutismo monárquico.

Alternativa correta: b) abolir a escravidão africana.

Em 1798, ocorreu em Salvador a Conjuração Baiana ou Revolta dos Alfaiates. Esta tinha entre outros objetivos a abolição da escravidão, a emancipação da Bahia e o aumento de salários para os soldados.

Questão 17

(Unicamp-2013)

“Quando os portugueses começaram a povoar a terra, havia muitos destes índios pela costa junto das Capitanias. Porque os índios se levantaram contra os portugueses, os governadores e capitães os destruíram pouco a pouco, e mataram muitos deles. Outros fugiram para o sertão, e assim ficou a costa despovoada de gentio ao longo das Capitanias. Junto delas ficaram alguns índios em aldeias que são de paz e amigos dos portugueses.”

(Pero de Magalhães Gandavo, Tratado da Terra do Brasil, em http://www.cce.ufsc.br/~nupill/literatura/ganda1.html. Acessado em 20/08/2012.)

Conforme o relato de Pero de Gandavo, escrito por volta de 1570, naquela época,

a) as aldeias de paz eram aquelas em que a catequese jesuítica permitia o sincretismo religioso como forma de solucionar os conflitos entre indígenas e portugueses.
b) a violência contra os indígenas foi exercida com o intuito de desocupar o litoral e facilitar a circulação do ouro entre as minas e os portos.
c) a fuga dos indígenas para o interior era uma reação às perseguições feitas pelos portugueses e ocasionou o esvaziamento da costa.
d) houve resistência dos indígenas à presença portuguesa de forma semelhante às descritas por Pero Vaz de Caminha, em 1500.

Alternativa correta: c) a fuga dos indígenas para o interior era uma reação às perseguições feitas pelos portugueses e ocasionou o esvaziamento da costa.

Em reação à presença e maus-tratos dos portugueses, os indígenas abandonaram seus antigos territórios junto ao litoral e foram buscar refúgio no interior. Era a única maneira de continuar a viver sem conflitos com o invasor.

Questão 18

(FGV-2013) Sobre a conquista holandesa do Nordeste brasileiro, no período colonial, é correto afirmar:

a) Os conflitos entre portugueses e holandeses devem ser compreendidos no contexto da União Ibérica (1580-1640) e da separação das Províncias Unidas do Império Habsburgo.
b) A ocupação das áreas de plantio de cana obrigou os holandeses a intensificarem a escravização dos indígenas, uma vez que não possuíam bases no continente africano.
c) Estabelecidos em Pernambuco, os holandeses empreenderam uma forte perseguição aos judeus e católicos ali residentes e fortaleceram a difusão do protestantismo no Brasil colonial. d) A administração de Maurício de Nassau foi caracterizada pelo pragmatismo e pela desmontagem do grande centro de artistas e letrados organizado pelas autoridades portuguesas em Olinda.
e) Os holandeses implementaram uma nova e eficiente estrutura produtiva baseada em pequenas e médias propriedades familiares, que se diferenciava das antigas plantations escravistas.

Alternativa correta: a) Os conflitos entre portugueses e holandeses devem ser compreendidos no contexto da União Ibérica (1580-1640) e da separação das Províncias Unidas do Império Habsburgo.

No final do século XIV e primeira metade do século XVII, a Europa vivia um momento de mudanças. Portugal e Espanha estavam reunidos sob a coroa do rei Felipe II. No entanto, ele e seus herdeiros, enfrentam a revolta nas Províncias Unidas (Países Baixos), que resultaria numa guerra custosa e cara.

Com a União Ibérica, o Tratado de Tordesilhas perde a validade, os colonos se aventuram pelo interior e os espanhóis podem - quando autorizados pelos portugueses - intervir militarmente no território do Brasil.

Aproveitando o descontentamento na Europa, um grupo de holandeses decide se apoderar da região açucareira do Nordeste, a fim de comercializar sem intermediários este lucrativo produto.

Este é o contexto histórico da invasão dos holandeses no Nordeste. Posteriormente, eles seriam expulsos por uma armada luso-espanhola.

Veja também: União Ibérica

Questão 19

(Enem-2013) Seguiam-se vinte criados custosamente vestidos e montados em soberbos cavalos; depois destes, marchava o Embaixador do Rei do Congo magnificamente ornado de seda azul para anunciar ao Senado que a vinda do Rei estava destinada para o dia dezesseis. Em resposta obteve repetidas vivas do povo que concorreu alegre e admirado de tanta grandeza.

Coroação do Rei do Congo em Santo Amaro”, Bahia apud DEL PRIORE, M. Festas e utopias no Brasil colonial. In: CATELLI JR., R. Um olhar sobre as festas populares brasileiras. São Paulo: Brasiliense, 1994 (adaptado).

Originária dos tempos coloniais, a festa da Coroação do Rei do Congo evidencia um processo de

a) exclusão social.
b) imposição religiosa.
c) acomodação política.
d) supressão simbólica.
e) ressignificação cultural.

Alternativa correta: e) ressignificação cultural.

A festa da visita do embaixador do Congo era celebrada na África. No Brasil, dentro do contexto escravocrata, a comemoração ganha outra dimensão, unindo o mundo branco e o negro, ao menos uma vez por ano. É preciso notar que a cerimônia é a mesma, porém com outro sentido. A este fenômeno damos o nome de "ressignificação cultural".

Questão 20

(Unesp-2015) A constatação de que “Essa aliança refletiu-se numa política de terras que incorporou concepções rurais tanto feudais como mercantis” justifica-se, pois a política de terras desenvolvida por Portugal durante a colonização brasileira

a) permitiu tanto o surgimento de uma ampla camada de pequenos proprietários, cuja produção se voltava para o mercado interno, quanto a implementação de sólidas parcerias comerciais com o restante da América.
b) determinou tanto uma rigorosa hierarquia nobiliárquica nas terras coloniais, quanto o confisco total e imediato das terras comunais cultivadas por grupos indígenas ao longo do litoral brasileiro.
c) envolveu tanto a cessão vitalícia do usufruto de terras que continuavam a ser propriedades da Coroa, quanto a orientação principal do uso da terra para a monocultura exportadora.
d) garantiu tanto a prevalência da agricultura de subsistência, quanto a difusão, na região amazônica e nas áreas centrais da colônia, das práticas da pecuária e da agricultura de exportação.
e) assegurou tanto o predomínio do minifúndio no Nordeste brasileiro, quanto uma regular distribuição de terras entre camponeses no Centro-Sul, com o objetivo de estimular a agricultura de exportação.

Alternativa correta: c) envolveu tanto a cessão vitalícia do usufruto de terras que continuavam a ser propriedades da Coroa, quanto a orientação principal do uso da terra para a monocultura exportadora.

A alternativa mostra que concepção feudal da doação de terra estava expressa no caráter vitalício da propriedade da mesma. Já o caráter mercantil é expresso na utilização da terra para a exploração de um único produto.

Veja também: Brasil colônia

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.