Uso do S e do Z

Márcia Fernandes

O emprego das letras S e Z pode levantar uma série de dúvidas. Isso acontece principalmente porque há palavras que são escritas com S mas tem som de Z.

Para te ajudar nisso, o Toda Matéria tem para você as regras, seguidas de exemplos e exercícios. Vamos começar?

Quando usar S

1. Nas palavras derivadas de outra que seja escrita com S.

Exemplos:

  • asinha - asa
  • atraso - atrasar
  • frasal - frase
  • paralisação - paralisar
  • pesado - peso

2. Nas palavras cujos sufixos indiquem nacionalidade, origem ou título (-ês, -esa), adjetivo (-ense, -oso, -osa) ou ocupação feminina (-isa).

Exemplos:

  • português, portuguesa
  • camponês, camponesa
  • espalhafatoso - espalhafatosa
  • duquesa
  • poetisa

3. Depois de ditongo.

Exemplos:

  • coisa
  • faisão
  • maisena
  • Neusa
  • repouso

4. Nas palavras que decorrem da conjugação dos verbos pôr e querer.

Exemplos:

  • Eu pus.
  • Se eu pusesse.
  • Quando eu quiser.
  • Eles quiseram.
  • Se eu quisesse.

Leia também Ortografia: o que é, regras ortográficas e exercícios.

Quando usar Z

1. Nas palavras derivadas de outra que seja escrita com Z.

Exemplos:

  • deslize - deslizar
  • enraizado - raiz
  • gozo - gozar
  • realização - realizar
  • vizinhança - vizinho

2. Nas palavras cujos sufixos -ez, -eza formem substantivos abstratos a partir de adjetivos.

Exemplos:

  • sensatez
  • timidez
  • dureza
  • grandeza
  • moleza

3. Nas palavras cujo sufixo -izar forme verbos.

Exemplos:

  • atualizar
  • canalizar
  • economizar
  • eternizar
  • simbolizar

4. Nas palavras cujo sufixo -ização forme substantivos.

Exemplos:

  • atualização
  • colonização
  • modernização
  • realização
  • utilização

Exercícios

1. (Fuvest-SP)

a) Forme substantivos femininos a partir das palavras abaixo, empregando convenientemente s ou z:

limpo defender barão surdo freguês
  • limpeza: substantivo abstrato formado a partir do adjetivo "limpo", por isso o sufixo -eza é grafado com Z.
  • defesa: substantivo abstrato formado a partir do verbo "defender" (diferente do que acontece com "limpeza").
  • baronesa: o sufixo -esa indica título, por isso é grafado com S.
  • surdez: substantivo abstrato formado a partir do adjetivo "surdo", por isso o sufixo -ez é grafado com Z.
  • freguesa: deriva da palavra "freguesia", que é escrita com S.

b) Forme verbos a partir de:

análise síntese paralisia civil liso
  • análise - analisar: quando o sufixo -izar forma verbo, escrevemos com Z.
  • síntese - sintetizar: quando o sufixo -izar forma verbo, escrevemos com Z.
  • paralisia - paralisar: quando se acrescenta o sufixo -ar nos verbos, os mesmos devem ser escritos com S.
  • civil - civilizar: quando o sufixo -izar forma verbo, escrevemos com Z.
  • liso - alisar: quando se acrescenta o sufixo -ar nos verbos, os mesmos devem ser escritos com S.

2. (Badesc/Fepese) Assinale a alternativa em que todas as lacunas são preenchidas com s:

a) pobre*a, chinê*, reali*ar
b) prince*a, montê*, civili*ar
c) atra*ado, cortê*, anali*ar
d) suavi*ado, francê*, economi*ar

Alternativa c: atrasado, cortês, analisar.

De acordo com as regras:

  • atrasado - palavra derivada de "atraso", que é grafada com S.
  • cortês - palavra derivada de "cortesia", que é grafada com S.
  • analisar - quando se acrescenta o sufixo -ar nos verbos, os mesmos devem ser escritos com S. Mas, quando se acrescenta o sufixo -izar nos verbos, os mesmos devem ser escritos com Z.

Quanto às outras alternativas:

a) pobreza, chinês, realizar
b) princesa, montês, civilizar
d) suavizado, francês, economizar

3. (Unimep-SP) Assinale a alternativa que contém o período cujas palavras estão grafadas corretamente:

a) Ele quiz analisar a pesquisa que eu realizei.
b) Ele quiz analizar a pesquisa que eu realizei.
c) Ele quis analisar a pesquisa que eu realizei.
d) Ele quis analizar a pesquisa que eu realisei.
e) Ele quis analisar a pesquisa que eu realisei.

Alternativa c: Ele quis analisar a pesquisa que eu realizei.

  • quis - escrevemos com S palavras que decorrem da conjugação do verbo querer.
  • analisar - quando se acrescenta o sufixo -ar nos verbos, os mesmos devem ser escritos com S.
  • pesquisa - a etimologia da palavra é escrita com S. Assim, "pesquisa" e palavras derivadas dela também são grafadas com S, tais como: pesquisador, pesquisado.
Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.