Ciclo do Fósforo

Lana Magalhães

O ciclo biogeoquímico do fósforo é mais simples comparado aos de outros elementos, como carbono e nitrogênio.

No ciclo do fósforo não há passagem desse elemento pela atmosfera.

O fósforo é o único macronutriente que não existe na atmosfera. É encontrado apenas em sua forma sólida nas rochas.

Apenas um composto de fósforo é importante para os seres vivos - o íon fosfato.

O ciclo do fósforo é importante pois influencia no crescimento e sobrevivência de seres vivos.

Etapas do Ciclo do Fósforo

O principal reservatório de fósforo na natureza são as rochas.

O ciclo tem início quando as rochas sofrem intemperismo e liberam o íon fosfato no solo.

Assim, esse composto pode ser carregado até os rios, oceanos e lagos ou incorporado por seres vivos.

Quando são aproveitados pelos seres vivos, podem retornar à natureza durante a decomposição da matéria orgânica.

As bactérias fosfolizantes atuam nesse processo e transformam o fósforo em um composto solúvel, que pode ser facilmente dissolvido na água.

O fósforo pode ser levado para rios, lagos e mares. Em ambientes aquáticos, o fósforo pode ser aproveitado pelos seres vivos ou sedimenta-se e ser incorporado às rochas em formação.

Com o passar do tempo, as rochas sofrem intemperismo e o ciclo recomeça.

Assim, o ciclo do fósforo pode ser diferenciado em dois aspectos relacionados a escalas de tempo:

  • Ciclo de tempo ecológico: ocorre em tempo relativamente curto. Acontece quando uma parte dos átomos de fósforo é reciclada entre o solo, plantas, animais e decompositores.
  • Ciclo de tempo geológico: ocorre durante um longo tempo. Acontece quando outra parte dos átomos de fósforo é sedimentada e incorporada às rochas.

Visão Geral do Ciclo do FósforoVisão Geral do Ciclo do Fósforo. O ciclo ocorre no ambiente terrestre e aquático.

Aprenda mais sobre os Ciclos Biogeoquímicos.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.