Fósforo


O fósforo é um elemento químico com símbolo P, número atômico 15, massa atômica 30,97. Pertence ao grupo 15 ou 5A e terceiro período da tabela periódica.

O seu nome deriva do latim phosphorus que significa luz brilhante, portador ou fonte de luz.

Informações sobre o fósforo
Características químicas do Fósforo

Características

O fósforo foi descoberto por Henning Brand em 1669, na Alemanha. Ele caracteriza-se por ser um metal e pertence ao mesmo grupo do nitrogênio na tabela periódica.

Ele não é encontrado isolado na natureza pelo fato de ser bastante reativo, estando presente no mineral apatita. Em sua forma pura consiste em uma substância semi transparente, de consistência mole, semelhante a uma cera e que brilha no escuro.

É um elemento que sofre oxidação espontânea em contato com o ar atmosférico.

O fósforo apresenta dez variedades alotrópicas, sendo as mais importantes o fosforo branco, vermelho e negro.

Aplicações

Uma conhecida utilização são os palitos de fósforos, mas vale lembrar que o fósforo encontra-se na parte exterior da caixa, na superfície onde se risca o palito. Enquanto isso, a ponta do palito com a coloração vermelha apresenta enxofre.

Outras utilizações do fósforo são:

  • Participa da composição de ligas metálicas.
  • Produção de fertilizantes.
  • O ácido fosfórico é um dos ingredientes dos refrigerantes a base de cola.
  • Participa da composição de produtos pirotécnicos.
  • Agente de limpeza que evita a corrosão de tubulações.

O fósforo ainda participa da formação das membranas celulares, moléculas de DNA e RNA e contração muscular. Também é encontrado em ossos e dentes.

Por isso, é um mineral importante para a saúde, sendo necessário incorporá-lo a nossa alimentação. Alguns alimentos ricos em fósforo são: leite e seus derivados, ovos, cereais e peixes.

Saiba mais, leia também:

Ciclo do Fósforo

O ciclo do fósforo é um dos mais simples da natureza. Ele é o único macronutriente que não existe na atmosfera, sendo encontrado apenas em sua forma sólida nas rochas. Porém, ele é importante pois contribui com a sobrevivência e crescimento dos seres vivos.

Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.