Tabela Periódica


Tabela Periódica
A Tabela Periódica é um modelo que agrupa todos os elementos químicos conhecidos e suas propriedades. Eles estão organizados em ordem crescente correspondente aos números atômicos (número de prótons).
1
H
2
He
3
Li
4
Be
5
B
6
C
7
N
8
O
9
F
10
Ne
11
Na
12
Mg
13
Al
14
Si
15
P
16
S
17
Cl
18
Ar
19
K
20
Ca
21
Sc
22
Ti
23
V
24
Cr
25
Mn
26
Fe
27
Co
28
Ni
29
Cu
30
Zn
31
Ga
32
Ge
33
As
34
Se
35
Br
36
Kr
37
Rb
38
Sr
39
Y
40
Zr
41
Nb
42
Mo
43
Tc
44
Ru
45
Rh
46
Pd
47
Ag
48
Cd
49
In
50
Sn
51
Sb
52
Te
53
I
54
Xe
55
Cs
56
Ba
57
La
72
Hf
73
Ta
74
W
75
Re
76
Os
77
Ir
78
Pt
79
Au
80
Hg
81
Tl
82
Pb
83
Bi
84
Po
85
At
86
Rn
87
Fr
88
Ra
89
Ac
104
Rf
105
Db
106
Sg
107
Bh
108
Hs
109
Mt
110
Ds
111
Rg
112
Cn
113
Uut
114
Fl
115
Uup
116
Lv
117
Uus
118
Uuo
58
Ce
59
Pr
60
Nd
61
Pm
62
Sm
63
Eu
64
Gd
65
Tb
66
Dy
67
Ho
68
Er
69
Tm
70
Yb
71
Lu
90
Th
91
Pa
92
U
93
Np
94
Pu
95
Am
96
Cm
97
Bk
98
Cf
99
Es
100
Fm
101
Md
102
No
103
Lr
Não metais
Gases nobres
Metais alcalinos
Metais alcalino-terrosos
Semimetais
Halogênios
Outros metais
Metais de transição
Lantanídeos
Actinídios

A Tabela Periódica é um modelo que agrupa todos os elementos químicos conhecidos e suas propriedades. Eles estão organizados em ordem crescente correspondente aos números atômicos (número de prótons).

No total, a nova Tabela Periódica possui 118 elementos químicos (32 naturais e 26 artificiais).

Cada quadrado especifica o nome do elemento químico, seu símbolo e seu número atômico.

Tabela Periódica

Nova Tabela Periódica completa e atualizada (clique para abrir em tamanho original)

Organização da Tabela Periódica

Os chamados Períodos são as linhas horizontais numeradas, que possuem elementos que apresentam o mesmo número de camadas eletrônicas, totalizando sete Períodos.

  • 1º Período: 2 elementos
  • 2º Período: 8 elementos
  • 3º Período: 8 elementos
  • 4º Período: 18 elementos
  • 5º Período: 18 elementos
  • 6º Período: 32 elementos
  • 7º Período: 32 elementos

As Famílias ou Grupos são as colunas verticais, no qual os elementos possuem o mesmo número de elétrons na camada mais externa, ou seja, na camada de valência. Muitos elementos destes grupos estão relacionados de acordo com suas propriedades químicas.

São dezoito Grupos (A e B), sendo que as famílias mais conhecidas são do Grupo A:

  • Família 1A: Metais Alcalinos (lítio, sódio, potássio, rubídio, césio e frâncio).
  • Família 2A: Metais Alcalino-Terrosos (berílio, magnésio, cálcio, estrôncio, bário e rádio).
  • Família 3A: Família do Boro (boro, alumínio, gálio, índio, tálio e ununtrio).
  • Família 4A: Família do Carbono (carbono, silício, germânio, estanho, chumbo e fleróvio).
  • Família 5A: Família do Nitrogênio (nitrogênio, fósforo, arsênio, antimônio, bismuto e ununpêntio).
  • Família 6A: Calcogênios (oxigênio, enxofre, selênio, telúrio, polônio, livermório).
  • Família 7A: Halogênios (flúor, cloro, bromo, iodo, astato e ununséptio).
  • Família 8A: Gases Nobres (hélio, neônio, argônio, criptônio, xenônio, radônio e ununóctio).

Os elementos de transição, também chamados de metais de transição, representam as 8 famílias do Grupo B:

  • Família 1B: cobre, prata, ouro e roentgênio.
  • Família 2B: zinco, cádmio, mercúrio e copernício.
  • Família 3B: escândio, ítrio e sério de lantanídios (15 elementos) e actinídeos (15 elementos).
  • Família 4B: titânio, zircônio, háfnio e rutherfórdio.
  • Família 5B: vanádio, nióbio, tântalo e dúbnio.
  • Família 6B: cromo, molibdênio, tungstênio e seabórgio.
  • Família 7B: manganês, tecnécio, rênio e bóhrio.
  • Família 8B: ferro, rutênio, ósmio, hássio, cobalto, ródio, irídio, meitnério, níquel, paládio, platina, darmstádio.

Tabela Periódica preto e branco

Tabela Periódica preto e branco

Clique na Tabela Periódica a preto e branco para ver a imagem em tamanho grande e fazer download

História da Tabela Periódica

A Tabela Periódica, ou seja, o modelo que conhecemos atualmente foi inventado pelo químico russo Dmitri Mendeleiev (1834-1907) no ano de 1869.

A finalidade fundamental era de facilitar a classificação, a organização e o agrupamento dos elementos conforme suas propriedades.

Muitos estudiosos já tentavam organizar estas informações e, portanto, muitos modelos anteriores foram apresentados.

Para elucidar, podemos citar o exemplo do químico francês, Antoine Lavoisier (1743-1794) ao estabelecer um agrupamento dos elementos químicos existentes no ano de 1789.

Com isso, ele apresentou uma lista com os 33 elementos químicos, divididos em substâncias simples, metálicas, não-metálicas e terrosas.

Depois dele, muitos outros químicos, cientistas e estudiosos, buscaram uma maneira mais eficaz de categorizar os elementos químicos.

Os estudiosos que merecem destaque são os químicos alemães: Johann Wolfgang Döbereiner (1782-1849), Leopold Gmelin (1788-1853), Julius Lothar Meyer (1830- 1895), Friedrich August Kekulé (1829-1896); o químico francês Jean-Baptiste Dumas (1800-1884); o químico inglês John Alexander Reina Newlands (1837-1898).

Todos eles, de alguma forma, contribuíram para as descobertas sobre os elementos químicos e suas classificações.

Curiosidades da Tabela Periódica

  • A União Internacional de Química Pura e Aplicada (em inglês: International Union of Pure and Applied Chemistry - IUPAC) é uma ONG (Organização não governamental) dedicada aos estudos e avanços da química. Mundialmente, o padrão estabelecido para a Tabela Periódica é recomendado pela Organização.
  • O Elemento Plutônio foi descoberto na década de 40, pelo químico estadunidense Glenn Seaborg. Ele descobriu todos os elementos transurânicos (do número atômico 94 até 102) e ganhou o Prêmio Nobel em 1951.
  • O elemento 106, descoberto recentemente, leva o nome de Seabórgio em homenagem ao químico Glenn Theodore Seaborg (1912-1999).
  • Em 2016, novos elementos químicos da tabela foram oficializados: Tennessine (Ununséptio), Nihonium (Ununtrio), Moscovium (Ununpêntio) e Oganesson (Ununóctio).

Leia também: