Demais ou De Mais

Márcia Fernandes

Demais é, na maior parte das vezes, advérbio de intensidade, mas também pode ser substantivo ou adjetivo.

De mais também existe. É uma expressão que tem o sentido equivalente a “de menos”. E ademais, existe ou não?

Demais

1. A palavra demais é empregada como advérbio de intensidade com o sentido de muito.

Exemplos:

  • Ele serviu demais.
  • Levantaram-se tarde demais.
  • Molhou-se demais.
  • Éramos crianças demais.

2. Demais também pode ser empregada como substantivo.

Exemplos:

  • Coube aos demais absorver aquele acontecimento.
  • Quanto aos demais, que se acostumem às novas regras.
  • Os demais lavam o quintal.
  • Servirei peixe aos demais.

3. Demais, finalmente, pode ser adjetivo ou pronome indefinido no sentido de "os outros".

Exemplos:

  • Os demais membros da família ainda não foram comunicados sobre o ocorrido.
  • Por que eu tenho que ir com os demais alunos?
  • Não quero ficar os demais livros.
  • Os demais funcionários decidiram não fazer greve.

De Mais

A expressão "de mais" refere-se a um substantivo ou a um pronome e tem o sentido contrário de "de menos".

Exemplos:

  • Não vejo nada de mais nessa gravura.
  • Aquele vestido não tinha nada de mais.
  • Uns falam de mais, outros de menos.
  • Acham que falei de mais?

Ademais

Ademais é um advérbio que tem o mesmo sentido de “além disso”.

Exemplos:

  • Acho que você deveria aproveitar porque não está chovendo. Ademais, pode não ter tempo para sair amanhã.
  • Fazemos as compras hoje, ademais estamos perto do supermercado.
  • Não tem com o que se preocupar, ademais, eu estou aqui para o que precisar.
  • Fui mal atendida! Ademais, estava cheia de dores de cabeça.

Não erre mais!

  • Demais = muito, os outros.
  • De mais = “de menos”.
  • Ademais = além disso.

Leia também:

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.