Dicotiledôneas

Lana Magalhães

As dicotiledôneas são plantas angiospermas que possuem dois cotilédones na semente.

Em plantas dicotiledôneas, os cotilédones armazenam as substâncias necessárias para o seu desenvolvimento.

Dicotiledôneas e Eudicotiledôneas

No sistema de classificação antigo, as plantas angiospermas eram divididas em monocotiledôneas e dicotiledôneas.

Atualmente, as angiospermas estão divididas em três grupos: monocotiledôneas, eudicotiledôneas e dicotiledôneas basais.

As dicotiledôneas basais correspondem a apenas 3% do total das angiospermas. Além disso, apresentam traços mais primitivos e são consideradas remanescentes do grupo que originou as monocotiledôneas e eudicotiledôneas.

Características das Dicotiledôneas

Flor: Como se diferencia as flores em plantas monocotiledôneas e dicotiledôneas?. As flores de monocotiledôneas são trímeras. Enquanto, as dicotiledôneas apresentam flores dímeras, tetrâmeras ou pentâmeras.

Flor Tetrâmera
Flor tetrâmera de uma dicotiledônea

Folhas: Folhas com nervuras reticuladas ou em forma de pena (reticulinérvias ou peninérvias). Em monocotiledôneas, as nervuras são paralelas.

Caule: Disposição cilíndrica dos vasos condutores de seiva no caule. Nas monocotiledôneas, os feixes libero-lenhosos são espalhados.

Raiz: Raiz pivotante ou axial. Em monocotiledôneas, a raiz é fasciculada.

Exemplos de Dicotiledôneas

São exemplos de dicotiledôneas: feijão, amendoim, soja,pau-brasil, ipê, peroba, mogno, cerejeira, abacateiro, acerola, roseira, pereira, macieira, algodoeiro, café, margarida, cactos e vitória-régia.

Saiba mais sobre as Angiospermas.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.