DNA recombinante


São moléculas de DNA produzidas a partir da combinação de sequências de DNA proveniente de diferente fontes.

A técnica central da metodologia do DNA recombinante é a clonagem molecular.

A tecnologia do DNA recombinante é um conjunto de técnicas que permitem a manipulação do DNA.

As enzimas de restrição

As enzimas de restrição são fundamentais para a manipulação do DNA.

Para que o DNA recombinante seja originado é necessária a ação das enzimas de restrição.

Denominadas de endonucleases de restrição. São enzimas bacteriana que reconhecem sequências de pares de bases específicas na molécula de DNA e as cortam nesses pontos.

Pode-se dizer que são “tesouras moleculares”.

Como o DNA recombinante é produzido?

A obtenção do DNA recombinante baseia-se na técnica de clonagem molecular.

O processo pode ser resumido do seguinte modo:

O primeiro passo é isolar um fragmento de DNA, que contém o gene de interesse. Lembre-se que cada gene origina uma proteína.

O gene de interesse, agora isolado, é colocado em um meio com um fragmento de DNA bacteriano circular, o plasmídio e as enzimas de restrição.

O plasmídio bacteriano possui sua capacidade de inserir um fragmento de DNA externo ao seu próprio genoma.

As enzimas de restrição vão cortar uma determinada região do plasmídeo, onde será ligado ao fragmento de DNA de interesse.

O fragmento de DNA isolado irá unir-se com o DNA bacteriano, através das enzimas de ligação, ligases.

Nesse momento, é originado o DNA recombinante.

O próximo passo é introduzir o DNA recombinante em bactérias vivas ou diretamente em meio de cultura com as mesmas.

Após a incorporação do DNA recombinante, as bactérias serão capazes de produzir um nova proteína, conforme os genes do fragmento de DNA isolados inicialmente.

Saiba mais sobre a Clonagem.

A tecnologia do DNA recombinante e suas aplicações

  • Contribuição para estudos genômicos;
  • Transgênicos;
  • Produção de medicamentos e enzimas;
  • Produção de diversas proteínas, como o hormônio de crescimento e a insulina;
  • Criação de vacinas sintéticas.

Saiba mais, leia também:

Engenharia Genética
Terapia Gênica