Mutação

Lana Magalhães

A mutação pode ser definida como qualquer alteração no material genético de um organismo.

Essa alteração pode ocasionar uma mudança correspondente no fenótipo do indivíduo.

As mutações podem ocorrer de forma espontânea ou de forma induzida.

De forma espontânea, ocorre devido a erros na replicação do DNA. E de forma induzida, quando o organismo é exposto a um agente mutagênico, como a radiação.

As mutações podem ocorrer em células somáticas ou germinativas.

Tipos de Mutação

As mutações podem ser de dois tipos: gênica ou cromossômica.

Mutação Gênica

A mutação gênica é caracterizada por alterações do código de bases nitrogenadas do DNA, que originam novas versões dos genes. Essa condição pode produzir novas características nos portadores da mutação.

Na mutação gênica pode ocorrer substituição, eliminação ou inserção de uma ou várias bases na cadeia de DNA.

Tipos de mutações gênicas por:

  • Substituição: ocorre a troca de um ou mais pares de bases;
  • Inserção: quando uma ou mais bases são adicionadas ao DNA, modificando a ordem de leitura da molécula durante a replicação ou a transcrição.
  • Deleção: ocorre quando uma ou mais bases são retiradas do DNA, modificando a ordem da leitura, durante a replicação ou a transcrição.

A mutação gênica pode, ainda, ser do tipo silenciosa. Essa mutação ocorre quando a substituição de um determinado nucleotídeo do DNA não provoca alterações nos aminoácidos sintetizados.

Mutação Cromossômica

A mutação cromossômica refere-se a qualquer alteração no número ou estrutura dos cromossomos.

A mutação cromossômica pode ser de dois tipos:

Mutações numéricas: podem ser classificadas em aneuploidias e euploidias. Também chamadas de aberrações numéricas.

  • Aneuploidia ocorre quando há perda ou acréscimo de um ou mais cromossomos, devido a erros na distribuição dos cromossomos durante a mitose ou meiose. Este tipo de mutação é responsável por causar distúrbios e doenças em humanos,como a Síndrome de Down, Síndrome de Turner e Síndrome de Klinefelter.
  • Euploidia ocorre quando há perda ou acréscimo de genomas completos. Surge quando os cromossomos se duplicam e a célula não se divide. Neste tipo de mutação podem ser formados indivíduos triplóides (3n), tetraplóides (4n), entre outros casos de poliploidia.

Mutações estruturais: São alterações que afetam a estrutura dos cromossomos, ou seja, o número ou o arranjo dos genes nos cromossomos.

Podem ser classificadas em alguns tipos:

  • Deficiência ou deleção: quando falta um pedaço ao cromossomo;
  • Duplicação: quando o cromossomo tem um pedaço repetido;
  • Inversão: quando o cromossomo tem um pedaço invertido;
  • Translocação: quando um cromossomo tem um pedaço proveniente de um outro cromossomo.

Leia também sobre Variabilidade Genética.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.