Genghis Khan

Juliana Bezerra

Genghis Khan foi um guerreiro e político mongol que expandiu seu território da Ásia até a Europa.

A lenda fez do soberano o próprio sinônimo do déspota sanguinário, assassino impiedoso, mas que deve ser lembrado também pela proeza de unificar os mongóis.

Seu nome pode ser gravado tanto como Genghis Khan como Gengis Khan.

Biografia

Imagem de Genghis Khan
Imagem de Genghis Khan

Genghis Khan nasceu na Mongólia, no ano de 1162. Filho de Iasugai, chefe da tribo dos kiyata-borjigin, seu nome verdadeiro era Temujin. Ficou órfão aos treze anos de idade e se viu abandonado pelas tribos que obedeciam a seu pai.

Em 1179, Temujin casa-se com Borte, de quem era noivo desde os nove anos de idade. Por volta de 1189, a tribo dos Merkitas saqueou o acampamento do clã dos Borjigins e tomou a mulher de seu membro ilustre.

O marido ultrajado resolveu se vingar, fez aliança com outra tribo, lançou-se à luta e venceu. Retomou sua esposa, ganhou prestígio e foi nomeado chefe da tribo.

Também mudou de nome, de Temujin para Genghis, que significa em língua mongol, guerreiro perfeito.

Em 1192, Genghis atacou e venceu os tártaros. Ganhou a simpatia da dinastia Chin que reinava na China Setentrional, ou seja, ao sul das terras mongóis e que também era ameaçada pelos tártaros.

Dominadas pouco a pouco todas as tribos mongóis, Genghis decidiu legalizar seu poder. Em 1206 reuniu um grande kurultai - assembleia geral das famílias nobres dessas tribos - que o proclamou chefe supremo, Khan.

Genghis Khan sentia-se como executor de uma missão divina "Um único sol no céu, um único soberano na terra", costumava dizer sobre si mesmo.

Transformou a força militar dos mongóis num verdadeiro exército nacional. Reuniu os códigos de leis das diferentes tribos numa só constituição, o Jasak. E julgou chegada a hora da expansão.

Conquistas Militares

Eexpansão do Império Mongol sob comando de Genghis Khan
Máxima expansão do Império Mongol sob comando de Genghis Khan

A primeira meta, dizia Genghis Khan, era "cuspir para o Sul", ou seja, atacar a China. A Grande Muralha barrava-lhes o caminho.

A luta começou em 1211, os mongóis devastando os campos da China, os chineses resistindo dentro das cidades fortificadas.

Os soldados foram divididos em três exércitos, que atacaram em pontos diferentes, quebrando as linhas de defesa dos chineses.

Matando e saqueando, conquistaram o norte da China, depois de dois anos, carregando os tesouros imperiais. Pequim ficou fora da conquista, porém por pouco tempo.

Em 1215, lançou nova expedição contra Pequim, o próprio Imperador chinês fugiu e destruiu a cidade, deixando aí seis generais de confiança.

Em 1218, conquistou o Tajiquistão, e no ano seguinte, a Pérsia. Entre uma vitória e outra Genghis Khan fundou a cidade de Karakorum, que se tornaria capital de suas imensas possessões.

Até então Genghis Khan havia limitado suas ambições à Ásia Oriental. Em 1219 iniciou sua travessia das grandes cadeias montanhosas que isolavam os povos da Ásia Central e Oriental das civilizações da Ásia Ocidental.

Kwarizam (que hoje corresponde ao Irã e Afeganistão) foi tomada de surpresa. Depois seguiu para outros centros muçulmanos como Otrar, Bocara, Samarcanda, Merv, Nichapur e Herat.

Herança

Genghis Khan foi o maior governante do seu tempo e controlou um território onde coexistiam diferentes etnias e religiões. Tornou-se o único senhor de um império que se estendeu da China ao Golfo Pérsico, dos desertos gelados da Sibéria às florestas indianas.

No entanto, durante suas campanhas militares matou milhões de muçulmanos, cristãos e budistas.

Em 1221, Genghis Khan volta à Mongólia. No dia 18 de agosto de 1227, depois de uma batalha no sul da Ásia, Genghis Khan morre aos 66 anos no auge do seu poder. Ainda hoje não se sabe se ele foi ferido durante a guerra, adoeceu ou mesmo foi envenenado por alguma intriga palaciana.

Em local indeterminado, junto às montanhas sagradas dos Borjigin, foi enterrado o Imperador Oceânico.

Seus títulos eram: soberano supremo dos mongóis, Grande Matador, Guerreiro Perfeito, Senhor de Tronos e Coroas, Imperador de Todos os Homens – e claro, Genghis Khan.

A expansão do Império mongol continuou durante o reinado do seu filho, Ögedei. O território permaneceu intacto até a ascensão do seu neto, Kublai Khan, que foi o primeiro imperador não chinês a reinar na China.

Entretanto, as desavenças internas acabaram por dividir e enfraquecer o Império fundado por Genghis Khan.

Curiosidades

Estátua de Genghis Khan
Estátua de Genghis Khan às margens do rio Tuul em Tsonjin Boldog
  • É provável que Genghis Khan tenha tomado poucos banhos na vida. Os mongóis acreditavam que se lavar nos rios iria irritar os dragões com a sujeira. Por isso, não se lavavam e tampouco o faziam com suas roupas.
  • Calcula-se que Genghis Khan seja o pai biológico de 5% da população asiática.
  • Implacável com seus inimigos, Genghis Khan invadiu e prendeu o governador de uma cidade que havia roubado e matado seus emissários. Quando chegou à cidade, mandou que ele fosse morto jogando prata derretida em seus olhos e sua boca. Este método foi recuperado em um dos episódios da série Guerra de Tronos.
  • Gengis Khan ganhou em 2008 uma homenagem à altura dos seus feitos: uma estátua equestre de 40 metros de altura e 250 toneladas de peso feita em aço inoxidável.

Frases

  • Eu sou um castigo de Deus. E se você não cometeu grandes pecados, Deus não teria enviado um castigo como eu.
  • Se você tem medo não o faça, se você o está fazendo não tenha medo!
  • Sem a visão de um objetivo um homem não pode gerir a sua própria vida, e muito menos a vida dos outros.
  • O prazer e a alegria do homem consistem em esmagar o rebelde e conquistar o inimigo, em arrancá-lo pela raiz e tomar dele tudo que ele pertence.

Filmes

  • O Guerreiro Genghis Khan, Sergei Brodov. 2007.
  • Genghis Khan, Andrei Borissov. 2009.
  • Genghis Khan – O Imperador do Medo, Shinichirô Sawai. 2007
  • Genghis Khan, Ken Annakin.1992.
  • Gengis Khan. Henry Levin. 1965.

Leia mais:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.