Questões sobre a Independência do Brasil

Juliana Bezerra

A independência do Brasil é um dos temas centrais para entender a nossa história.

Por isso é um dos assuntos mais cobrados nas provas da escola, ENEM e vestibulares.

Pensando nisso preparamos uma série de 10 exercícios com o gabarito comentado para você testar seus conhecimentos neste conteúdo. Bom estudo!

Nível fácil

Questão 1

Um dos fatos que fizeram o processo de independência do Brasil ser diferente das demais nações da América hispânica foi:

a) A vinda Família Real portuguesa para o Brasil.
b) As guerras napoleônicas na Europa.
c) As ideias iluministas surgidas na França.
d) A crise do sistema colonial

Alternativa correta: A vinda Família Real portuguesa para o Brasil

A chegada da Família Real portuguesa ao Brasil alterou o cenário da política colonial. Devido a existência de um governo centralizado várias revoltas foram contidas e a colônia acabaria sendo elevada a categoria de Reino Unido, em 1815.

As demais alternativas estão erradas, pois também influenciaram na independência das demais colônias da América.

Questão 2

A expansão do Império napoleônico refletiu diretamente na independência do Brasil, pois:

a) Portugal apoiou a Inglaterra e foi obrigado a lutar ao seu lado contra Bonaparte, deixando as colônias abandonadas.
b) Napoleão Bonaparte invadiu Portugal, a Família Real portuguesa foi para o Brasil e assim, os brasileiros ganharam mais vantagens comerciais.
c) As batalhas napoleônicas mudaram o mapa europeu fazendo com que Portugal modernizasse seu exército e se fortalecesse.
d) Os franceses invadiram Portugal e ajudaram os brasileiros a lutar contra Dom João VI.

Alternativa correta: b) Napoleão Bonaparte invadiu Portugal, a Família Real portuguesa foi para o Brasil e assim, os brasileiros ganharam mais vantagens comerciais.

Com a invasão napoleônica, a sede do governo português mudou-se para o Rio de Janeiro e ali foi decretada a abertura dos portos que permitiu aos brasileiros comercializar com todo o mundo.

a) ERRADA. Portugal estava ao lado da Inglaterra, mas não precisou lutar ao seu lado contra Napoleão.
c) ERRADA. Portugal não modernizou seu exército a partir das guerras napoleônicas.
d) ERRADA. Os franceses invadiram Portugal, mas não ajudaram os brasileiros lutar contra os portugueses.

Questão 3

Durante as discussões pela independência do Brasil, o iluminismo foi uma das correntes filosóficas que influenciou este processo.

Assinale a alternativa que expresse a influência do Iluminismo na independência do Brasil.

a) O iluminismo não teve muita influência no Brasil, pois imperava uma forte censura na colônia portuguesa.
b) O movimento ilustrado foi essencial para a elaboração da Constituição de 1824 que previa um poder exclusivo para o Imperador, o Poder Moderador.
c) As ideias iluministas serviram de ponto de partida para a abolição da escravidão ocorrida logo após a independência.
d) A defesa das noções de liberdade entre os seres humanos e igualdade entre todas as pessoas e nações.

Alternativa correta: d) A defesa das noções de liberdade entre os seres humanos e igualdade entre todas as pessoas e nações.

As ideias iluministas deram a base ideológica para a elite brasileira pensar na possibilidade de se separar de Portugal, pois o sistema colonial era incompatível com a Ilustração.

a) ERRADA. Embora houvesse censura, as ideias iluministas chegavam ao Brasil através de livros contrabandeados.
b) ERRADA. O Poder Moderador não é inspirado nas ideias iluministas, que só previam três poderes para o governo: Judiciário, Executivo e Legislativo.
c) ERRADA. As ideias iluministas sim foram a inspiração para a abolição da escravidão, mas esta só ocorreria em 1889 e não após a independência.

Nível médio

Questão 4

Observe atentamente o quadro de Pedro Américo, “Independência ou Morte”.

Dom Pedro I com a espada para o alto lança o grito de independência cercado por sua guarda pessoal
Independência ou Morte, Pedro Américo, 1888. Museu Paulista, São Paulo

Assinale a alternativa correta sobre esta obra:

a) A pintura exalta a figura de Dom Pedro I como o único protagonista do processo emancipatório brasileiro.
b) A obra não teve nenhuma importância na construção do imaginário brasileiro, ao permanecer oculta durante quase todo o século XX.
c) A função do quadro era apenas decorativa, pois se tratava de uma encomenda de Dom Pedro II para conservar a memória do pai.
d) A pintura é extremamente fantasiosa, pois o dito fato, na realidade, não ocorreu.

Alternativa correta: a) A pintura exalta a figura de Dom Pedro I como o único protagonista do processo emancipatório brasileiro.

O quadro de Pedro Américo coloca Dom Pedro I como personagem central da Independência do Brasil, omitindo as diferenças dos projetos emancipatórios e nomes como José Bonifácio ou a princesa dona Leopoldina.

b) ERRADA. A obra é uma das que mais influenciou o imaginário brasileiro, pois foi reproduzida em todos os livros didáticos de história do país.
c) ERRADA. O quadro foi uma homenagem de Dom Pedro II ao pai, o que está expresso na composição onde Dom Pedro I ocupa o centro da pintura. No entanto, não era apenas decorativo, pois expressava uma visão particular da independência.
d) ERRADA. O fato ocorreu e há vários testemunhos escritos que o descrevem.

Questão 5

O historiador Sérgio Buarque aponta que "... a elevação da antiga Colônia à dignidade de reino foi, por outro lado, o reconhecimento de uma situação de fato. (...) um ato político no sentido amplo (... ) . Sentimento de tal ordem - que, além de assegurar a administração tranquila, permitia que se forjassem planos imperialistas na direção do Prata e mesmo se reavivassem sonhos de uma amplitude continental - havia de prender a Coroa ao Brasil, e o Brasil à Monarquia."

(http://www.multirio.rj.gov.br/historia/modulo02/elevacao_brasil.html consultado 21.07.2020)

Segundo o texto, a elevação do Brasil a Reino Unido foi essencial para o país:

a) Abrir passo para a formação de um grande reino luso-americano e africano.
b) Reconhecer que os brasileiros eram superiores e concluir definitivamente a mudança da capitalidade portuguesa para o Brasil.
c) Empreender várias guerras de conquistas territoriais contra seus vizinhos.
d) Ter o direito de mandar deputados para as cortes em Lisboa e igualdade jurídica com Portugal.

Alternativa correta: d) Ter o direito de mandar deputados para as cortes em Lisboa e igualdade jurídica com Portugal.

a) ERRADA: As colônias portuguesas da África não fizeram parte desta união.
b) ERRADA. A elevação do Brasil a Reino Unido cumpria uma exigência burocrática do Congresso de Viena.
c) ERRADA. Nenhuma guerra foi travada contra os vizinhos por conta deste fato.

Questão 6

Na primeira metade do século XIX, as colônias de Portugal e da Espanha, na América, proclamam a independência em relação à metrópole. Assinale a opção que mostra a diferença sobre a consequência deste processo:

a) As colônias hispanas foram ajudadas pelos Estados Unidos e adotaram o pensamento liberal protestante após a separação da Espanha.
b) O processo de emancipação brasileira foi inteiramente pacífico, enquanto na América espanhola se verificam guerras que ceifaram boa parte da população.
c) As colônias hispânicas adotaram o regime republicano enquanto o Brasil se tornou uma monarquia constitucional.
d) Após a independência das colônias hispânicas, os ex-escravos conseguiram maior participação social, mas no Brasil, o regime de trabalho escravo permaneceu.

Alternativa correta: c) As colônias hispânicas adotaram o regime republicano enquanto o Brasil se tornou uma monarquia constitucional.

A grande diferença entre os países da América do Sul, após a independência, foi a escolha do regime político que foi adotado pelas novas nações. O Brasil adotou a monarquia constitucional, enquanto a república presidencialista foi a escolha das ex-colônias hispano-americanas.

a) ERRADA: As colônias hispanas não foram ajudadas pelos Estados Unidos e nem adotaram uma postura liberal.
b) ERRADA. Houve lutas para expulsar as tropas portuguesas no Brasil.
d) ERRADA. Os libertos, na América hispânica, não conseguiram representatividade na política, após abolida a escravidão.

Questão 7

(Enem/2010) Leia o texto:

“Eu, o Príncipe Regente, faço saber aos que o presente Alvará virem: que desejando promover e adiantar a riqueza nacional, e sendo um dos mananciais dela as manufaturas e a indústria, sou servido abolir e revogar toda e qualquer proibição que haja a este respeito no Estado do Brasil”.

(Alvará de liberdade para as indústrias (1º de Abril de 1808). In: Bonavides, P.; Amaral, R. Textos políticos da História do Brasil. Vol. 1. Brasília: Senado Federal, 2002 (adaptado).

O projeto industrializante de D. João, conforme expresso no alvará, não se concretizou. Que características desse período explicam esse fato?

a) A ocupação de Portugal pelas tropas francesas e o fechamento das manufaturas portuguesas.
b) A dependência portuguesa da Inglaterra e o predomínio industrial inglês sobre suas redes de comércio.
c) A desconfiança da burguesia industrial colonial diante da chegada da família real portuguesa.
d) O confronto entre a França e a Inglaterra e a posição dúbia assumida por Portugal no comércio internacional.
e) O atraso industrial da colônia provocado pela perda de mercados para as indústrias portuguesas.

Alternativa correta: A dependência portuguesa da Inglaterra e o predomínio industrial inglês sobre suas redes de comércio.

Os produtos manufaturados ingleses chegavam ao Brasil muito baratos e, portanto, não valia a pena produzir nada no país, pois não seria lucrativo. Desta forma, a industrialização brasileira não conseguiu despontar neste momento.

a) ERRADA: A ocupação de Portugal pelas tropas francesas não tem a ver com o processo de industrialização do Brasil.
c) ERRADA. Não havia uma burguesia industrial na colônia.
d) ERRADA. Portugal, a partir de 1807, não teve mais posições dúbias em relação ao conflito europeu, escolhendo estar ao lado de sua velha aliada, a Inglaterra.
e) ERRADA. Não havia tantas indústrias em Portugal e nem a produção da colônia era destinada à estas indústrias.

Nível difícil

Questão 8

Leia os textos abaixo:

I. A Batalha do Pirajá foi um grande marco na luta pela independência na Bahia. Em 8 de novembro de 1822, as tropas brasileiras impediram o avanço lusitano para o interior do estado, impondo uma derrota militar e política às forças portuguesas.

II. “Nasce o sol a 2 de julho/ Brilha mais que no primeiro/ É sinal que neste dia/ Até o sol é brasileiro” (Hino da Bahia)

(Independência da Bahia: A consolidação do nacionalismo e o surgimento de novos heróis da Pátria.Noticiário do Exército, 02.07.2019.)

Ambos os trechos contradizem um dos mitos sobre a independência do Brasil. Assinale o trecho que expressa esta questão corretamente:

a) A tensão em escolher o 7 de setembro, 2 de julho ou 8 de novembro como a data magna emancipação do Brasil.
b) A Independência do Brasil foi um processo pacífico destituído de lutas militares em todo território brasileiro.
c) Todos os envolvidos na independência do Brasil concordavam nos aspectos políticos e econômicos da situação.
d) Portugal tentou recuperar o território brasileiro pela via pacífica e não militar.

Alternativa correta: b) A Independência do Brasil foi um processo pacífico destituído de lutas militares em todo território brasileiro.

Um dos mitos da independência brasileira é que não houve lutas em território nacional. No entanto, várias tropas portuguesas se rebelaram e só foram contidas um ano depois da proclamação formal da emancipação política. Ambos os trechos - o relato e o hino - remetem a este tema. Portanto, as demais alternativas estão incorretas.

Questão 9

O reconhecimento da independência do Brasil por Portugal foi selado pelo Tratado do Rio de Janeiro, em 1825, que dizia:

Art. 6.º – Toda a propriedade de bens de raiz, ou móveis, e ações, sequestrados, ou confiscados, pertencentes aos súbditos de ambos os soberanos, de Portugal e do Brasil, serão logo restituídos, assim como os seus rendimentos passados, deduzidas as despesas de administração, seus proprietários indenizados reciprocamente pela maneira declarada no art. 8.º

Art. 7.º – Todas as embarcações e cargas apresadas, pertencentes aos súbditos de ambos os soberanos, serão semelhantemente restituídas ou seus proprietários indenizados.

Estes problemas foram resolvidos:

a) Pela mediação da França e com empréstimos cedidos por este país.
b) Através do pagamento de uma indenização a Portugal com créditos cedidos pela Inglaterra.
c) Com uma sangrenta guerra entre Portugal e Brasil.
d) Numa disputa internacional que somente seria resolvida com a intervenção dos Estados Unidos.

Alternativa correta: b) Através do pagamento de uma indenização a Portugal com créditos cedidos pela Inglaterra.

Para consolidar a independência do Brasil, o governo pagou uma indenização a Portugal. Contudo, como não havia fundos disponíveis, o país precisou pegar um empréstimo com a Inglaterra para saldá-lo.

a) ERRADA: A França não interferiu nas negociações entre Portugal e o Brasil.
c) ERRADA. Houve guerra entre Brasil e Portugal, mas não para resolver os problemas relatados nos artigos.
d) ERRADA. Os Estados Unidos não fizeram nenhuma mediação entre o Brasil e Portugal.

Questão 10

Sobre a Independência do Brasil é correto afirmar:

a) a independência do Brasil se faz com ativa participação popular, praticamente impulsionada pelo povo.
b) estimulou a criação de várias comunidades autônomas que foram legitimadas através da Constituição de 1824.
c) a elite agrária, defensora do liberalismo político, lutava não apenas pela emancipação política, mas também a implantação de uma república.
d) o projeto vencedor contemplava a manutenção da escravidão, a separação entre Brasil e Portugal e a continuidade de Dom Pedro no trono.

Alternativa correta: d) o projeto vencedor contemplava a manutenção da escravidão, a separação entre Brasil e Portugal e a continuidade de Dom Pedro no trono.

A independência do Brasil foi fruto de uma aliança entre a elite agrária, que manteve seus privilégio e Dom Pedro I, que recebeu o trono do novo país.

a) ERRADA: Não houve grande participação popular no processo de emancipação do Brasil.
b) ERRADA. Todas as tentativas de independências regionais foram vencidas pelo governo central.
c) ERRADA. A elite agrária não lutava pela implantação de uma república na época da independência.

Tem mais textos sobre o assunto para você:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.