Locução Prepositiva

Daniela Diana

Locução prepositiva é a denominação do conjunto de duas ou mais palavras com valor de preposição. A última dessas locuções é sempre uma preposição.

Exemplos de Locução Prepositiva:

Abaixo de,
Ao lado de,
Dentro de,
Em frente a,
Junto a,
Por causa de,
Acerca de,
A respeito de,
Embaixo de,
Ao redor de,
Junto de,
Por cima de,
Acima de,
De acordo com,
Graças a,
Perto de,
Por trás de,

Preposição

Já a preposição é a palavra invariável que estabelece vínculo entre dois termos da oração, subordinado um ao outro. O termo que antecede a preposição é denominado regente, subordinante ou antecedente. Dessa maneira, o termo que sucede é denominado regido, subordinado ou consequente.

A preposição liga duas orações a um período, subordinando-as. Quando isso ocorre, são chamadas de orações subordinadas.

Saiba mais sobre Orações Subordinadas.

Classificação das Preposições

As preposições classificam-se em essenciais e acidentais. Preposições essenciais são aquelas que atuam sempre como preposições.

São elas: a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, por, perante, por sem, sob, sobre, trás.

Atenção:

É preciso ficar atento para não confundir a preposição (a) com o artigo definido (a). A preposição é invariável, enquanto o artigo e o pronome flexionam conforme o termo a que se referem.

Preposições acidentais são as palavras que, não sendo efetivamente preposições, podem funcionar como tal:

Como - na qualidade de
Conforme - de acordo com
Consoante - de acordo com
Exceto
Fora,
Mediante,
Não obstante,
Salvo,
Segundo - no sentido de conforme,
Senão,
Tirante,
Visto - no sentido de por,

Combinação e Contrações

Quando várias preposições se ligam de outras classes gramaticais e passam a constituir um único vocábulo são chamadas Combinação e Contração.

A combinação ocorre quando a preposição, unida a outra palavra, mantém os fonemas: o, os: ao, aos

Ocorre contração quando a preposição, ao unir-se a outra palavra, sofre modificações em sua estrutura fonética. As preposições e em, por exemplo, foram contrações com artigos e diversos pronomes:

Do - dos,
Da - das,
Num- num,
Numa - numas,
Disto - disso,
Daquilo,
Naquele, naquela, naquelas,

As formas pelo, pelos, pela pelas resultam da contração da preposição per com os artigos definidos.

Crase

A contração da preposição a com os artigos ou pronomes demonstrativos a, as ou com o a inicial dos pronomes aquele, aqueles, aquela, aquelas, aquilo recebe o nome de crase (denominação a toda contração com vogais idênticas) e é assinada com o acento grave (`).

À, às, àquele, àqueles, àquela, àqueles, àquilo.

Há crase nas locuções adverbiais, locuções prepositivas e locuções conjuntivas.

Exemplos:

Nas locuções adverbiais a crase ocorre em: às cegas, às claras, à toa, às pressas, às vezes, às escâncaras, à esquerda, à direita, à força, à tarde, à noite, etc...

Fez tudo às claras.

Partiu às pressas.

Nas locuções prepositivas a crase ocorre em: à roda de, à beira de, à espera de, à cata de, à vista de, à semelhança de, à guisa de, à razão de, etc...

Encontrei-o à beira da falência.

Permaneceu à espera de outra chamada.

Nas locuções conjuntivas: à medida que, à proporção que.

À medida que anoitecia, aumentava-lhe o medo.

À proporção que falava, surgiram-lhe novas ideias.

Leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.