Metabolismo Celular

Lana Magalhães

O metabolismo celular é um conjunto de reações químicas de um organismo que objetivam a produção de energia para o funcionamento das células.

Além da produção de energia, durante o metabolismo celular também existe a síntese de intermediários que participam de reações químicas, como lipídios, aminoácidos, nucleotídeos e hormônios. Por isso, o metabolismo celular é fundamental para a sobrevivência dos organismos.

O metabolismo celular é dividido em anabolismo e catabolismo.

O anabolismo compreende as reações de armazenamento de energia, ocorrendo a síntese de compostos. É a fase sintetizante do metabolismo.

O catabolismo compreende as reações de liberação de energia, a partir da decomposição de moléculas. É a fase degradativa do metabolismo.

ATP, a moeda energética das células

O ATP (Adenosina Trifosfato) é a molécula responsável pela captação e armazenamento de energia. Ela está envolvida na reações energéticas que ocorrem nas células.

A principal forma de obter ATP é através da glicose. As células quebram moléculas de glicose para produzir energia na forma de ATP. Através da glicólise, a glicose é quebrada ao longo de dez reações químicas que geram duas moléculas de ATP como saldo.

Saiba mais:

Fotossíntese e Respiração

A fotossíntese e a respiração são os processos mais importantes de transformação de energia dos seres vivos.

A fotossíntese é uma ação físico-química que ocorre a nível celular. Ocorre em seres clorofilados, que a partir do dióxido de carbono, água e luz, obtém a glicose.

A respiração celular é o processo da formação do ATP através da oxidação, utilizando o oxigênio como agente oxidante. Durante o processo, acontecem reações de quebra das ligações entre as moléculas liberando energia. Pode ser realizado de duas formas: a respiração aeróbica (na presença do gás oxigênio do ambiente) e a respiração anaeróbica (sem o oxigênio).

Para saber mais sobre as reações energéticas nas células, leia também:

Ciclo de Krebs;
Fosforilação Oxidativa;
Fermentação;
Metabolismo energético

Exercícios

1. (PUC - RJ-2007) São processos biológicos relacionados diretamente a transformações energéticas celulares:

a) respiração e fotossíntese.
b) digestão e excreção.
c) respiração e excreção.
d) fotossíntese e osmose.
e) digestão e osmose.

a) respiração e fotossíntese.

2. (ENEM 2009) A fotossíntese é importante para a vida na Terra. Nos cloroplastos dos organismos fotossintetizantes, a energia solar é convertida em energia química que, juntamente com água e gás carbônico (CO2), é utilizada para a síntese de compostos orgânicos (carboidratos). A fotossíntese é o único processo de importância biológica capaz de realizar essa conversão. Todos os organismos, incluindo os produtores, aproveitam a energia armazenada nos carboidratos para impulsionar os processos celulares, liberando CO2 para a atmosfera e água para a célula por meio da respiração celular. Além disso, grande fração dos recursos energéticos do planeta, produzidos tanto no presente (biomassa) como em tempos remotos (combustível fóssil), é resultante da atividade fotossintética.

As informações sobre obtenção e transformação dos recursos naturais por meio dos processos vitais de fotossíntese e respiração, descritas no texto, permitem concluir que:

a) o CO2 e a água são moléculas de alto teor energético.
b) os carboidratos convertem energia solar em energia química.
c) a vida na Terra depende, em última análise, da energia proveniente do Sol.
d) o processo respiratório é responsável pela retirada de carbono da atmosfera.
e) a produção de biomassa e de combustível fóssil, por si, é responsável pelo aumento de CO2 atmosférico.

c) a vida na Terra depende, em última análise, da energia proveniente do Sol.

3. (ENEM-2007) Ao beber uma solução de glicose (C6H12O6), um corta-cana ingere uma substância:

a) que, ao ser degradada pelo organismo, produz energia que pode ser usada para movimentar o corpo.
b) inflamável que, queimada pelo organismo, produz água para manter a hidratação das células.
c) que eleva a taxa de açúcar no sangue e é armazenada na célula, o que restabelece o teor de oxigênio no organismo.
d) insolúvel em água, o que aumenta a retenção de líquidos pelo organismo.
e) de sabor adocicado que, utilizada na respiração celular, fornece CO2 para manter estável a taxa de carbono na atmosfera.

a) que, ao ser degradada pelo organismo, produz energia que pode ser usada para movimentar o corpo.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.