Michel Temer

Juliana Bezerra

Michel Temer foi o 37.º Presidente do Brasil, de 31 de agosto de 2016 até 31 de dezembro de 2018.

Temer assumiu após o afastamento definitivo de Dilma Rousseff, que estava em processo de impeachment.

No período compreendido entre 12 de maio e 31 de agosto de 2016, Temer assumiu o governo do Brasil como presidente interino.

Em 21 de março de 2019, Michel Temer teve sua prisão decretada dentro das ações da operação Lava Jato. No entanto, quatro dias depois, em 24 de março, o desembargador Antônio Ivan Athié, mandou soltá-lo.

Após este mandato ter sido revogado, o ex-presidente resolveu se apresentar à Polícia Federal em 9 de maio de 2019.

Biografia de Michel Temer

MIchel Temer
Michel Temer

Michel Miguel Elias Temer Lulia nasceu no dia 23 de setembro de 1940 na cidade de Tietê (estado de São Paulo). Com 75 anos, foi a pessoa mais velha a assumir o cargo de Presidente da República no Brasil.

Temer é filho dos libaneses Nakhoul "Miguel" Elias Temer Lulia e March Barbar Lulia, adeptos da Igreja Maronita (tradicional no Líbano). Temer é católico e já foi membro da Maçonaria.

É casado com Marcela Temer (1983) desde 2003. Esse é o seu terceiro casamento.

Michel Temer tem 5 filhos. Três filhas, do primeiro casamento (Luciana, Maristela e Clarissa), um filho decorrente de um relacionamento com uma jornalista (Eduardo) e um filho com Marcela Temer (Michel Miguel Elias Temer Lulia Filho, conhecido como Michelzinho).

Carreira Profissional de Michel Temer

Temer se formou em Direito pela USP - Universidade de São Paulo, em 1963, e se doutorou m 1974, em Direito Público pela PUC - Pontifícia Universidade Católica (São Paulo).

Foi advogado, professor universitário de Direito Constitucional da PUC, além de ter dirigido o departamento de pós-graduação da mesma universidade.

Dirigiu também a FADITU - Faculdade de Direito de Itu e o Instituto Brasileiro de Direito Constitucional.

Michel Temer também é escritor e tem quatro obras publicadas, dentre as quais um livro com cerca de 120 poemas.

Carreira Política de Michel Temer

Temer é filiado do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) desde 1981, partido em que assumiu a liderança em 1995.

Em decorrência da coligação partidária, Temer foi escolhido para ser o candidato à vice-presidência do governo de Dilma Rousseff, filiada do PT (Partido dos Trabalhadores).

Foi eleito duas vezes na condição de vice de Dilma (em 2010 e em 2014) até que a ligação política começou a dar mostras de enfraquecimento.

No final do ano do segundo mandato juntos, Temer escreveu uma carta à presidente Dilma reclamando o fato de ser excluído das decisões do governo. A carta foi divulgada pela imprensa e causou um grande impacto na aliança política dos dois partidos.

O PMDB apresenta um novo programa de governo. Em 2 de dezembro de 2015, o Presidente da Câmara dos Deputados (Eduardo Cunha) abre um processo de impeachment contra a Presidente Dilma e, em março de 2016, o PMDB rompe com o PT.

Em 12 de maio de 2016 Temer assumiu, de forma interina, o cargo de Presidente da República do Brasil. Em 31 de agosto, toma posse como Presidente da República do Brasil.

Governo de Michel Temer

Nos dois anos de governo, Michel Temer enfrentou uma série de desafios políticos e econômicos. Foi o presidente pior avaliado pelos brasileiros, com um índice de 6% de popularidade.

Economia

As taxas de juros caíram de 14,6%, em maio de 2016, para 8,8% ao ano. Por sua vez, a inflação também diminuiu no mesmo período de 9,32%.

Desemprego

A taxa de desemprego em maio de 2016 subiu de 11,3% para 13,7%. Isso significa 13,7 milhões de pessoas sem emprego.

Intervenção Federal no Rio de Janeiro

Durante o governo Temer, o governo do estado do Rio de Janeiro pediu ajuda ao governo federal para solucionar os graves problemas decorridos da falência do estado e da convulsão social.

Cronologia do percurso político de Temer

  • 1970 - Procurador do Estado de São Paulo
  • 1983 a 1984 - Procurador-geral do Estado de São Paulo
  • 1984 - Secretário da Segurança Pública
  • 06/04/1994 a 30/12/2010 - Deputado Federal pelo Estado de São Paulo
  • 16/03/1987 a 01/02/1991 - Deputado Federal pelo Estado de São Paulo
  • 1991 - Procurador-geral do Estado de São Paulo
  • 1992 - Secretário da Segurança Pública
  • 1997 a 1999 - Presidente da Câmara dos Deputados
  • 02/02/1997 a 14/02/2001 - Presidente da Câmara dos Deputados
  • 2001 - Presidente Nacional do PMDB
  • 02/02/2009 a 17/12/2010 - Presidente da Câmara dos Deputados
  • 2011 a 2014 - Vice-Presidente do Brasil
  • 2015 - Vice-Presidente do Brasil
  • 12 de maio a 31 de agosto de 2016 - Presidente da República interino do Brasil
  • 2016 - Presidente da República do Brasil
  • 2019 - 21.03 - Preso na Operação Lava Jato
  • 2019 - 25.03 - Solto da prisão preventiva

Você também pode se interessar pelos textos:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.