Romero Britto

Juliana Bezerra

Romero Britto é um artista plástico brasileiro de grande renome internacional.

Radicado nos Estados Unidos, lá desenvolve trabalhos nas áreas da pintura, escultura e serigrafia.

Biografia

Romero Britto nasceu no seio de uma família simples em Recife, Pernambuco, no dia 6 de outubro de 1963. Desde a infância manifestou tendências artísticas e muita criatividade.

Romero Britto
Romero Britto em frente a uma de suas obras

Começou a fazer Direito na Universidade Católica de Pernambuco, mas abandonou o curso e foi para os Estados Unidos, país em que se radicou e onde desenvolveu uma carreira artística sólida. Ali, se casaria com a estadunidense Cheryl Ann Britto e tiveram um filho chamado Brendan Britto.

Romero Britto se tornou um dos pintores mais premiados e é um dos artistas brasileiros mais prestigiados no exterior.

Em 2001 foi inaugurada em São Paulo a Galeria Romero Britto, local que abriga obras e objetos de arte colecionáveis. Já em 2005 foi nomeado Embaixador das Artes do Estado da Flórida e, dois anos depois, o artista criou a “Fundação Romero Brito”.

Chamado também de “artista Pop brasileiro”, Romero é muito conceituado nos Estados Unidos, e teve quadros adquiridos por muitas celebridades norte-americanas como Madona, Michael Jackson e Arnold Schwarzenegger.

Além disso, Britto também produziu telas para o príncipe William, Kate Middleton, Pelé, Roberto Marinho e para Dilma Rousseff.

No carnaval de 2012, Romero Britto foi homenageado pela Escola de Samba “Renascer de Jacarepaguá”, do Rio de Janeiro.

Obras e Características

Presentes em inúmeras galerias e cidades do mundo, as obras plásticas de Romero Britto são influenciadas pelo movimento cubista e pela Art Pop.

Do cubismo, percebemos a deformação da anatomia humana ou animal. Da Arte Pop, vemos que suas peças se aproximam da linguagem publicitária, com cores fortes e mensagens que podem ser captadas pelo observador de maneira imediata.

Pintura

Suas pinturas contam com cores vibrantes e traços bem demarcados remetendo aos vitrais. Isto faz com que o quadro esteja multifacetado através do desenho, mas também da pintura.

Britto abusa das formas geométricas para preencher a tela e não utiliza técnicas de profundidade para suas composições. Assim, seus motivos estão sempre em primeiro plano.

Outra característica importante é que seus personagens, mesmo os animais, estão sempre sorrindo. O próprio artista justifica esta escolha afirmando que deseja transmitir alegria por meio de seus trabalhos.

Vejamos abaixo alguns exemplos:

Obra de Romero Britto: Flor
Flor
Obra de Romero Britto: Coração
Coração
mona cat romero britto
Mona Cat
Madonna Romero Britto
Madonna

Escultura

As esculturas seguem o mesmo padrão das pinturas no que dizem respeito às cores fortes e aos traços. São peças extremamente atrativas e lúdicas onde qualquer um poderia pensar que se tratam de brinquedos.

Romero Britto escultura
Escultura de Romero Britto em Berlim, Alemanha

Reconhecimento

A obra de Romero Britto pode ser encontrada em muitos aeroportos do Brasil tais quais os de Belo Horizonte, São Paulo, Salvador, Recife, Brasília, Curitiba; e do mundo, na Flórida e em Nova York.

Britto também teve grande destaque na área publicitária, em trabalhos para marcas como Pepsi, Coca Cola, Audi, IBM, Apple, Absolut, Disney, etc.

No tocante à arte e sua popularização, o próprio artista afirma que:

Uma obra de arte que usa como suporte a embalagem de um produto tem enorme poder de alcance. Quero que minha arte seja democrática.

Condecorações

Romero Britto foi agraciado com inúmeras condecorações nacionais como a Medalha Joaquim Nabuco, pela Assembleia Estadual de Pernambuco, em 2006.

Em 2013 foi agraciado com a Medalha Tiradentes, concedida pela Assembleia Estadual do Rio de Janeiro.

Críticas

Por outra parte, muitos críticos de arte desprezam o trabalho de Romero Britto. Apontam que suas obras são superficiais, repetitivas e não refletem os problemas do mundo contemporâneo.

Leia também:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.