Verbos Intransitivos

Márcia Fernandes

Verbos Intransitivos são aqueles que não necessitam de complemento porque têm sentido completo. Por esse motivo, eles conseguem formar o predicado sozinhos.

Exemplos:

  • Carmem morreu.
  • Jordana chegou.

Os verbo intransitivos são, muitas vezes, acompanhados de adjunto adverbial ou de predicativo.

Exemplos:

  • Carmem morreu serenamente.
  • Jordana chegou satisfeita.
Lista de verbos intransitivos
VerbosExemplos
AdormecerFinalmente, adormeceu!
AndarEla anda.
BrincarBrincou a tarde toda.
CairCaiu.
CasarCasou ontem.
ChegarCheguei!
ChorarChorava convulsivamente.
ComparecerTalvez compareça.
DeitarDeitaram-se?
DormirDurmo.
ErrarNós erramos.
EscorregarEscorreguei ali.
ExplodirO botijão de gás explodiu.
IrVocê vai?
LevantarLevantou e saiu.
MorarMora no exterior.
MorrerNão morreu!
NascerNasceu forte e saudável.
SentarSentaram.
SofrerSofreu até o fim.
SumirComo assim sumiram?
ViverVive sozinha.
VoltarVolta!

E os verbos transitivos?

Verbos transitivos são aqueles que necessitam de complemento porque, sozinhos, não conseguem transmitir uma informação com sentido. Para fazer sentido, o verbo transitivo é concluído com o objeto direto, objeto indireto ou com ambos.

Assim, o verbo pode ser transitivo direto quando não é seguido de preposição.
Exemplo: Joana atirou pedras.

Bem como, pode ser verbo transitivo indireto quando é seguido por preposição.
Exemplo: Lígia gosta de chocolate.

Ou, finalmente, pode ser verbo transitivo direto e indireto quando uma parte do complemento tem e outra não tem preposição.
Exemplo: Rodrigo ofereceu flores para Madalena.

Vamos analisar:

  • Joana atirou, Lígia gosta e Rodrigo ofereceu. O que Joana atirou, de que Lígia gosta e o que e para quem Rodrigo ofereceu?
  • Sozinhos os verbos não têm sentido. Uma vez que precisam de complemento são transitivos.
  • pedras, de chocolate e flores para Madalena completam os sentidos dos verbos, são, assim, complementos verbais.
  • pedras não tem preposição, portanto é objeto direto.
  • de chocolate tem preposição, portanto é objeto indireto.
  • flores é um complemento que não tem preposição, portanto é objeto direto.
  • para Madalena é outro complemento que tem preposição, portanto é objeto indireto.

Exercícios

1. (TJ-SP)

"Não quero aparelhos
para navegar.
Ando naufragado.
Ando sem destino.
Pelo voo dos pássaros
Quero me guiar..."

(Jorge de Lima)

Os verbos destacados no poema classificam-se, quanto à predicação, como:

a) transitivo indireto - verbo de ligação
b) transitivo indireto - intransitivo
c) transitivo direto - intransitivo
d) transitivo direto - verbo de ligação
e) transitivo direto e indireto - transitivo direto

Alternativa d: transitivo direto - verbo de ligação.

2. (UECE) Em “Cuspi no chão com um nojo desgraçado daquele sangue...”, o verbo cuspir é:

a) intransitivo
b) transitivo direto
c) transitivo indireto
d) transitivo direto e indireto

Alternativa a: intransitivo.

3. Classifique os verbos destacados em verbo intransitivo (VI), verbo transitivo direto (VTD), verbo transitivo indireto (VTI) e verbo transitivo direto e indireto (VTDI).

a) Vamos brincar?
b) Hoje vamos discutir sobre nepotismo.
c) Ama os pais.
d) Comparecerei hoje.
e) Sumiu ontem de manhã.

a) (VI)
b) (VTI)
c) (VTD)
d) (VI)
e) (VI)

Para completar sua pesquisa sobre predicação verbal, leia:

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.