Orações Subordinadas Adverbiais

Daniela Diana

As orações subordinadas adverbiais são aquelas que possuem a função do advérbio, funcionado como adjunto adverbial na frase.

Dependendo da função que exercem, as orações subordinadas adverbiais são classificadas em 9 tipos: causais, comparativas, concessivas, condicionais, conformativas, consecutivas, finais, temporais, proporcionais.

Vale lembrar que uma oração é subordinada quando estabelece uma função sintática sobre outras, ou seja, depende de outra para que apresente seu sentido completo.

Dependendo da função sintática exercida na frase, as orações subordinadas são classificadas em três tipos: adverbiais, adjetivas e substantivas.

Classificação das orações subordinadas adverbiais

As orações subordinadas adverbiais são iniciadas com uma conjunção subordinativa (ou locução), isto é, aquelas que ligam as frases (principal e a subordinada).

Elas são classificadas em nove tipos, de acordo com a circunstância que exprimem na frase:

1. Oração subordinada adverbial causal

As orações subordinadas adverbiais causais exprimem causa ou o motivo.

As conjunções integrantes adverbiais utilizadas são: porque, que, como, pois que, porquanto, visto que, uma vez que, já que, desde que, etc.

Exemplos:

  • Não fomos à festa, pois estava chovendo muito.
  • Ele não foi à escola hoje porque estava doente.

2. Oração subordinada adverbial comparativa

As orações subordinadas adverbiais comparativas exprimem comparação.

As conjunções integrantes adverbiais utilizadas são: como, assim como, tal como, tanto como, tanto quanto, como se, do que, quanto, tal, qual, tal qual, que nem, que (combinado com menos ou mais).

Exemplos:

  • Paula é estudiosa tanto quanto seu irmão.
  • Luísa estava nervosa na reunião tal como eu.

3. Oração subordinada adverbial concessiva

As orações subordinadas adverbiais concessivas exprimem permissão.

As conjunções integrantes adverbiais utilizadas são: embora, conquanto, por mais que, posto que, ainda que, apesar de que, se bem que, mesmo que, em que pese, etc.

Exemplos:

  • Luciana gosta muito de dançar embora esteja com o pé quebrado.
  • Por mais que Rosana não queira, ela vai à apresentação.

4. Oração subordinada adverbial condicional

As orações subordinadas adverbiais condicionais exprimem condição.

As conjunções integrantes adverbiais utilizadas são: se, caso, contanto que, salvo se, a não ser que, desde que, a menos que, sem que, etc.

Exemplos:

  • Iremos à festa desde que não chova.
  • Caso José apareça, falaremos sobre a reunião.

5. Oração subordinada adverbial conformativa

As orações subordinadas adverbiais conformativas exprimem conformidade.

As conjunções integrantes adverbiais utilizadas são: conforme, segundo, como, consoante, de acordo, etc.

Exemplos:

  • Consoante às regras de conduta, Antenor preferiu alertar seus colegas de trabalho.
  • Faremos o bolo conforme as dicas da Maria Elisa.

6. Oração subordinada adverbial consecutiva

As orações subordinadas adverbiais consecutivas exprimem consequência.

As conjunções integrantes adverbiais utilizadas são: de modo que, de sorte que, sem que, de forma que, de jeito que, etc.

Exemplos:

  • O palestrante falou tão baixo, de forma que não conseguimos ouvir a apresentação.
  • Nunca abandonou seus sonhos, de sorte que acabou concretizando-os.

7. Oração subordinada adverbial final

As orações subordinadas adverbiais finais exprimem finalidade.

As conjunções integrantes adverbiais utilizadas são: a fim de que, para que, que, porque, etc.

Exemplos:

  • Estamos aqui para trabalhar.
  • Escolhemos fazer o curso para que possamos trabalhar na área desejada.

8. Oração subordinada adverbial temporal

As orações subordinadas adverbiais temporais exprimem circunstância de tempo.

As conjunções integrantes adverbiais utilizadas são: enquanto, quando, desde que, sempre que, assim que, agora que, antes que, depois que, logo que, etc.

Exemplos:

  • Enquanto eles se divertem, nós trabalhamos.
  • Assim que passar no exame final, irei de férias.

9. Oração subordinada adverbial proporcional

As orações subordinadas adverbiais proporcionais exprimem proporção.

As conjunções integrantes adverbiais utilizadas são: à proporção que, à medida que, ao passo que, tanto mais, tanto menos, quanto mais, quanto menos, etc.

Exemplos:

  • À medida que o tempo passa, estamos mais distante.
  • Quanto mais estudava para a prova, mais confiante ficava.

Saiba mais sobre esse tema:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.