Orações Subordinadas Substantivas

Daniela Diana
Daniela Diana
Professora licenciada em Letras

As orações subordinadas substantivas são aquelas que desempenham o papel de substantivo na frase.

Elas podem exercer as funções sintáticas de sujeito, predicado, complemento nominal, objeto direto, objeto indireto e aposto.

Vale lembrar que as orações subordinadas são orações dependentes, uma vez que para terem o sentido completo, possuem uma relação sintática com outra.

Classificação das orações subordinadas substantivas

Segundo a função que exercem no enunciado, as orações subordinadas substantivas podem apresentar-se em duas formas: reduzidas ou desenvolvidas.

As orações reduzidas não apresentam uma conjunção integrante, e surgem com o verbo no infinitivo, no particípio ou no gerúndio, por exemplo: O mais importante é vencer o jogo. (verbo no infinitivo).

Já as orações subordinadas desenvolvidas são introduzidas pelas conjunções integrantes “que” e “se” e podem acompanhar pronomes, conjunções ou locuções conjuntivas.

Elas são classificadas em 6 tipos: subjetiva, predicativa, completiva nominal, objetiva direta, objetiva indireta e apositiva.

1. Oração subordinada substantiva subjetiva

As orações subordinadas substantivas subjetivas exercem o valor de sujeito da oração principal.

Exemplo:

É fundamental que você chegue antes à reunião.

  • Oração principal: É fundamental
  • Oração subordinada substantiva subjetiva: que você chegue antes à reunião.

2. Oração subordinada substantiva predicativa

As orações subordinadas substantivas predicativas exercem o valor de predicativo do sujeito, ou seja, aquilo que se revela sobre o sujeito da oração.

Exemplo:

Nosso desejo é que ela vencesse o campeonato.

  • Oração principal: Nosso desejo é
  • Oração subordinada substantiva predicativa: que ela vencesse o campeonato.

3.Oração subordinada substantiva completiva nominal

As orações subordinadas substantivas completivas nominais possuem o valor de complemento nominal (completa o sentido do nome da oração principal), sendo sempre iniciada por uma preposição.

Exemplo:

Temos fé de que a humanidade para de destruir o planeta.

  • Oração principal: Temos fé
  • Oração subordinada substantiva completiva nominal: de que a humanidade para de destruir o planeta.

4. Oração subordinada substantiva objetiva direta

As orações subordinadas substantivas objetivas diretas possuem o valor de objeto direto do verbo da oração principal.

Exemplo:

Desejo que vocês sejam felizes.

  • Oração principal: Desejo
  • Oração subordinada substantiva objetiva direta: que vocês sejam felizes.

5. Oração subordinada substantiva objetiva indireta

As orações subordinadas substantivas objetivas indiretas possuem o valor de objeto indireto do verbo da oração principal, sendo iniciadas por preposição.

Exemplo:

O gerente precisa (de) que esteja tudo em ordem.

  • Oração principal: O gerente precisa
  • Oração subordinada substantiva objetiva indireta: que esteja tudo em ordem.

6. Oração subordinada substantiva apositiva

As orações subordinadas substantivas apositivas possuem o valor de aposto de qualquer termo da oração principal.

Exemplo:

Todos pensam a mesma coisa: que eu sou um vitorioso.

  • Oração principal: Todos pensam a mesma coisa
  • Oração subordinada substantiva apositiva: que eu sou um vitorioso.

Saiba mais em sobre esse tema:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.