Abiogênese

Lana Magalhães

A Teoria da Abiogênese ou da Geração Espontânea admitia que os seres vivos eram originados a partir de uma matéria bruta sem vida.

Os defensores da abiogênese afirmavam que existia uma "força vital" em alguns tipos de matéria orgânica, responsável por originar os seres vivos.

A ideia da abiogênese consiste na primeira explicação para o surgimento dos seres vivos. Aristóteles, importante e reconhecido filósofo grego, foi um grande defensor da abiogênese.

A abiogênese foi por muito tempo amplamente aceita como a teoria que explicava a origem dos seres vivos.

Segundo a abiogênese, os seres vivos podiam surgir de variadas formas a partir de uma matéria sem vida. Veja alguns exemplos da explicação sobre a origem espontânea dos seres vivos:

  • Os cisnes surgiam de folhas das árvores que caíam em lagos;
  • Camisas sujas e suadas podiam originar ratos;
  • Os sapos surgiam do lodo presente em ambientes aquáticos;
  • Os vermes originam-se espontaneamente nos intestinos.

Os principais defensores da abiogênese foram: Aristóteles, Jean Baptitste Van Helmot, Willian Harvey, René Descartes, Isaac Newton e John Needhan.

Saiba mais sobre a Origem da Vida.

Abiogênese e Biogênese: Diferenças

Enquanto a abiogênese defendia que os seres vivos surgiam espontaneamente, a biogênese afirma o contrário.

A teoria da biogênese admite que todos os seres vivos são originados de outros seres vivos preexistentes. Atualmente, é a teoria aceita para explicar a origem dos seres vivos.

Louis Pasteur foi o responsável por derrubar definitivamente a teoria da abiogênese. Ele realizou um experimento demonstrando que a fervura de caldos nutritivos não destruía a "força vital" e os microrganismos surgiam sempre que o caldo entrava em contato com ar.

Assim, os microrganismos presentes no ar eram os responsáveis por originar outros, provando que os seres vivos só se originam a partir de outros preexistentes.

Saiba mais sobre:

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.