Arcadismo no Brasil

Daniela Diana

No Brasil, o Arcadismo teve como marco inicial a publicação de Obras Poéticas, de Cláudio Manuel da Costa em 1768 e, ademais, a fundação da Arcádia Ultramarina, em Vila Rica.

Vale lembrar que o nome dessa escola literária provém das Arcádias, ou seja, das sociedades literárias da época.

Os principais escritores brasileiros desse período são: Cláudio Manuel da Costa, Santa Rita Durão, Basílio da Gama e Tomás Antônio Gonzaga.

Características do Arcadismo

  • Exaltação da natureza
  • Valorização do cotidiano e da vida simples, pastoril e no campo (bucolismo)
  • Crítica a vida nos centros urbanos
  • Modelo clássico
  • Linguagem simples
  • Utilização de pseudônimos
  • Objetividade
  • Temas simples: amor, vida, casamento, paisagem
  • Fugere Urbem (fugir da cidade)
  • Inutilia Truncat (cortar o inútil)
  • Aurea Mediocritas (mediocridade áurea/vida comum)
  • Locus Amoenus (refúgio ameno/agradável)

Saiba mais sobre o tema com a leitura dos artigos:

Autores Brasileiros do Arcadismo

Cláudio Manuel da Costa (1729-1789)

Poeta, advogado e jurista brasileiro, Cláudio Manuel da Costa é considerado o precursor do Arcadismo no Brasil e destacou -se por sua obra literária, mais precisamente, a poesia.

O poeta mineiro em seus textos, aborda elementos locais, descrevendo paisagens, temática pastoril e expressando um forte sentimento nacionalista.

Acusado de participar da Inconfidência Mineira junto com Tiradentes, foi preso em 1789 e suicidou-se na cadeia. Suas obras que merecem destaque: Obras Poéticas (1768) e Villa Rica (1773).

José de Santa Rita Durão (1722-1784)

Autor do poema épico Caramuru (1781), Freire Santa Rita Durão foi poeta e orador, considerado um dos precursores do indianismo no Brasil.

Influenciado por Camões, o poema Caramuru, com subtítulo “Poema épico do Descobrimento da Bahia”, é baseado no modelo da epopeia tradicional: proposição, invocação, dedicatória, narração e epílogo. É composto de dez cantos e versos decassílabos em oitava rima.

O texto conta a história de um português, o Caramuru, que após ter naufragado em terras brasileiras, começa a viver com os índios Tupinambás.

Suas principais obras: Pro anmia studiorum instauratione oratio (1778) e Caramuru (1781).

José Basílio da Gama (1741-1795)

Poeta mineiro e autor do poema épico O Uraguai (1769), Basílio da Gama, nesse texto, aborda as disputas entre os europeus, os jesuítas e os índios sendo considerado um marco no literatura brasileira.

Diferente do poema épico clássico, O Uraguai é composto de cinco cantos, com ausência de rima (rima branca) e estrofação.

Participou da Arcádia Romana na Itália e foi preso em Portugal em 1768, acusado de manter relações de amizades com os jesuítas.

Suas Principais obras são: O Uraguai (1769), Epitalâmio às Núpcias da Senhora Dona Maria Amália (1769), A Declamação Trágica (1772) e Quitúbia (1791).

Tomás Antônio Gonzaga (1744-1810)

Jurista, Político e Poeta luso-brasileiro, Tomás Antônio Gonzaga é um dos grandes poetas árcades de pseudônimo Dirceu.

A obra que merece destaque é Marília de Dirceu (1792) carregada de lirismo e baseada no seu romance com a brasileira Maria Doroteia Joaquina de Seixas.

Com fortes impulsos afetivos, Dirceu declara-se para sua pastora idealizada: Marília. Suas principais obras: Marília de Dirceu e Cartas Chilenas (1863).]

Saiba também como foi o movimento árcade em Portugal: Arcadismo em Portugal.

Curiosidades

  • Os autores árcades portugueses que merecem destaque são: Manuel Maria Barbosa du Bocage, António Dinis da Cruz e Silva, Correia Garção, Marquesa de Alorna e Francisco José Freire.
  • Outros escritores brasileiros que merecem destaque são: Inácio José de Alvarenga Peixoto (1744-1793) e Silva Alvarenga (1749-1814)
  • Apesar de ser um poeta nascido em Portugal, a cidade de Marília, no Paraná recebe esse nome em homenagem ao escritor Tomás Antônio Gonzaga.

Leia Escolas Literárias.

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.