Características da Caatinga

Caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro com plantas e animais adaptados ao clima da região. O nome desse conjunto de ecossistemas é de origem tupi-guarani, caa: mata e tinga: branca, e se refere ao aspecto da vegetação no período de seca.

Suas principais características são:

  • Clima tropical semiárido com temperaturas elevadas;
  • Vegetação rasteira, com poucas folhas, galhos retorcidos e espinhos;
  • Fauna e flora adaptadas aos longos períodos de estiagem;
  • Apresenta plantas nativas, como facheiro, mandacaru e xique-xique;
  • Seu solo é raso, pedregoso, com pouca matéria orgânica e relativamente fértil.

O clima da Caatinga

O clima semiárido é predominante na Caatinga e a temperatura média anual do bioma está entre 25 ºC e 30 ºC. Esse tipo de clima faz com que a região se torne seca e quente quase o ano todo.

O período de maior precipitação ocorre entre os meses de janeiro e maio com chuvas irregulares. Já o período de seca é o mais longo durante o ano, entre os meses de junho e dezembro.

Saiba mais sobre o clima da Caatinga.

A vegetação da Caatinga

Nas áreas mais planas, onde o solo é raso e pedregoso, encontram-se as árvores de pequeno porte, como arbustos e cactos. Em regiões mais altas, pela umidade ser maior, é possível encontrar mata fechada.

A vegetação da Caatinga pode ser dividida em três grupos principais:

  • Arbóreo: árvores com 8 a 12 metros de altura;
  • Arbustivo: vegetação com 2 a 5 metros de altura;
  • Herbáceo: vegetação com menos de 2 metros de altura.

Plantas xerófilas são características da Caatinga, pois são adaptadas ao clima semiárido, ou seja, à aridez do solo e à escassez de água.

Vegetação da Caatinga
O nome Caatinga faz referência ao aspecto de "mata branca" adquirida pela vegetação durante o período de estiagem

A fauna da Caatinga

A vida no bioma se estabeleceu de forma peculiar e bastante diversificada. Formigas e abelhas desempenham um importante papel no bioma, pois são os agentes disseminadores de sementes e polinizadores. O tráfico de animais é um dos principais problemas enfrentados na Caatinga e um dos maiores responsáveis pela ameaça à extinção de espécies.

São exemplos de espécies do bioma:

  • Asa-branca (Patagioenas picazuro)
  • Cachorro-do-mato (Cerdocyon thous)
  • Cutia (Dasyprocta Aguti)
  • Onça-parda (Puma concolor)
  • Periquito-da-caatinga (Eupsittulacactorum)
  • Preguiça-de-chifres (Stenocercus sp. n.)
  • Sagui-de-tufos-brancos (Callithrix jacchus)
  • Tatu-bola (Tolypeutes tricinctus)
Preguiça de chifres
A preguiça-de-chifres é um animal exclusivo da Caatinga

Saiba mais sobre a fauna da Caatinga.

A flora da Caatinga

Mesmo com um ambiente adverso, muitas plantas desenvolveram-se na Caatinga e para isso desenvolveram algumas peculiaridades. Cascas grossas, espinhos, folhas pequenas, galhos retorcidos e raízes tuberosas são características típicas da flora.

São exemplos de espécies do bioma:

  • Cacto (Cactaceae)
  • Catingueira (Caesalpinia pyramidalis)
  • Facheiro (Pilosocereus pachycladus)
  • Juazeiro (Ziziphus joazeiro)
  • Mandacaru (Cereus jamacaru)
  • Palma (Opuntia cochenillifera)
  • Umbuzeiro (Spondias tuberosa)
  • Xique-xique (Pilocereus gounellei)
xique-xique
Xique-xique é uma espécie de cacto comum na Caatinga

Saiba mais sobre a flora da Caatinga.

O solo da Caatinga

O solo da Caatinga pode se apresentar com diferentes profundidades, variação de fertilidade e texturas variadas. Entretanto, o solo raso, pedregoso, com pouca matéria orgânica e alta taxa de evaporação é o mais encontrado.

No período de estiagem o solo da Caatinga pode alcançar 60 ºC. O relevo da Caatinga é formado por rochas sedimentares e cristalinas. O bioma é constituído por diferentes formas de relevo, como chapadas, depressões e planaltos.

Extensão da Caatinga

A Caatinga é um bioma com características que são encontradas apenas no Brasil, abrangendo mais de 700 mil Km2 de extensão, que equivale a 11% do território, e predominante na região Nordeste.

O Nordeste brasileiro apresenta 70% desse bioma nos estados: Piauí, Ceará, Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe e Bahia. Há ainda uma faixa do bioma localizada no norte de Minas Gerais.

Saiba mais sobre a Caatinga.

Hidrografia da Caatinga

A água é um fator limitante na Caatinga. Os rios que banham a Caatinga geralmente apresentam suas nascentes fora do bioma, por exemplo, na Chapada Diamantina e florestas montanas da Borborema, de onde a água escoa das cabeceiras até a Caatinga.

Devido às elevadas temperaturas anuais, há uma maior evaporação de água e, por isso, a maioria dos rios que correm pelo bioma são intermitentes, ou seja, apresentam-se no período chuvoso. Os dois principais rios que permanecem o ano todo no bioma são o rio São Francisco e o rio Parnaíba.

Saiba mais consultando os conteúdos a seguir.