Circuito Elétrico


Circuito elétrico é um circuito fechado. Ele começa e termina no mesmo ponto e é formado por vários elementos que se ligam e, assim, tornam possível a passagem da corrente elétrica.

Elementos de um Circuito Elétrico

Resistores

Os resistores, ou resistências, são componentes do circuito elétrico que têm duas funções. Uma delas é converter a energia elétrica em energia térmica, a outra é limitar a passagem da corrente elétrica através do controle da voltagem.

Capacitores

Os capacitores, ou condensadores, são componentes elétricos que armazenam as cargas elétricas. Essas cargas elétricas são utilizadas sempre que haja resistência, ou seja, sempre que a passagem da corrente elétrica seja dificultada.

Geradores

Os geradores são dispositivos que prolongam a diferença de potencial entre dois corpos. É dessa forma que eles são capazes de transformar diferentes tipos de energia.

Condutores

Os condutores são os elementos que permitem que as cargas circulem facilmente num circuito elétrico.

Indutores

Os indutores são os dispositivos que armazenam a energia elétrica.

Circuito Elétrico Simples

Circuito Elétrico Simples é aquele que percorre apenas um caminho. O exemplo mais comum é uma bateria.

Nas baterias, são sempre os mesmos elétrons que estão circulando. Se não fosse assim, elas não conseguiam receber energia logo depois de a ter fornecido.

Circuito Elétrico em Série

Circuito Elétrico em Série

Circuito Elétrico em série é aquele em que existe uma associação. A partir dessa associação, os componentes ligam-se entre si na mesma sequência e na mesma direção.

Como exemplo, podemos citar as lâmpadas usadas na decoração das árvores de Natal. O circuito feito por elas é simples e o fato de uma lâmpada queimar prejudica as restantes.

Circuito Elétrico em Paralelo

Circuito Elétrico em Paralelo

Circuito Elétrico em paralelo é aquele em que existe uma associação onde a corrente elétrica se divide ao longo do circuito.

Isso acontece para que haja tensão elétrica constante em todos os pontos. Exemplo disso é o circuito elétrico residencial, onde todas as tomadas existentes na casa tem de ter a mesma intensidade de corrente elétrica.

Para saber mais, veja também