Geradores Elétricos


Geradores elétricos são dispositivos que convertem vários tipos de energia não elétrica (mecânica, eólica) em energia elétrica. Eles são usados para garantir energia sempre que haja falha na corrente elétrica.

Assim, a função de um gerador é garantir que a diferença de potencial elétrico (ddp), ou tensão elétrica, dure mais tempo e não interrompa o circuito. O circuito elétrico é percorrido entre os dois polos existentes no gerador.

Num desses pólos, o potencial elétrico é negativo e sua tensão é menor, enquanto no outro polo o potencial elétrico é positivo e sua tensão é maior.

Um gerador ideal seria capaz de converter toda a energia. A sua potência seria medida através da seguinte fórmula:

Potg = E.i

Onde,
Potg: potência
E: força eletromotriz
i: corrente elétrica

Mas não é o que acontece. Na realidade, há uma perda de energia, afinal as cargas elétricas encontram resistência ao longo do circuito.

É através da fórmula a seguir que a potência real de um gerador é medida:

Potd = r.i²

Onde,

Potd = potência
r = resistividade do condutor
i = corrente elétrica

Os geradores foram descobertos graças aos estudos de Michael Faraday, o qual descobriu que o movimentos dos ímãs eram capazes de gerar corrente elétrica.

Tipos de Geradores

Há vários tipos de geradores, sendo que o gerador mecânico é o mais comum dentre eles. A tipologia indica a forma de energia utilizada para gerar energia elétrica.

  • Gerador Mecânico - utiliza energia mecânica e a converte em energia elétrica. Exemplo: alternadores de carro.
  • Gerador Químico - utiliza energia energia química, ou potencial, e a converte em energia elétrica. Exemplo: pilhas.
  • Gerador Térmico - utiliza energia térmica e a converte em energia elétrica. Exemplo: turbinas a vapor.
  • Gerador Luminoso - utiliza energia luminosa e a converte em energia elétrica. Exemplo: placas solares.
  • Gerador Eólico - utiliza energia eólica e a converte em energia elétrica. Exemplo: aerogeradores.

Leia também:

Exercícios

1. (UEPB-PB) Em 1820, o cientista dinamarquês Hans Christian Oersted (1777-1851) não imaginava que, com uma singela experiência, descobriria um princípio físico fundamental para o funcionamento do motor elétrico.

Esse princípio possibilitou o surgimento e o desenvolvimento de um grande número de aparelhos elétricos, tais como: bateria, ventilador, furadeira, liquidificador, aspirador de pó, enceradeira, espremedor de frutas, lixadeira, além de inúmeros brinquedos movidos a pilha e/ou tomada, como robôs, carrinhos, etc, utilizados em todo o mundo.

Acerca do assunto tratado no texto, em relação ao motor elétrico, analise as proposições a seguir, escrevendo V ou F conforme sejam verdadeiras ou falsas, respectivamente:

( ) O motor elétrico é um elemento de trabalho que converte energia elétrica em energia mecânica de rotação.

( ) O motor elétrico é uma máquina que converte energia mecânica de rotação em energia elétrica.

( ) Um motor elétrico é uma aplicação do princípio fundamental do eletromagnetismo que afirma que uma força magnética vai atuar sobre um condutor elétrico se esse condutor estiver convenientemente colocado num campo magnético e for percorrido por uma corrente elétrica.

Após a análise feita, assinale a alternativa que corresponde à sequência correta:

a) VVV
b) FVF
c) VVF
d) FVV
e) VFV

Alternativa e: VFV

2. (ITAJUBÁ – MG) Uma bateria possui uma força eletromotriz de 20,0 V e uma resistência interna de 0,500 ohm.

Se intercalarmos uma resistência de 3,50 ohms entre os terminais da bateria, a diferença de potencial entre eles será de:

a) 2,00 * 10V
b) um valor ligeiramente inferior a 2,00 * 10V
c) 1,75 * 10V
d) 2,50V

Alternativa c: 1,75 * 10V