Crônica Narrativa


A crônica narrativa é um tipo de crônica que relata as ações de personagens num tempo atual e um espaço determinado.

Em relação a linguagem, as crônicas narrativas possuem uma linguagem simples e direta e muitas vezes, utilizam do humor para entreter os leitores. Ademais, podem apresentar o discurso direto, onde há a reprodução das falas dos personagens.

As crônicas narrativas envolvem os mais diversos tipos de narrador (foco narrativo) e, portanto, podem ser narradas em primeira ou terceira pessoa.

Vale lembrar que a crônica é um texto curto onde a principal característica é relatar acontecimentos cotidianos e de forma cronológica, daí seu nome. Esse tipo de texto é muito veiculado nos meios de comunicação, por exemplo, jornais e revistas.

Além da crônica narrativa, ela pode ser dissertativa-argumentativa ou descritiva. Entretanto, podemos encontrar uma crônica que seja narrativa e descritiva ao mesmo tempo.

Como fazer uma crônica narrativa?

Para produzir uma crônica narrativa primeiramente temos de considerar os principais elementos que compõem uma narração. São eles:

  • Enredo: história da trama, onde temos o tema ou o assunto que será narrado.
  • Personagens: pessoas presentes na história e que podem ser principais ou secundários.
  • Tempo: indica o tempo no qual a história está inserida.
  • Espaço: determina o local (ou locais) onde se desenvolve a história.
  • Foco narrativo: é o tipo de narrador que pode ser um personagem da trama, um observador ou ainda onisciente.

Além disso, devemos observar que os fatos são narrados em ordem cronológica e sua estrutura está dividida em: introdução, clímax e conclusão.

É importante destacar que diferente de outros textos narrativos longos, como uma novela ou um romance, a crônica narrativa é um texto mais curto.

Nesse sentido, por ser uma história breve, ela geralmente possui poucos personagens e um espaço reduzido.

Assim, depois de compreender todos os elementos que compõem uma narrativa, escolhemos o tema, quais serão seus personagens, o tempo e o espaço que ela ocorre.

Exemplo

Para compreender melhor, segue abaixo um exemplo de crônica narrativa curta:

Aprenda a Chamar a Polícia (Luís Fernando Veríssimo)

Eu tenho o sono muito leve, e numa noite dessas notei que havia alguém andando sorrateiramente no quintal de casa.

Levantei em silêncio e fiquei acompanhando os leves ruídos que vinham lá de fora, até ver uma silhueta passando pela janela do banheiro.

Como minha casa era muito segura, com grades nas janelas e trancas internas nas portas, não fiquei muito preocupado, mas era claro que eu não ia deixar um ladrão ali, espiando tranqüilamente.

Liguei baixinho para a polícia, informei a situação e o meu endereço.

Perguntaram-me se o ladrão estava armado ou se já estava no interior da casa.

Esclareci que não e disseram-me que não havia nenhuma viatura por perto para ajudar, mas que iriam mandar alguém assim que fosse possível.

Um minuto depois, liguei de novo e disse com a voz calma:

— Oi, eu liguei há pouco porque tinha alguém no meu quintal. Não precisa mais ter pressa. Eu já matei o ladrão com um tiro de escopeta calibre 12, que tenho guardada em casa para estas situações. O tiro fez um estrago danado no cara!

Passados menos de três minutos, estavam na minha rua cinco carros da polícia, um helicóptero, uma unidade do resgate, uma equipe de TV e a turma dos direitos humanos, que não perderiam isso por nada neste mundo.

Eles prenderam o ladrão em flagrante, que ficava olhando tudo com cara de assombrado. Talvez ele estivesse pensando que aquela era a casa do Comandante da Polícia.

No meio do tumulto, um tenente se aproximou de mim e disse:

— Pensei que tivesse dito que tinha matado o ladrão.

Eu respondi:

— Pensei que tivesse dito que não havia ninguém disponível.

Leia também:

Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.