4 dicas super fáceis para saber quando usar a crase

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora licenciada em Letras

1. Substitua o que vem depois do artigo “a” por um termo masculino. Se você precisar de “ao”, a frase tem crase.

Exemplos:

  • Vou à escola? --> Vou ao colégio.
  • Chame a médica. --> Chame o médico.
  • Conheci a vizinha. --> Conheci o vizinho.

2. Lembre destas rimas: Vou a, volto da. Crase há! Vou a, volto de. Crase pra quê?

Substitua o que verbo "vou" pelo verbo "voltar". Se você precisar completá-la com "da", a frase tem crase, mas se precisar completá-la com "de", a frase não tem crase.

Exemplos:

  • Vou à Itália. --> Volto da Itália.
  • Vou a Portugal. --> Volto de Portugal.
  • Vou à Bahia. --> Volto da Bahia.

3. Na indicação de horário, há crase. Na contagem de horas, não!

Exemplos:

  • Chego às 2h.
  • As duas horas do filme passaram a voar.
  • A aula começa às 15h.

4. Memorize: Quer à tarde, quer à noite, use a crase à frente de expressões femininas.

Exemplos:

  • Falou tudo às claras.
  • Vivem às turras.
  • Vire à direita.

Dicas de crase

2 casos em que não usamos crase

1. Não usamos crase antes de verbos e expressões repetidas.

Exemplos:

  • Comecei a caminhar ontem.
  • Precisamos conversar cara a cara.
  • Pôs-se a encher a garrafa gota a gota.

2. Não usamos crase antes de um "a" que seja acompanhado por uma palavra feminina no plural.

Exemplos:

  • Refiro-me a alunas do turno da noite.
  • O jeito é ir a lojas de antiguidades para tentar encontrar o tal objeto.
  • Prefiro peixe a carnes vermelhas.

O que é crase?

Crase é a combinação de duas letras a: uma preposição a com um artigo a (ou com os pronomes aquele, aquela, aquilo, a qual).

Quando precisamos usá-los juntos, colocamos uma marca no a. Essa marca é o acento grave (`), que fica assim: à, àquele, àquela, àquilo, à qual.

Exemplos:

  • Que tal ir à praia amanhã?
  • Refere-se àquele cliente?
  • Talvez vá àquela loja.
  • Preferimos isto àquilo.
  • A escola à qual me refiro, fica ali.

Confira a explicação passo a passo de cada um dos exemplos:

Que tal ir à praia amanhã?

  1. O verbo ir precisa de preposição para completar o seu sentido (Ir a algum lugar.), portanto, esta frase tem preposição a (Que tal ir a...?).
  2. A palavra praia aceita o artigo a antes dela (a praia).
  3. Assim, a frase acima combina uma preposição a com um artigo a (ir à praia).

Refere-se àquele cliente?

  1. A forma verbal referir-se precisa de preposição para completar o seu sentido (Referir-se a algo.), portanto, esta frase tem preposição a (Refere-se a...).
  2. A palavra aquele começa com a.
  3. Assim, usamos a crase para não repetir a preposição a e a letra a de aquele, ou seja, usamos àquele em vez de a aquele (Refere-se àquele).

Talvez vá àquela loja.

  1. O verbo ir, na forma vá, precisa de preposição para completar o seu sentido (Talvez vá a algum lugar.), portanto, esta frase tem preposição a (Talvez vá a...).
  2. A palavra aquela começa com a.
  3. Assim, usamos a crase para não repetir a preposição a e a letra a de aquele, ou seja, usamos àquela em vez de a aquela (Talvez vá àquela...).

Preferimos isto à aquilo.

  1. Neste exemplo, estamos comparando a nossa preferência. (Comparo isto a...). Precisamos da preposição a para completar o sentido da frase.
  2. A palavra aquilo começa com a.
  3. Assim, usamos a crase para não repetir a preposição a e a letra a de aquilo, ou seja, usamos àquilo em vez de a aquilo (Comparo isto àquilo).

A escola à qual me refiro, fica ali.

  1. A forma verbal "me refiro ou refiro-me" precisa de preposição para completar o seu sentido (Refiro-me a algo.), portanto, esta frase tem preposição a (Refiro-me a...).
  2. A palavra qual se relaciona com a palavra escola.
  3. A palavra escola aceita o artigo a antes dela (a escola).
  4. Assim, a frase acima combina uma preposição a com um artigo a (Refiro-me à escola.)

Para você saber mais:

Atualizado em
Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.